Rede aleluia

Notícias | 19 de março de 2019 - 09:00


Entenda o significado da Santa Ceia, retratada na novela Jesus

Essa passagem é muito especial, pois representa a conclusão da missão de Cristo na Terra

A novela Jesus – exibida pela Record TV, de segunda a sexta-feira, às 20h45 – entrou em uma fase muito importante da missão do Senhor Jesus neste mundo. E esse período foi iniciado na Santa Ceia, realizada pelo Messias e Seus discípulos.

Confira no vídeo abaixo como foi esse momento, retratado na trama nesta segunda-feira (18):

A conclusão da missão de Cristo

Com a cerimônia da Santa Ceia, celebrada pelo Senhor Jesus e os discípulos, inicia-se a grande conclusão do que o Mestre veio fazer na Terra: realizar o plano de Salvação dos seres humanos (Hebreus 10.7-10 e Apocalipse 13.8).

Foi por meio da cruz que o Senhor Jesus providenciou um caminho para a humanidade se unir novamente à Santíssima Trindade. Porque ela estava eternamente separada devido ao pecado (1 Coríntios 15.21-22). Aliás, toda a Bíblia aponta para esse acontecimento.

Leia também: Uma lição valiosa que podemos aprender com a oferta da viúva

Vale observar que nada disso teria acontecido caso Cristo não tivesse Se oferecido em sacrifício voluntariamente (João 10.17-18). Portanto, a morte e ressurreição dEle não faziam parte de um plano fabricado por humanos, mas sim pela própria direção Divina.

Em suas anotações bíblicas, o Bispo Edir Macedo esclarece: “O nascimento do Messias, Sua vida, Seus Ensinamentos e Seus milagres, embora tenham sido extraordinários, não tinham poder para perdoar e justificar o ser humano. Somente o Seu sacrifício tinha essa autoridade. Com a morte do Cordeiro de Deus, a Lei se cumpriria, isto é, o pecado seria expiado e a justiça e a Salvação seriam concedidas aos que cressem em Seu Nome.”

O Cordeiro de Deus

Uma curiosidade é que a Bíblia é repleta de símbolos e significados. Por exemplo, o Senhor Jesus morreu exatamente no período da páscoa.

Naquela época, durante a páscoa, era tradição das famílias judaicas sacrificar cordeiros. Do mesmo modo, o Deus-Pai escolheu justamente esse evento para sacrificar o Deus-Filho, em favor do pecado da humanidade. Esse é um dos motivos pelos quais a Bíblia se refere ao Senhor Jesus, como “Cordeiro” (João 1.29).

A páscoa judaica

Para compreendermos o significado da Santa Ceia, primeiro precisamos entender o que simbolizava a páscoa para os judeus, na Bíblia.

Leia também: O amor de Betânia por meio do perfume

Essa foi uma cerimônia instituída por Deus em memória à libertação de Seu povo da escravidão no Egito, nos tempos de Moisés (Êxodo 12, Números 28, Deuteronômio 16).

Assim, esse fato se relaciona com a missão de Cristo: libertar as almas da escravidão do pecado, e, por consequência, da condenação eterna.

O símbolo do pão

Na páscoa judaica, o pão deveria ser do tipo ázimo. Porque o fermento, nesse contexto, simboliza a maldade, o pecado, a hipocrisia espiritual, os falsos ensinamentos (Mateus 16.6).

Durante a Ceia com os discípulos, esse significado é materializado no corpo de Jesus: “E, tomando o pão, e havendo dado graças, partiu-o, e deu-lho, dizendo: Isto é o Meu corpo, que por vós é dado; fazei isto em memória de Mim.” Lucas 22.19

O símbolo do cálice

Nos sacrifícios do Antigo Testamento, não bastava que o animal fosse morto. Era necessário que o sangue dele fosse derramado no Altar de Deus.

Isso acontecia porque a vida de toda a carne está no sangue (Levítico 17.14).

Por isso, era necessário o derramamento do sangue inocente do Senhor Jesus durante o sacrifício.

Leia também: Por que Jesus deixou Lázaro morrer?

Novamente, esse símbolo é materializado na Santa Ceia: “Semelhantemente, tomou o cálice, depois da Ceia, dizendo: Este cálice é o Novo Testamento no Meu sangue, que é derramado por vós.” Lucas 22.20

O símbolo da Santa Ceia

Sobre esse evento especial, o Bispo Macedo resume em suas observações: “Naquela noite, o Senhor Jesus seria o Cordeiro de Deus para a Salvação da humanidade. Por isso, Ele tomou os dois componentes da mesa, o pão e o vinho, para mostrar a Obra de redenção na cruz e instituir a Santa Ceia para a Igreja. O pão simboliza o Seu corpo, que seria massacrado em sacrifício. Já o cálice, que continha o vinho, representava o Seu Sangue, que seria derramado para o perdão dos pecados.”

Na novela, em um momento muito especial, o Senhor Jesus também entoou o Salmo 121 (Mateus 26.30). Confira:

Jesus exemplifica a humildade

Há, ainda, outro elemento importante ocorrido durante a Santa Ceia com os discípulos.

O Senhor Jesus deixou um exemplo de humildade, quando lavou os pés dos discípulos: “Depois deitou água numa bacia, e começou a lavar os pés aos discípulos, e a enxugar-lhos com a toalha com que estava cingido.” João 13.5

Com isso, Ele queria deixar uma lição: quem quer ser o maior, sirva a todos. Mesmo sendo o próprio Deus encarnado, realizou a tarefa de um servo.

Nesse ínterim, o Mestre também lava os pés de Iscariotes, mesmo sabendo que ele iria traí-lO em seguida.

Por mais que Jesus tivesse recebido tudo de ruim que Iscariotes tinha para Lhe oferecer, dEle não saiu mágoa ou rancor. Cristo não “pagou na mesma moeda”, como se diz popularmente. Ele perdoou como ensinou a perdoar.

Assista a cena no vídeo abaixo:

Leia também: O que Judas Iscariotes pode nos ensinar sobre o esfriamento da fé?

Novela Jesus

A novela Jesus narra em detalhes o período em que Cristo esteve entre a humanidade em forma de homem. A missão era a de Se sacrificar em favor dos que creem nEle.

Acompanhe diariamente as informações do Universal.org sobre a novela e fique por dentro de cada capítulo.


  • Daniel Cruz / Fotos: Munir Chatack, Edu Moraes e Blad Meneghel/Record TV 


reportar erro