Rede aleluia
Desafio IntelliMen #48
São Paulo
Centro-Oeste
Distrito Federal
Brasília
Goiás
AnápolisGoiânia
Mato Grosso
Cuiabá
Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Nordeste
Alagoas
Maceió
Bahia
Feira de SantanaIlhéusItabunaSalvador
Ceará
Fortaleza
Maranhão
São Luís
Paraíba
João Pessoa
Pernambuco
Recife
Piauí
Teresina
Rio Grande do Norte
Natal
Sergipe
Aracaju
Norte
Acre
Rio Branco
Amapá
Macapá
Amazonas
Manaus
Pará
Belém
Rondônia
Porto Velho
Roraima
Boa Vista
Tocantins
Palmas
Sudeste
Espírito Santo
Vitória
Minas Gerais
Belo HorizonteJuiz de ForaUberlândia
Rio de Janeiro
Angra dos ReisBarra MansaCabo FrioCampos dos GoytacazesMacaéRio de JaneiroVolta Redonda
São Paulo
AraçatubaAraraquaraBauruCampinasCatanduvaFrancaJaúJundiaíLimeiraMaríliaPiracicabaPraia GrandePresidente PrudenteRibeirão PretoSantosSão CarlosSão João da Boa VistaSão José do Rio PretoSão José dos CamposSão PauloSorocabaTaubatéVotuporanga
Sul
Paraná
CascavelCuritibaFoz do IguaçuLondrinaMaringáPonta Grossa
Rio Grande do Sul
PelotasPorto AlegreRio GrandeSanta Maria
Santa Catarina
BlumenauCriciúmaFlorianópolis

Renato Cardoso | 23 de novembro de 2013 - 10:33


Desafio IntelliMen #48

Homens. Inteligentes.
© 2013

Desafio #48

Não fazer antes de concluir o Desafio #47.
Se você quer fazer parte do Projeto IntelliMen, comece do
Desafio #1.

 

Desafio: Vingar-se do mal que lhe fez sofrer, fazendo o bem.
Explicação: Poucos sabem de uma das principais razões porque eu tomei como missão ajudar casais a blindar seu casamento e solteiros a ter uma vida amorosa de sucesso. Quando eu tinha 13 anos, o inferno entrou em minha casa quando meus pais se separaram. Minha família se dividiu. Meu pai traiu minha mãe e eventualmente foi morar com outra mulher. Nossa vida econômica virou um caos, pois os quatro filhos e minha mãe dependiam dele. Nossos estudos foram afetados. Várias vezes eu tive vontade de morrer. Várias noites fui dormir chorando.
Mas todo aquele mal veio para bem. Aquela tragédia me levou a conhecer a Deus. E uma reviravolta aconteceu em minha vida. A família foi restaurada e todos também se voltaram para Deus. Meus pais voltaram a se unir. Quando me casei, tive problemas no meu casamento. Mas aquele passado me deu forças para lutar e não permitir que a história de meus pais se repetisse no meu casamento. Venci. Aprendi a blindar o meu maior bem abaixo da minha fé.
Mas não parei por aí. Decidi que iria fazer o diabo pagar pelo que fez com meus pais e pelo que tentou fazer comigo. Daí nasceu o Casamento Blindado, a Escola do Amor e todas as outras ferramentas e trabalhos que temos realizado no sentido de fortalecer os relacionamentos. São milhões de pessoas no mundo todo que têm sido ajudadas. O diabo está pagando caro. E vai continuar pagando.
Até mesmo o Projeto IntelliMen é uma outra história de vingança, que ainda está se desenrolando. Cristiane e eu decidimos no começo de nosso casamento não termos filhos para podermos nos dar cem por cento no trabalho da Obra de Deus. Mas após sete anos de casados, decidimos salvar uma criança perdida. Em vez de trazer mais uma ao mundo, queríamos tirar uma do mundo. E assim, decidimos adotar o Filipe. Ele tinha quase quatro anos quando o encontramos no orfanato. Uma criança sem pai e abandonada pela mãe. O amamos como filho, e lhes demos tudo o que tínhamos para que se tornasse um homem de Deus. Mas isso ainda não aconteceu.
Hoje com vinte anos, ele ainda tem permitido que o mal influencie suas escolhas. Ainda não tem o DNA espiritual dos pais. E por enquanto, o diabo tem conseguido algumas coisas contra ele. Mas eu decidi usar este mal para o bem. Eu disse para o diabo: “Você toca no meu filho, eu vou arrancar muitos filhos da tua mão. O que você usar contra ele, eu vou usar contra você. Essa conta vai ficar cara para você!” E daí nasceu o IntelliMen, que tem ajudado milhares de jovens e homens em todo o mundo. É a minha vingança. E tenho certeza que o meu Deus não me falhará.
Ele mesmo é o maior Vingador do mal:

O SENHOR é Deus zeloso e vingador, o SENHOR é vingador e cheio de ira; o SENHOR toma vingança contra os Seus adversários e reserva indignação para os Seus inimigos.
Naum 1.2

Com certeza você já sofreu investidas do mal. Você ou sua família já pagaram caro pela destruição que veio desde seus pais até você. Talvez você já viveu ou está vivendo um inferno por isso. A pergunta é: Você vai reagir como HOMEM ou vai ficar aí chorando? Vai partir para cima do diabo ou vai deixar por isso mesmo?
Seu desafio é identificar o mal que sofreu e decidir como se vingará desse mal fazendo o bem. Faça o diabo pagar caro!
Caderno de Notas: Escreva os maiores sofrimentos, perdas e dores que você já teve na vida. Qual deles dói mais? Qual lhe prejudicou mais? Qual você gostaria que pagasse caro vendo o bem se manifestar em você ou em outras pessoas através de você? Decida qual vai ser sua missão, qual a bandeira que você vai levantar contra o mal.
Parceiro Oficial: Pergunte ao seu parceiro sobre o que este desafio lhe fez pensar e decidir.
Prazo: Este desafio pode ser iniciado imediatamente e concluído antes do Desafio #49 que será lançado daqui a uma semana.
Postar: Depois — e somente depois — de você ter concluído este desafio, poste seus comentários — no Facebook do IntelliMen (não no seu pessoal) ou no Twitter, com este cabeçalho:
Desafio IntelliMen #48 concluído: A partir de agora, o mal vai me pagar caro por tudo o que me fez. (Acrescente qualquer outro comentário a respeito.)
Links:
www.facebook.com/IntelliMen
www.twitter.com/intellimen27 (quando postar no Twitter, use @IntelliMen27 na sua mensagem)
 
Checklist de verificação
Identifiquei qual será a minha vingança
Decidi minha missão de pagar o mal com o bem
Anotei minhas reflexões em meu Caderno de Notas
Conversei com meu Parceiro sobre este desafio
Postei meus comentários no Facebook/Twitter
 
Frase:
Não te deixes vencer do mal, mas vence o mal com o bem. – Paulo, Romanos 12.21


reportar erro