Rede aleluia
Hospital Santa Marcelina comemora milésima alta de pacientes com COVID-19
São Paulo
Centro-Oeste
Distrito Federal
Brasília
Goiás
AnápolisGoiânia
Mato Grosso
Cuiabá
Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Nordeste
Alagoas
Maceió
Bahia
Feira de SantanaIlhéusItabunaSalvador
Ceará
Fortaleza
Maranhão
São Luís
Paraíba
João Pessoa
Pernambuco
Recife
Piauí
Teresina
Rio Grande do Norte
Natal
Sergipe
Aracaju
Norte
Acre
Rio Branco
Amapá
Macapá
Amazonas
Manaus
Pará
Belém
Rondônia
Porto Velho
Roraima
Boa Vista
Tocantins
Palmas
Sudeste
Espírito Santo
Vitória
Minas Gerais
Belo HorizonteJuiz de ForaUberlândia
Rio de Janeiro
Angra dos ReisBarra MansaCabo FrioCampos dos GoytacazesMacaéRio de JaneiroVolta Redonda
São Paulo
AraçatubaAraraquaraBauruCampinasCatanduvaFrancaJaúJundiaíLimeiraMaríliaPiracicabaPraia GrandePresidente PrudenteRibeirão PretoSantosSão CarlosSão João da Boa VistaSão José do Rio PretoSão José dos CamposSão PauloSorocabaTaubatéVotuporanga
Sul
Paraná
CascavelCuritibaFoz do IguaçuLondrinaMaringáPonta Grossa
Rio Grande do Sul
PelotasPorto AlegreRio GrandeSanta Maria
Santa Catarina
BlumenauCriciúmaFlorianópolis

Notícias | 1 de junho de 2020 - 21:27


Hospital Santa Marcelina comemora milésima alta de pacientes com COVID-19

Após ser entubada e ficar na UTI por oito dias, a auxiliar de enfermagem venceu o vírus

Hospital Santa Marcelina comemora milésima alta de pacientes com COVID-19

A auxiliar de enfermagem Carmelita do Carmo, de 48 anos, é a milésima paciente do Hospital Santa Marcelina a receber alta, após vencer o novo coronavírus.

Assim como tantos outros profissionais da saúde que têm atuado na linha de frente no combate dessa pandemia, ela foi contaminada no exercício da função. Mas, felizmente, após ser entubada e permanecer oito dias na Unidade de Tratamento Intensivo (UTI), ela se recuperou.

Leia também:

Mensagem de fé aos profissionais da saúde

Grupo de idosos recebe alta de COVID-19

Enquanto passava pelo corredor do hospital, sendo empurrada numa cadeira de rodas e segurando uma placa, na qual estava escrito: “Eu venci a COVID”, a enfermeira foi aplaudida pelos colegas de trabalho que comemoraram a sua recuperação.

Em entrevista ao repórter Lucas Jozino, da Band News, Carmelita disse que alertou aos colegas de trabalho quanto à importância de se cuidar. Segundo ela, não pode haver um minuto sequer de distração, para evitar o contágio.

O Hospital Santa Marcelina está localizado em Itaquera, zona leste de São Paulo. O bairro é o segundo da região com mais casos de mortes por COVID-19. São 139 até o momento. Em primeiro lugar está Sapopemba, com 179 mortes.

No entanto, segundo dados da Universidade John Hopkings, o Brasil  é o segundo país com mais recuperados.  Até o presente momento são 206.555 casos, ficando atrás apenas dos Estados Unidos, que possui 444.758. Já no mundo todo o número de pessoas que venceram o novo coronavírus já ultrapassa  a marca de 2,6 milhões.

Para acompanhar a evolução desses números em tempo real, acesse aqui.

(*) Com informações da Band News


Hospital Santa Marcelina comemora milésima alta de pacientes com COVID-19
  • Redação (*) / Foto: Reprodução 


reportar erro