Rede aleluia
Golpe do amor: número de casos aumenta em todo País
São Paulo
Centro-Oeste
Distrito Federal
Brasília
Goiás
AnápolisGoiânia
Mato Grosso
Cuiabá
Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Nordeste
Alagoas
Maceió
Bahia
Feira de SantanaIlhéusItabunaSalvador
Ceará
Fortaleza
Maranhão
São Luís
Paraíba
João Pessoa
Pernambuco
GaranhunsRecife
Piauí
Teresina
Rio Grande do Norte
Natal
Sergipe
Aracaju
Norte
Acre
Rio Branco
Amapá
Macapá
Amazonas
Manaus
Pará
Belém
Rondônia
Porto Velho
Roraima
Boa Vista
Tocantins
Palmas
Sudeste
Espírito Santo
Vitória
Minas Gerais
Belo HorizonteJuiz de ForaUberlândia
Rio de Janeiro
Angra dos ReisBarra MansaCampos dos GoytacazesMacaéRio de JaneiroVolta RedondaCabo Frio
São Paulo
AraçatubaAraraquaraBauruCampinasCaraguatatubaCatanduvaFrancaJaúJundiaíLimeiraMaríliaPiracicabaPraia GrandePresidente PrudenteRibeirão PretoSantosSão CarlosSão José do Rio PretoSão José dos CamposSão PauloSorocabaTaubatéVotuporanga
Sul
Paraná
CascavelCuritibaFoz do IguaçuLondrinaMaringáPonta Grossa
Rio Grande do Sul
PelotasPorto AlegreRio GrandeSanta Maria
Santa Catarina
BlumenauCriciúmaFlorianópolis

Notícias | 9 de Fevereiro de 2022 - 20:40


Golpe do amor: número de casos aumenta em todo País

Criminosos utilizam aplicativos de relacionamentos para seduzir suas vítimas. Saiba mais

Golpe do amor: número de casos aumenta em todo País

Com o distanciamento social imposto pela pandemia de Covid-19, o número de golpes por meio de aplicativos de relacionamento aumentou consideravelmente no último ano. Entre os crimes estão extorsões, estelionatos, latrocínios e homicídios.

Segundo matéria publicada no portal R7, a Interpol emitiu, em 2021, um alerta para 194 países membros da agência de vigilância mundial, incluindo o Brasil, sobre o crescente número de golpes praticados por meio desses aplicativos.

“Com a pandemia, as pessoas tiveram necessariamente que se manter isoladas para evitar a contaminação, e a paquera migrou para meios virtuais. Com essas abordagens surge o perigo porque as pessoas se camuflam em outras personalidades, forjam características e imagens que não existem”, explica Raquel Kobashi Gallinati, presidente do Sindicato dos Delegados de Polícia do Estado de São Paulo, em entrevista ao R7.

Vítimas dos criminosos

Ao longo de 2021, o portal universal.org também noticiou alguns desses casos. Um deles foi o de um porteiro em São Paulo que chegou a fazer um empréstimo de 8 mil reais. Ele entregou o dinheiro ao comparsa da suposta namorada — que entrou em contato com a vítima dizendo que a mulher teria sido detida pela Polícia Federal e o valor seria para libertá-la da prisão. Porém, tudo não passava de um golpe.

Ainda em São Paulo, após marcar um encontro com uma mulher que conheceu em um aplicativo de relacionamento, um homem de 54 anos foi sequestrado e perdeu aproximadamente 100 mil reais. Em vez da mulher, no local do encontro, estavam quatro homens que mantiveram a vítima em cativeiro por 24 horas.

Outra vítima recente desse tipo de crime foi o piloto de helicóptero Maurício Norberto Bastos, de 52 anos, que foi perseguido e morto por assaltantes, na zona oeste de São Paulo. Ele também havia marcado um encontro por meio de um aplicativo de relacionamentos.

Como se proteger

Embora os casos citados até aqui sejam de vítimas homens, a maioria dos golpes são aplicados em mulheres. A influenciadora digital Monique Marques por pouco não foi mais uma.

Após terminar um noivado, ela foi em busca de um novo amor num desses aplicativos. Foi quando conheceu um homem galanteador que se apresentou como um soldado americano. Após alguns dias conversando pelo aplicativo, ele, que se dizia perdidamente apaixonado, pediu para que ela preenchesse um formulário com seus dados pessoais. O tal formulário seria uma licença de férias para que ele pudesse vir ao Brasil. Foi então que Monique desconfiou. Por fim, o golpista acabou confessando que era nigeriano e que precisava de dinheiro.

Então, para se precaver e se proteger desses criminosos, especialistas em segurança pública dão três dicas que podem, inclusive, salvar sua vida. Veja:

– Marque esses encontros em locais públicos;

–  Antes de ir ao encontro faça chamadas de vídeo para confrontar a imagem da pessoa com as fotos disponibilizadas nas redes sociais;

– Pesquise o perfil do usuário em redes sociais abertas e compartilhe fotos com amigos. Assim, pessoas próximas terão conhecimento do encontro.

Cuidado com a carência

Para o apresentador Renato Cardoso, do programa The Love School – A Escola do Amor, a pessoa que está à procura de alguém para entrar em um relacionamento não deve esquecer de que já tem uma vulnerabilidade: a carência. Além disso, ele destaca que não são apenas pessoas incautas que caem em golpes de relacionamentos.

“Pessoas inteligentes, ricas, muito capazes caem em golpes também. Por que? Porque o coração fez ela cair no golpe, em primeiro lugar, pela sua carência. Então fique muito atento a estes aplicativos e sites de relacionamentos, não importa qual. Nós temos também um aplicativo, o “Quero Te Conhecer”. A gente faz o máximo para filtrar as pessoas dentro do aplicativo. Todos precisam ficar atentos, porque infelizmente estamos na era do engano”, alertou o apresentador durante o programa Inteligência e Fé, transmitido de segunda à sexta, pela Rede Aleluia.

Terapia do Amor e “The Love Night”

Mas, se você quer encontrar alguém especial, de boa índole, íntegro, para um relacionamento sério, que tal participar das reuniões da Terapia do Amor?

Lá, além de aprender a praticar o amor inteligente e se curar de traumas causados por relacionamentos anteriores, você também tem, uma vez por mês, a oportunidade de participar do The Love Night. Um evento preparado especialmente para que os solteiros possam se conhecer e interagir e, assim, encontrar a tão esperada pessoa amada.

A Terapia do Amor acontece todas as quintas-feiras, no Templo de Salomão e em outras localidades. Consulte aqui o endereço mais perto de você.

Para saber as próximas datas do “The Love Night”, onde casais também são bem-vindos, acompanhe as redes sociais da Terapia do Amor: em @terapiadoamoroficial, no Instagram, e no facebook.com/terapiadoamor.


Golpe do amor: número de casos aumenta em todo País
  • Jeane Vidal / Fotos: Istock e Reprodução 


reportar erro