Rede aleluia
Dia Internacional da Família acende debate sobre bom convívio entre familiares na pandemia
São Paulo
Centro-Oeste
Distrito Federal
Brasília
Goiás
AnápolisGoiânia
Mato Grosso
Cuiabá
Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Nordeste
Alagoas
Maceió
Bahia
Feira de SantanaIlhéusItabunaSalvador
Ceará
Fortaleza
Maranhão
São Luís
Paraíba
João Pessoa
Pernambuco
Recife
Piauí
Teresina
Rio Grande do Norte
Natal
Sergipe
Aracaju
Norte
Acre
Rio Branco
Amapá
Macapá
Amazonas
Manaus
Pará
Belém
Rondônia
Porto Velho
Roraima
Boa Vista
Tocantins
Palmas
Sudeste
Espírito Santo
Vitória
Minas Gerais
Belo HorizonteJuiz de ForaUberlândia
Rio de Janeiro
Angra dos ReisBarra MansaCampos dos GoytacazesMacaéRio de JaneiroVolta RedondaCabo Frio
São Paulo
AraçatubaAraraquaraBauruCampinasCatanduvaFrancaJaúJundiaíLimeiraMaríliaPiracicabaPraia GrandePresidente PrudenteRibeirão PretoSantosSão CarlosSão João da Boa VistaSão José do Rio PretoSão José dos CamposSão PauloSorocabaTaubatéVotuporanga
Sul
Paraná
CascavelCuritibaFoz do IguaçuLondrinaMaringáPonta Grossa
Rio Grande do Sul
PelotasPorto AlegreRio GrandeSanta Maria
Santa Catarina
BlumenauCriciúmaFlorianópolis

Notícias | 14 de Maio de 2021 - 16:38


Dia Internacional da Família acende debate sobre bom convívio entre familiares na pandemia

O que falta não está somente relacionado às coisas materiais e, sim, também ao espiritual

Dia Internacional da Família acende debate sobre bom convívio entre familiares na pandemia

O Dia Internacional da Família, instituído pela Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas (ONU), em setembro de 1993, homenageia a instituição familiar. A partir de então, todo ano, no dia 15 de maio, a data reflete a importância que tem esse núcleo de pessoas que protege, cuida, ama e se torna referência para a formação do indivíduo.

Neste dia, é importante também debater assuntos que afetam diretamente o desenvolvimento e o relacionamento familiar. Por exemplo, o papel fundamental dos familiares na educação das crianças, além de questões sociais, sanitárias e econômicas, especialmente, neste cenário atual e urgente, que todos estão encarando, frente a pandemia de COVID-19.

Ano passado, em razão da pandemia, a ONU destacou a importância de medidas de proteção e afirmou que “o apoio às famílias vulneráveis, incluindo àquelas que perderam renda, que têm crianças pequenas, idosos e pessoas com deficiência, é mais necessário agora do que nunca.”

Clique aqui e saiba como a Universal intensificou os projetos de ação social, Brasil afora e pelo mundo, durante a pandemia, atendendo a milhares de famílias. 

Famílias na pandemia

Outro ponto de discussão é a questão do relacionamento familiar diante da necessidade de isolamento social imposta pela pandemia. Períodos de maior restrição resultaram em um aumento do tempo de convivência familiar dentro de casa.

Durante o período, muitos familiares brigaram e se afastaram, porque não tiveram paciência uns com os outros e ficaram saturados com a convivência mais acirrada. Segundo dados do Colégio Notarial do Brasil (CNB), o número de divórcios aumentou consideravelmente em 2020.

Ademais, problemas como a violência doméstica e o agravamento de casos referentes à saúde mental também despontaram.

Por outro lado, muitas famílias se uniram ainda mais. E, agora, vivem uma nova fase, com os laços mais fortalecidos, mesmo diante de todas as adversidades sociais e econômicas que a pandemia desencadeou.

O programa “Fala que eu te escuto”, exibido recentemente na Record TV, debateu esse tema. Confira na íntegra o programa que contou com matérias especiais e entrevistas ao vivo.

Confiar na Palavra de Deus

O relacionamento bem como o convívio entre os familiares não têm sido tarefa fácil. Mas, o que falta não está relacionado somente às coisas materiais e, sim, também ao espiritual. Sem a bênção de Deus, todos os esforços são inúteis. Por isso, por mais difícil que seja enfrentar esse momento, não devemos deixar de confiar em Deus e na Sua Palavra.

Em recente mensagem direcionada a pais e filhos, o Bispo Renato Cardoso e sua esposa Cristiane Cardoso explicaram sobre uma das 7 manifestações do Espírito de Deus — que resumem aquilo que todo ser humano precisa para lidar com qualquer situação que lhe sobrevenha. Segundo o casal, o Espírito de Conselho dá o entendimento de que sobre todos os conselhos que podemos receber de alguém, o melhor será o da Palavra de Deus.

Saiba mais no vídeo abaixo:

A saber, se você quer receber orientação para o seu relacionamento familiar, participe de um encontro de fé. Aos domingos, às 9h30, no Templo de Salomão, acontece a bênção para as famílias. Para outras localidades, clique aqui e encontre uma Universal mais próxima.


Dia Internacional da Família acende debate sobre bom convívio entre familiares na pandemia
  • Redação / Foto: Getty Images 

  • Colaborador: 

  • Michele Roza


reportar erro