Rede aleluia

Notícias | 28 de julho de 2018 - 03:05


Autoridades de Mato Grosso do Sul agradecem a Universal pela ajuda ao próximo

Atualmente, as atividades desenvolvidas com os menores infratores são realizadas por 3 mil voluntários em 360 unidades socioeducativas das 476 existentes em todo o território nacional

Há mais de 25 anos, voluntários da Universal se dedicam em ajudar espiritualmente e socialmente jovens que por algum delito cometido se encontram reclusos nas unidades socioeducativas de todo o Brasil.

Atualmente, as atividades desenvolvidas com os menores infratores são realizadas por 3 mil voluntários em 360 unidades socioeducativas das 476 existentes em todo o território nacional.

Em reconhecimento ao trabalho de ressocialização desenvolvido, o secretário de Segurança e Justiça Carlos Videira e o Superintendente Celso de Oliveira, do Mato Grosso do Sul, gravaram um vídeo e agradeceram a Universal por se manter firme em ajudar a quem mais precisa.

Veja o vídeo abaixo:

A Universal mantém diversos projetos sociais e, por meio de seus voluntários, atua em vários setores da sociedade, com o objetivo de levar auxílio emocional, psicológico, material e, sobretudo, espiritual aos que necessitam, em asilos, orfanatos, hospitais, presídios, comunidades, entre outros locais.

Clique nos links abaixo e conheça alguns desses projetos:

Projeto Raabe (Auxílio a mulheres vítimas de violência doméstica)

Projeto T-Amar (Apoio a adolescentes grávidas e mães solteiras)

Projeto Ler e escrever (Alfabetização de jovens e adultos)

Anjos da madrugada (Ajuda a moradores de rua)

A Gente da comunidade (Ações sociais em comunidades)

Grupo Calebe (Incentivo e auxílio a idosos)

Força Jovem (Ações com os jovens)

Identificou-se com algum desses projetos? Então não perca mais tempo, procure uma Universal mais próxima de sua casa, clicando aqui, e obtenha informações de como se tornar um voluntário. Não esqueça: “… Mais bem-aventurado é dar que receber.” (Atos 20.35).


  • Por Sabrina Marques / Foto: Cedida 



reportar erro