A diferença entre o “cristão religioso” e o “cristão genuíno”

Bispo Júlio Freitas faz um alerta para aqueles que seguem o Senhor Jesus


Por Daniel Cruz / Foto: iStock

A pessoa que segue o Senhor Jesus precisa saber se é um “cristão religioso” ou um “cristão genuíno”. Porque há diferença.

Quando alguém tem acesso aos ensinamentos de Deus, logo compreende que precisa deixar os vícios, os palavrões, as más amizades e todas as demais práticas do pecado.

“A pessoa que pecou sabe o que fez de errado, o diabo acusa e Deus espera que ela reconheça o pecado, confesse e o abandone para que Ele possa perdoar”, alertou o Bispo Júlio Freitas, durante a palestra “Estudo das escolhas certas”, realizada no Templo de Salomão, no dia 30 de dezembro último.

O “novo nascimento”

Entretanto, a mudança de comportamento não significa que ocorreu o “novo nascimento” dentro dessa pessoa. E caso esse evento nunca ocorra, ela viverá no autoengano – achando que está salva, mas está perdida.

Leia também: Confessar e abandonar

Muitos participam da Santa Ceia, por exemplo, de maneira religiosa – como uma obrigação da vida cristã. Entretanto, é preciso ter uma fé inteligente. Ter a consciência da importância do que se está fazendo. Caso contrário, tudo será em vão.

A fé inteligente

O cristão que não usa a fé inteligente é como um carvão apagado, analisou o Bispo Júlio. “O carvão sem fogo só serve para sujar. Assim é o ‘cristão religioso’. Onde ele chega, leva sujeira espiritual. Não vive pela fé, vive pelo o que ouve e vê. Vive pelo o que as pessoas falam.”

Por outro lado, o “cristão genuíno” é íntegro em sua fé e não se desvia para um lado ou para outro. Ele é como revela a Bíblia:

“Faz dos Seus anjos espíritos, dos Seus ministros um Fogo Abrasador.” Salmos 104.4

Aquele carvão apagado, torna-se em um “Fogo Abrasador”. Em conclusão, o Bispo acrescenta: “São os ‘cristãos genuínos’. Eles leem, meditam e praticam a Palavra de Deus”.

Deus dá o Seu Espírito para aqueles em que Ele encontra esse tipo de atitude. Ou seja, quando a pessoa tem o interesse sincero em serví-lO. Desse modo, o “cristão genuíno” vive em completa união com o Criador.

Fale com Deus

Se você deseja ter o “novo nascimento”, seja verdadeiro com o Senhor Jesus. Não engane a si mesmo e tenha consciência de sua real condição espiritual.

Participe ainda hoje de um encontro no Templo de Salomão ou em uma Universal mais próxima de sua casa.

ler mais
Notícias relacionadas
Reportar erro

comentários

Comunicar erro

Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

A diferença entre o “cristão religioso” e o “cristão genuíno”

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente


Fake news

Você sabe de alguma notícia falsa que tem circulado na internet sobre a igreja Universal? Relate aqui o caso que iremos trazer toda a verdade no site Mitos e Verdades

Formulário de Denúncia

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente


Expediente

Editora Executiva:

Cinthia Meibach

Coordenadora de Conteúdo:

Ivonete Soares

Repórteres:

Andre Batista, Daniel Cruz, Débora Picelli, Jeane Vidal, Michele Roza, Rafaella Rizzo, Sabrina Marques, Rafaela Dias



E-mail para Contato: redacao@sp.universal.org.br

Telefone:(11) 2392-3372

Endereço Rua João Boemer, 254 - Brás, São Paulo

Cep: 03018-000

Free WordPress Themes, Free Android Games