Renato Cardoso | 30 de Novembro de 2022 - 16:37


PENSE EM TUDO, MENOS NISTO (ESTRATÉGIA DO MAL CONTRA VOCÊ)

Essa é a forma que querem que você viva, vai continuar se deixando levar pelo sistema?

Aquele que quer roubar a sua alma, quer que você pense em tudo (menos nela). Eu quero falar com você sobre a sua alma, que é a parte de você que é eterna. Você é formado por corpo, alma e espírito. Todos nós sabemos que o nosso corpo está envelhecendo e caminhando para a morte. O espírito é a parte que une corpo e alma, é o fôlego da vida que Deus soprou na narina do homem quando o criou. Assim, o homem se tornou alma vivente. Quando ele morre, esse sopro de vida volta para Deus. Mas a alma é eterna, ela não morre, ela permanece, mesmo sem corpo.

Então, como o mal trabalha para roubar a alma das pessoas? Fazendo com que elas pensem em tudo, menos na salvação. Nós vivemos em uma sociedade em que nós não temos um segundo para descansar a mente e simplesmente não pensar em algo. Toda a sociedade é organizada de tal forma que a sua mente está engajada do momento em que você acorda ao momento em que você vai dormir (e, normalmente, a pessoa não consegue dormir exatamente porque a mente está acelerada). A verdade é que a mente humana não está preparada para o ritmo de informações e a quantidade de informações que ela tem absorvido nos últimos anos por meio das várias mídias. O celular é praticamente uma extensão do corpo.

E tudo isso é intencional para que as pessoas não pensem na alma que possuem (aquilo que se tem de mais precioso). Quando você entende isso, você entende o motivo da sua ansiedade, insônia. Talvez, antigamente, você gostava de ler e, agora, você não tem mais paciência para ler. Aí, você prefere ver uma série na TV e checar a rede social várias vezes ao dia. Ou seja, é uma falsa sensação de que você está no controle da sua vida. Você está sendo controlado. Você percebe que a estratégia é viciar as pessoas. E vício é o melhor exemplo da suspensão do raciocínio. A pessoa não está pensando, ela só busca sentir. Esta é a sociedade em que estamos vivendo e está piorando.

Será que o aspecto do seu rosto testifica contra você? Um semblante caído, um olhar opaco, sem brilho? Você só se foca em algo fútil, materialista, momentâneo e, assim, você não tem pensado em coisas importantes como a sua alma? Você pode tomar as rédeas da sua vida e dizer: “Eu não vou ser um robô”. Só você pode tomar essa decisão. Reflita sobre o vídeo acima.


  • Bispo Renato Cardoso