Rede aleluia
João 7: Se não dá na Judeia, vamos para a Galileia
São Paulo
Centro-Oeste
Distrito Federal
Brasília
Goiás
AnápolisGoiânia
Mato Grosso
Cuiabá
Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Nordeste
Alagoas
Maceió
Bahia
Feira de SantanaIlhéusItabunaSalvador
Ceará
Fortaleza
Maranhão
São Luís
Paraíba
João Pessoa
Pernambuco
Recife
Piauí
Teresina
Rio Grande do Norte
Natal
Sergipe
Aracaju
Norte
Acre
Rio Branco
Amapá
Macapá
Amazonas
Manaus
Pará
Belém
Rondônia
Porto Velho
Roraima
Boa Vista
Tocantins
Palmas
Sudeste
Espírito Santo
Vitória
Minas Gerais
Belo HorizonteJuiz de ForaUberlândia
Rio de Janeiro
Angra dos ReisBarra MansaCabo FrioCampos dos GoytacazesMacaéRio de JaneiroVolta Redonda
São Paulo
AraçatubaAraraquaraBauruCampinasCatanduvaFrancaJaúJundiaíLimeiraMaríliaPiracicabaPraia GrandePresidente PrudenteRibeirão PretoSantosSão CarlosSão João da Boa VistaSão José do Rio PretoSão José dos CamposSão PauloSorocabaTaubatéVotuporanga
Sul
Paraná
CascavelCuritibaFoz do IguaçuLondrinaMaringáPonta Grossa
Rio Grande do Sul
PelotasPorto AlegreRio GrandeSanta Maria
Santa Catarina
BlumenauCriciúmaFlorianópolis

Renato Cardoso | 29 de setembro de 2013 - 03:40


João 7: Se não dá na Judeia, vamos para a Galileia

João 7: Se não dá na Judeia, vamos para a Galileia

Saiba como fazer o Propósito de João
 

Você deve ter percebido aqui que os próprios irmãos de Jesus não criam n’Ele; que o povo ainda estava bem dividido sobre quem Ele era, se o Messias ou um maluco qualquer; que Ele, tendo dito no capítulo anterior que era o Pão da vida, agora diz que também tem a água viva, o Espírito Santo, para quem crer n’Ele; e que os líderes religiosos estão cada vez mais irados com Ele.

Mas não é nesses pontos que eu quero focar.
Uma coisa nos chama a atenção à maneira como o Senhor Jesus lidou com a ameaça de morte que recebeu dos judeus no capítulo 5. Lembre-se, Ele curou um homem no sábado e por isso foi acusado de desobedecer a Lei de Moisés. E por isso o capítulo 7 já começa dizendo:

Depois disso, Jesus começou a andar pela Galileia; Ele não queria andar pela Judeia, pois os líderes judeus dali estavam querendo matá-lO.

Observe que apesar da ameaça, e de não poder andar livremente pela Judeia, Jesus não se escondeu em Nazaré, nem se fechou em um quarto com medo ou depressão. Antes, “começou a andar pela Galileia”. Continuou fazendo o Seu trabalho onde podia, como podia, para quem queria.
Quando nós não podemos fazer o que queremos e onde queremos, devemos fazer o que podemos, como e onde podemos.
Você deve ter percebido também que três vezes neste capítulo é mencionado que a “hora não é chegada”, ou seja, Jesus sabia que tudo tinha sua hora.
Mesmo assim, se não era hora de uma coisa, então era hora de outra — mas nunca hora de não fazer nada.
Precisamos desse discernimento. Precisamos saber fazer o que o agora nos permite, enquanto aguardamos o que só o depois nos permitirá.
É hora de você fazer o que, aí agora, onde está, com o que tem? Se não pode fazer o que gostaria, o que você PODE fazer?
 
21_dias_desafio_de_joao
 
 
O Propósito de João virou livro!
Agora você pode levar as 21 lições práticas com você e viver essa transformadora viagem no tempo em qualquer lugar.
Se você foi ajudado através do Desafio, beneficie também um amigo, presenteando-o com um exemplar.
Disponível para compra no Arca Center. Clique aqui.
 
 
 
 
Veja também:

 
Cadastre-se nesse blog e seja avisado de novos posts…
 
 


reportar erro