Rede aleluia
Você já conhece o trabalho do UFP?
São Paulo
Centro-Oeste
Distrito Federal
Brasília
Goiás
AnápolisGoiânia
Mato Grosso
Cuiabá
Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Nordeste
Alagoas
Maceió
Bahia
Feira de SantanaIlhéusItabunaSalvador
Ceará
Fortaleza
Maranhão
São Luís
Paraíba
João Pessoa
Pernambuco
Recife
Piauí
Teresina
Rio Grande do Norte
Natal
Sergipe
Aracaju
Norte
Acre
Rio Branco
Amapá
Macapá
Amazonas
Manaus
Pará
Belém
Rondônia
Porto Velho
Roraima
Boa Vista
Tocantins
Palmas
Sudeste
Espírito Santo
Vitória
Minas Gerais
Belo HorizonteJuiz de ForaUberlândia
Rio de Janeiro
Angra dos ReisBarra MansaCabo FrioCampos dos GoytacazesMacaéRio de JaneiroVolta Redonda
São Paulo
AraçatubaAraraquaraBauruCampinasCatanduvaFrancaJaúJundiaíLimeiraMaríliaPiracicabaPraia GrandePresidente PrudenteRibeirão PretoSantosSão CarlosSão João da Boa VistaSão José do Rio PretoSão José dos CamposSão PauloSorocabaTaubatéVotuporanga
Sul
Paraná
CascavelCuritibaFoz do IguaçuLondrinaMaringáPonta Grossa
Rio Grande do Sul
PelotasPorto AlegreRio GrandeSanta Maria
Santa Catarina
BlumenauCriciúmaFlorianópolis

Notícias | 11 de julho de 2018 - 03:05


Você já conhece o trabalho do UFP?

O mais novo grupo da Universal visa ajudar aqueles que auxiliam na segurança da sociedade: os policiais. Saiba mais

Você já conhece o trabalho do UFP?

Recentemente, foi criado o grupo Universal nas Forças Policiais (UFP), para prestar apoio espiritual e social a homens e mulheres que, diariamente, colocam a vida em risco em favor da população. São pessoas que, por trás das fardas, também estão sujeitos a um conjunto de adversidades, sejam elas de origem física, psicológica e, principalmente, espiritual.

O grupo tem o objetivo de atender membros das forças de segurança do País, por meio de palestras preventivas sobre corrupção, ética, drogas, estrutura familiar, casamento e educação dos filhos. Também são promovidos cultos e atendimentos pastorais.

O Pastor Roni Negreiros, Major Capelão da Polícia Militar do estado do Maranhão (foto ao lado) é quem está à frente desse importante trabalho. Em entrevista ao Universal.org, ele menciona que há 14 anos se dedica ao trabalho evangelístico.

“Há muitos anos trabalhei na Polícia Militar e na Tropa de Choque de São Paulo. Tive um encontro com Deus, estive como obreiro e, como tinha o desejo de fazer mais pela Obra, fui chamado para ser um pastor da Igreja. Em 2004, ingressei como Oficial Capelão no posto de Tenente no Maranhão, depois fui promovido a Capitão e agora a Major. Mas, o trabalho que tenho desenvolvido é totalmente espiritual”, comentou.

Um dos militares ajudado pelo grupo é o sargento da Polícia Militar do Maranhão, Jorge Luís da Costa Correia, (foto ao lado) que participou das atividades oferecidas pelo grupo UFP por lá.

Ele foi acolhido em um momento muito difícil, pois teve a vida familiar destruída por uma separação. Essa situação, conta o pastor Roni, levou o sargento a um quadro de desespero e total desmotivação no seu trabalho. Porém, por meio dos atendimentos realizados pelos voluntários do UFP, o sargento teve um encontro com Deus e a sua vida familiar foi completamente restaurada. Hoje, a esposa e ele são obreiros e auxiliam como voluntários no trabalho da UFP.

De acordo com o sargento Jorge, as ações realizadas pelo grupo foram de fundamental importância para reestruturar a sua vida. “Temos muitos militares em situações difíceis no que se refere à dependência química e enfrentando problemas na vida conjugal. Mas, devido ao trabalho desenvolvido pela Universal dentro da corporação, muitos policiais, assim como eu, estão alcançando a transformação de suas vidas. Sem essa mensagem edificante sendo levada todos os dias às unidades policiais, as estatísticas negativas, sem dúvida, seriam bem piores”, afirmou o sargento.

Centro Cultural Jerusalém

O evento que oficializou o trabalho do UFP aconteceu no dia 26 de julho, no Centro Cultural Jerusalém (CCJ), no Rio de Janeiro. O Bispo Ênio Correa, responsável pelo UFP no Rio de Janeiro, comandou o encontro. Também estiveram presentes o senador Eduardo Lopes e representantes da Segurança Pública do Estado do Rio de Janeiro, da Polícia Militar, Civil e do Corpo de Bombeiros.

O Bispo Ênio falou sobre a importância do projeto e dos benefícios que ele oferece aos policiais. O senador Eduardo Lopes, por sua vez, parabenizou o trabalho das forças policiais e citou o Salmo 25, mostrando como é essencial ter a proteção espiritual.

O trabalho do UFP está sendo realizado em todos os estados brasileiros e já conta com centenas de voluntários. Se você é um militar e deseja ajudar, procure uma Universal mais próxima de sua casa e se informe. Clique aqui e encontre o endereço.


Você já conhece o trabalho do UFP?
  • Por Sabrina Marques / Fotos: Cedidas 


reportar erro