Rede aleluia
Unigrejas e Grupo da Saúde formam mais 400 capelães em Campinas, interior de SP
São Paulo
Centro-Oeste
Distrito Federal
Brasília
Goiás
AnápolisGoiânia
Mato Grosso
Cuiabá
Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Nordeste
Alagoas
Maceió
Bahia
Feira de SantanaIlhéusItabunaSalvador
Ceará
Fortaleza
Maranhão
São Luís
Paraíba
João Pessoa
Pernambuco
Recife
Piauí
Teresina
Rio Grande do Norte
Natal
Sergipe
Aracaju
Norte
Acre
Rio Branco
Amapá
Macapá
Amazonas
Manaus
Pará
Belém
Rondônia
Porto Velho
Roraima
Boa Vista
Tocantins
Palmas
Sudeste
Espírito Santo
Vitória
Minas Gerais
Belo HorizonteJuiz de ForaUberlândia
Rio de Janeiro
Angra dos ReisBarra MansaCabo FrioCampos dos GoytacazesMacaéRio de JaneiroVolta Redonda
São Paulo
AraçatubaAraraquaraBauruCampinasCatanduvaFrancaJaúJundiaíLimeiraMaríliaPiracicabaPraia GrandePresidente PrudenteRibeirão PretoSantosSão CarlosSão João da Boa VistaSão José do Rio PretoSão José dos CamposSão PauloSorocabaTaubatéVotuporanga
Sul
Paraná
CascavelCuritibaFoz do IguaçuLondrinaMaringáPonta Grossa
Rio Grande do Sul
PelotasPorto AlegreRio GrandeSanta Maria
Santa Catarina
BlumenauCriciúmaFlorianópolis

Notícias | 2 de junho de 2020 - 13:44


Unigrejas e Grupo da Saúde formam mais 400 capelães em Campinas, interior de SP

Eles são voluntários capacitados formalmente para tranquilizar e ajudar as pessoas a superarem uma fase difícil. Conheça abaixo

Unigrejas e Grupo da Saúde formam mais 400 capelães em Campinas, interior de SP

Você já ouviu falar sobre a capelania? Em tempos difíceis, como os que estamos passando, as pessoas tendem a buscar palavras de conforto e apoio espiritual.

Esse é o papel desenvolvido pelos capelães. Eles são voluntários capacitados formalmente para tranquilizar e ajudar as pessoas a superarem uma fase difícil e os momentos de dor que acontecem na vida.

Só para ilustrar o problema que enfrentamos, é importante lembrar que a pandemia do novo coronavírus tem gerado um grande estresse na sociedade.

Segundo a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), por exemplo, de 44.062 pessoas entrevistadas em uma pesquisa, 40% estão tristes e deprimidas. Além disso, 18% afirmam estarem bebendo mais na quarentena. Por isso, a atividade desses voluntários é importante.

400 novos capelães hospitalares

Assim, recentemente, a Unigrejas e o Grupo da Saúde formaram mais 400 novos capelães hospitalares na cidade de Campinas, no interior de São Paulo.

O trabalho realizado pelo Grupo da Saúde – dirigido pelo Bispo Eduardo Ribeiro – dentro dos hospitais, tem sido feito com muita excelência, prestando assistência aos pacientes, familiares e também aos profissionais da saúde.

Principalmente, nesse momento de pandemia, em que as pessoas têm ficado aflitas, as mensagens de fé levadas por esses voluntários ajudam não somente os pacientes, como também familiares e amigos.

Vale acrescentar que os voluntários recebem uma capacitação técnica para a atividade. Portanto, eles possuem o preparo adequado para a atuação em campo.

Igualmente, na cerimônia de formatura, foi ressaltada a importância de se realizar o trabalho dentro das normas exigidas pelo Governo e pelo Ministério da Saúde.

Esteve presente também, nesse momento especial, o Bispo Eduardo Bravo, presidente da Unigrejas.

Saiba mais

Para conhecer mais sobre a capelania hospitalar desenvolvida pelo Grupo da Saúde, clique aqui. Acompanhe também as atualizações da Unigrejas.

(*) Com informações da Unigrejas.


Unigrejas e Grupo da Saúde formam mais 400 capelães em Campinas, interior de SP
  • Da Redação (*) / Foto: Cedida 


reportar erro