Rede aleluia
Quer ser usado por Deus?
São Paulo
Centro-Oeste
Distrito Federal
Brasília
Goiás
AnápolisGoiânia
Mato Grosso
Cuiabá
Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Nordeste
Alagoas
Maceió
Bahia
Feira de SantanaIlhéusItabunaSalvador
Ceará
Fortaleza
Maranhão
São Luís
Paraíba
João Pessoa
Pernambuco
Recife
Piauí
Teresina
Rio Grande do Norte
Natal
Sergipe
Aracaju
Norte
Acre
Rio Branco
Amapá
Macapá
Amazonas
Manaus
Pará
Belém
Rondônia
Porto Velho
Roraima
Boa Vista
Tocantins
Palmas
Sudeste
Espírito Santo
Vitória
Minas Gerais
Belo HorizonteJuiz de ForaUberlândia
Rio de Janeiro
Angra dos ReisBarra MansaCabo FrioCampos dos GoytacazesMacaéRio de JaneiroVolta Redonda
São Paulo
AraçatubaAraraquaraBauruCampinasCatanduvaFrancaJaúJundiaíLimeiraMaríliaPiracicabaPraia GrandePresidente PrudenteRibeirão PretoSantosSão CarlosSão João da Boa VistaSão José do Rio PretoSão José dos CamposSão PauloSorocabaTaubatéVotuporanga
Sul
Paraná
CascavelCuritibaFoz do IguaçuLondrinaMaringáPonta Grossa
Rio Grande do Sul
PelotasPorto AlegreRio GrandeSanta Maria
Santa Catarina
BlumenauCriciúmaFlorianópolis

Notícias | 7 de agosto de 2020 - 23:51


Quer ser usado por Deus?

Então, você precisa saber disto

Quer ser usado por Deus?

É incalculável o valor de uma alma. Tanto que o próprio Deus pagou um alto preço por cada uma delas: o sangue do Seu Filho Jesus Cristo. E quando esta alma reconhece a grandeza deste sacrifício e se dispõe não só a lutar pela própria Salvação como, também, proporcionar que outras pessoas a alcancem, ela deve estar preparada para as lutas.

O apóstolo Pedro é um exemplo disso. Foi convocado a deixar a pesca para tornar-se um pescador de almas.

Mas, certo dia, o Senhor Jesus lhe alertou sobre algo que havia acontecido no mundo espiritual:

“Simão, Simão, eis que Satanás vos pediu para vos cirandar como trigo; Mas Eu roguei por ti, para que a tua fé não desfaleça; e tu, quando te converteres, confirma teus irmãos” Lucas 22.31,32

Um detalhe chama atenção neste versículo: a forma como o Messias se referiu ao discípulo. Ele, que já havia mudado o seu nome para Pedro (Mateus 16.18), ali o chamou por Simão, seu antigo nome. Deixando claro que o velho homem estava colocando em risco a fé dele.

O diabo havia reclamado a alma de Pedro, ou seja, pedido para “peneirá-lo” (cirandar como trigo). Contudo, o próprio Senhor Jesus intercedeu por ele, pois sabia que ainda não era convertido e, consequentemente, não suportaria tal provação.

Por essa razão, Jesus não só intercedeu como o orientou que quando ele se convertesse, fortaleceria aos irmãos. E é interessante ver o quanto essa Palavra se cumpre, porque não só naquela época – como até hoje – as epístolas escritas por Pedro fortalecem a Igreja de Cristo.

Mais usado, mais provado

Em recente pregação, o Bispo Adilson Silva enfatizou que sempre que o diabo percebe que uma pessoa pode ser um instrumento de Deus para coisas grandes, para salvar outras pessoas, ele vai querer “peneirá-la’, pois sabe que se conseguir derrubá-la, vai atingir a outros.

“Se você é um ganhador de almas, então, a sua alma – como qualquer outra – tem valor, mas você não vale por um só. Logo, para o diabo, derrubar você é como levantar um troféu”, ressaltou.

Por isso, que durante a caminhada na fé cristã, o Bispo esclarece que todo homem e mulher de Deus que é usado por Ele passará por situações difíceis, “peneiras”. E essas situações acontecem com a permissão de Deus. E quanto mais usado pelo Altíssimo a pessoa for, mais difíceis serão as “peneiras” que irá passar.

Naquele momento, explica o Bispo – Pedro não tinha passado pela ‘peneira’, pois Jesus intercedeu por ele. Afinal, ninguém é provado além do que pode suportar (leia 1 Coríntios 10.13) e, por não ter ainda recebido o Espírito Santo, Jesus sabia que ele não suportaria. No entanto, o diabo tentou, pois sabia quem aquele discípulo se tornaria.

No livro de Atos capítulo 2, versículo 41, há o relato que Pedro, já cheio do Espírito Santo, ao pregar em um mesmo dia, quase 3 mil almas foram batizadas, reforçando a razão de o diabo querer peneirá-lo. Porém, Pedro não era mais o mesmo, e agora, quanto mais perseguido, mais se fortalecia na fé e era usado por Deus.

“Se Deus lhe dá coisas grandes e você não está preparado, corre o risco de se ensoberbecer. Essas ‘peneiras’ fazem com que tenhamos a consciência da nossa insignificância, humanidade e pequenez. E quando se sai desses desertos, se sai mais forte”, concluiu o Bispo Adilson.

Jejum  de Daniel

Por isso, a necessidade de ter o Espírito Santo. Antes de realizar uma grande obra por meio da vida de uma pessoa, Ele quer que a mesma seja a Sua obra.

Desde o dia 2 até 23 de agosto, está acontecendo em toda a Universal o propósito especial do “Jejum de Daniel”. É a oportunidade para aqueles que querem entregar-se de corpo, alma e espírito para Deus e serem batizados com o Seu Santo Espírito.

Se você deseja ter este, que é o maior dos privilégios que o ser humano pode possuir, participe dos encontros que acontecem diariamente no Templo de Salomão ou em uma Universal mais próxima de sua casa.


Quer ser usado por Deus?
  • Núbia Onara / Foto: Getty Images 


reportar erro