Rede aleluia
São Paulo
Centro-Oeste
Distrito Federal
Brasília
Goiás
AnápolisGoiânia
Mato Grosso
Cuiabá
Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Nordeste
Alagoas
Maceió
Bahia
Feira de SantanaIlhéusItabunaSalvador
Ceará
Fortaleza
Maranhão
São Luís
Paraíba
João Pessoa
Pernambuco
Recife
Piauí
Teresina
Rio Grande do Norte
Natal
Sergipe
Aracaju
Norte
Acre
Rio Branco
Amapá
Macapá
Amazonas
Manaus
Pará
Belém
Rondônia
Porto Velho
Roraima
Boa Vista
Tocantins
Palmas
Sudeste
Espírito Santo
Vitória
Minas Gerais
Belo HorizonteJuiz de ForaUberlândia
Rio de Janeiro
Angra dos ReisBarra MansaCabo FrioCampos dos GoytacazesMacaéRio de JaneiroVolta Redonda
São Paulo
AraçatubaAraraquaraBauruCampinasCatanduvaFrancaJaúJundiaíLimeiraMaríliaPiracicabaPresidente PrudenteRibeirão PretoSantosSão CarlosSão João da Boa VistaSão José do Rio PretoSão José dos CamposSão PauloSorocabaTaubatéVotuporanga
Sul
Paraná
CascavelCuritibaFoz do IguaçuLondrinaMaringáPonta Grossa
Rio Grande do Sul
PelotasPorto AlegreRio GrandeSanta Maria
Santa Catarina
BlumenauCriciúmaFlorianópolis

Notícias | 8 de dezembro de 2019 - 00:05


O que aprender com Moisés?

Para conquistar uma vida de profunda intimidade com Deus, como o líder do povo de Israel no Egito fez, é preciso tomar importantes decisões. Confira, em dez passos, o que fazer para elevar sua vida espiritual

O livro de Êxodo traz revelações sobre a obediência de Moisés a Deus e, sobretudo, o seu relacionamento com Ele. “E falava o Senhor a Moisés face a face, como qualquer fala com o seu amigo.” (Êxodo 33.11). Esse relacionamento, iniciado no Monte Sinai – lugar de sacrifício – foi estabelecido a partir da disposição que Moisés demonstrou. Nem todos estão dispostos a escutar Deus como Moisés o ouviu, porque não são todos que, sensíveis à Voz do Espírito Santo, se colocam na posição de ouvintes espirituais. No início, Moisés tentou apresentar a Deus suas desculpas, pois não se achava capaz. No entanto precisou se posicionar. E sua história nos mostra que escolha ele fez.

Para termos uma vida de profunda intimidade com Deus, como Moisés teve, e para sermos donos de uma Fé tão arrojada como a que ele apresentou, é preciso escolher se entregar a Deus totalmente. Essa escolha dá trabalho: exige disposição para enfrentar os próprios medos e para sacrificar pelo bem maior, que é a Salvação, todos os dias.

Muitos acreditam que têm uma Fé genuína, mas têm uma fé ingênua. Uma prova disso é que, quando se encontram em um deserto espiritual, ficam perdidos por lá mesmo, pois, na verdade, se encontravam espiritualmente debilitados.

Embora milhares de anos tenham se passado, todos nós precisamos lidar com as dificuldades e vencer inimigos que incluem nossos próprios sentimentos. Todos nós podemos entender, também, que a libertação da escravidão, das dores e do passado está ao alcance de cada um de nós. O Altar é o caminho.

Confira, ao lado, em dez passos as lições sobre a vida de Moisés para que você as siga com o objetivo de elevar sua Fé e sua vida espiritual a um nível de relacionamento de extrema confiança em Deus.


  • Flavia Francellino / Foto: Getty Images 


reportar erro