Rede aleluia
O perigo do ‘novo normal’
São Paulo
Centro-Oeste
Distrito Federal
Brasília
Goiás
AnápolisGoiânia
Mato Grosso
Cuiabá
Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Nordeste
Alagoas
Maceió
Bahia
Feira de SantanaIlhéusItabunaSalvador
Ceará
Fortaleza
Maranhão
São Luís
Paraíba
João Pessoa
Pernambuco
Recife
Piauí
Teresina
Rio Grande do Norte
Natal
Sergipe
Aracaju
Norte
Acre
Rio Branco
Amapá
Macapá
Amazonas
Manaus
Pará
Belém
Rondônia
Porto Velho
Roraima
Boa Vista
Tocantins
Palmas
Sudeste
Espírito Santo
Vitória
Minas Gerais
Belo HorizonteJuiz de ForaUberlândia
Rio de Janeiro
Angra dos ReisBarra MansaCabo FrioCampos dos GoytacazesMacaéRio de JaneiroVolta Redonda
São Paulo
AraçatubaAraraquaraBauruCampinasCatanduvaFrancaJaúJundiaíLimeiraMaríliaPiracicabaPraia GrandePresidente PrudenteRibeirão PretoSantosSão CarlosSão João da Boa VistaSão José do Rio PretoSão José dos CamposSão PauloSorocabaTaubatéVotuporanga
Sul
Paraná
CascavelCuritibaFoz do IguaçuLondrinaMaringáPonta Grossa
Rio Grande do Sul
PelotasPorto AlegreRio GrandeSanta Maria
Santa Catarina
BlumenauCriciúmaFlorianópolis

Notícias | 29 de junho de 2020 - 14:24


O perigo do ‘novo normal’

Você precisa de uma mudança de mentalidade. Confira

O perigo do ‘novo normal’

Há pessoas que sentem suas vidas estagnadas. Já chegou a metade do ano de 2020 e nada aconteceu de extraordinário até agora.

Então, é importante que você compreenda que a mudança completa de vida só acontece para aqueles que são revoltados na fé, a exemplo do personagem bíblico Gideão.

O que é ser um revoltado na fé?

Durante a programação “Inteligência e fé“, do dia 29 de junho, o Bispo Renato Cardoso falou sobre o tema: “Você não pode aceitar essa história que estão falando do ‘novo normal’ ou ‘2020 está perdido, temos que pensar em 2021’. Você não pode se conformar pelos pensamentos externos, do mundo. Nós vivemos pelos pensamentos da fé. É outro conjunto de regras, são as regras do sobrenatural. Você tem que tomar cuidado com o ‘normal’ que o mal quer normalizar na sua vida. Na época de Gideão, o povo se adaptou ao ‘novo normal’ da invasão do midianitas. Morar nas cavernas, que não é algo normal, tornou-se o ‘novo normal’ para aquele povo. Então, se você não tomar cuidado, o mal vem sobre você e impõe uma nova maneira de se viver”.

O Bispo Renato acrescentou que é por este motivo que a pessoa não deve aceitar a situação que os problemas impõem.

Fogueira Santa em toda a Universal

“A Fogueira Santa na fé de Gideão é para as pessoas que estão revoltadas, que não aceitam mais o ‘novo normal’, o ciclo de problemas. Elas não aceitam ver uma coisa na Palavra de Deus e outra em suas vidas. Portanto, é importante que a pessoa se revolte contra os problemas”, concluiu o Bispo.

Se você deseja aprender a como usar esta fé inteligente, participe ainda hoje de um encontro no Templo de Salomão ou em uma Universal mais próxima de sua casa (consulte o endereço aqui).

Confira também, no vídeo abaixo, a história do casal Michelder e Paloma:


O perigo do ‘novo normal’
  • Da Redação / Foto: Getty Images 


reportar erro