Rede aleluia
“Nada a Perder” chega à Geórgia, país da Europa Oriental
São Paulo
Centro-Oeste
Distrito Federal
Brasília
Goiás
AnápolisGoiânia
Mato Grosso
Cuiabá
Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Nordeste
Alagoas
Maceió
Bahia
Feira de SantanaIlhéusItabunaSalvador
Ceará
Fortaleza
Maranhão
São Luís
Paraíba
João Pessoa
Pernambuco
GaranhunsRecife
Piauí
Teresina
Rio Grande do Norte
Natal
Sergipe
Aracaju
Norte
Acre
Rio Branco
Amapá
Macapá
Amazonas
Manaus
Pará
Belém
Rondônia
Porto Velho
Roraima
Boa Vista
Tocantins
Palmas
Sudeste
Espírito Santo
Vitória
Minas Gerais
Belo HorizonteJuiz de ForaUberlândia
Rio de Janeiro
Angra dos ReisBarra MansaCampos dos GoytacazesMacaéRio de JaneiroVolta RedondaCabo Frio
São Paulo
AraçatubaAraraquaraBauruCampinasCaraguatatubaCatanduvaFrancaJaúJundiaíLimeiraMaríliaPiracicabaPraia GrandePresidente PrudenteRibeirão PretoSantosSão CarlosSão José do Rio PretoSão José dos CamposSão PauloSorocabaTaubatéVotuporanga
Sul
Paraná
CascavelCuritibaFoz do IguaçuLondrinaMaringáPonta Grossa
Rio Grande do Sul
PelotasPorto AlegreRio GrandeSanta Maria
Santa Catarina
Baln. CamboriúBlumenauCriciúmaFlorianópolis

Notícias | 12 de Novembro de 2018 - 12:45


“Nada a Perder” chega à Geórgia, país da Europa Oriental

Filme é uma importante ferramenta de evangelização no país. Saiba mais

“Nada a Perder” chega à Geórgia, país da Europa Oriental

Há 1 ano e meio, o trabalho de evangelização da Universal alcançava o país da Europa Oriental, a Geórgia, que faz fronteira com Rússia, Turquia, Armênia a Azerbaijão. Mais de um quarto da população, que já passa dos 3.700 milhões de habitantes, vive na região de Tbilisi, capital e maior cidade, onde está localizada a sede da Igreja no país.
Recentemente, a capital recebeu a estreia do longa-metragem “Nada a Perder”, a cinebiografia do Bispo Edir Macedo. Centenas de convidados compareceram às duas sessões realizadas no cinema local “Dom Kino”.
Para o Pastor Idemilson Oracz, responsável pelo trabalho da Universal na Geórgia, o filme é uma importante ferramenta de evangelização no país. Ele explicou que, por se tratar de um local onde predomina a religião ortodoxa, há uma resistência por parte da população. Mas, com a cinebiografia, as pessoas têm a chance de conhecer e entender a trajetória do Bispo e da Igreja.
“A estreia do filme foi muito positiva. Todos que assistiram ficaram maravilhados e agradecidos pela oportunidade de conhecer a história do Bispo Edir Macedo e da Igreja Universal. Depois da exibição, pudemos perceber uma mudança muito grande nas pessoas e na fé delas dentro da Igreja. O exemplo de vida do Bispo fortaleceu a fé deste povo”, contou.

Evangelização na Geórgia

A Geórgia é um dos 15 países que surgiram após a dissolução da União Soviética, extinta em 1991, e, desde então, tenta se restabelecer, contudo, enfrenta vários problemas sociais e econômicos. “A dor e o sofrimento são vistos em toda parte, em pessoas carentes, viciados, crianças e idosos pelas ruas, famílias destruídas. É por eles que nós estamos aqui, ou seja, para dar a essas pessoas a oportunidade de uma vida nova, que só a verdadeira fé pode trazer”, afirmou o Pastor.
O trabalho da Universal no país já conta com dois núcleos, sendo um primeiro em Tbilisi e o segundo na cidade de Rustavi, a 25 quilômetros da capital. Além das reuniões e das ações de evangelização nas ruas, uma vez ao mês, membros e voluntários de grupos como Força Jovem e Calebe realizam ações sociais como a distribuição de cestas básicas a famílias carentes.

Milhões de espectadores

“Nada a Perder” alcançou milhões de espectadores, em mais de 90 países, e já foi traduzido para mais de 20 idiomas. Só no Brasil, a bilheteria nos cinemas foi de 12 milhões de ingressos vendidos, um recorde nacional.
Saiba mais notícias sobre o filme e o trabalho que a Universal realiza pelo País e em todas as partes do mundo. Não deixe de participar das reuniões. Encontre o endereço de uma Igreja mais próxima da sua casa.
Gostou desta matéria? Então, compartilhe nas redes sociais com seus familiares e amigos.


“Nada a Perder” chega à Geórgia, país da Europa Oriental
  • Michele Roza / Fotos: Cedidas 


reportar erro