Rede aleluia

Notícias | 16 de julho de 2019 - 13:57


Jovem influenciadora comete suicídio após término de relacionamento

Saiba como não se deixar dominar pelos sentimentos ruins

A influenciadora digital Alinne Araújo, de 24 anos, cometeu suicídio nesta segunda-feira (15) após seu noivo desistir do casamento. O noivo, Orlando Costa, de 30 anos, avisou por mensagem de Whatsapp que não se casaria mais com a jovem, com menos de 24 horas para a cerimônia acontecer.

“Ele a avisou às 20h do sábado que não se casaria mais com ela, sendo que a festa era às 16h de domingo. E pior, ainda comunicou pelo WhatsApp porque não teve coragem de falar pessoalmente. Ele disse para ela que estava desistindo por pressão da família dele, que não gostava dela”, contou a tia da jovem, Saionara Araújo, ao site “O Dia”.

Ela ainda tentou manter uma atitude positiva e seguiu com a cerimônia, afirmando se casar consigo mesma. Mas na segunda-feira, quando estava em seu apartamento, no Rio de Janeiro, se jogou da janela do nono andar. “A empregada até tentou puxar ela de volta para salvá-la, mas não conseguiu”, disse Saionara. A blogueira também enfrentava um quadro de depressão.

Emoção X Fé

Infelizmente, a jovem usou da pior maneira para lidar com a situação: as emoções. Claro que a atitude de Orlando é totalmente reprovável, mas o momento poderia ser enfrentado de outra forma e ter outro desfecho.

A maioria das pessoas comete o mesmo erro na vida amorosa. Age de acordo com o que sente e, por isso, tem dificuldade de resolver os problemas no relacionamento. Continua num namoro, quando deveria terminar; sofre por alguém que não se importa com ela, etc. Enfim, a lista é interminável.

Durante A Escola do Amor Responde, a apresentadora Cristiane Cardoso ensinou o primeiro passo para vencer uma situação assim. “Um dos segredos para não ficar refém dos sentimentos é parar de alimentá-los. Por exemplo, não olhar as redes sociais da pessoa, não ouvir músicas tristes, não relembrar o passado, etc. Quando faz isso é como se você se automutilasse”, afirmou.

Por outro lado, quando a fé é alimentada, a pessoa tem a direção de Deus para saber como agir.

alinne araújo“Se você está amarrado por um sentimento, enquanto não se livrar dele continuará tendo problemas. Você deve aprender a separar suas emoções da razão e viver na fé. Só assim conseguirá projetar o futuro, independentemente da voz do coração”, explicou o Bispo Edir Macedo no programa.

Amor próprio

Outra orientação dada por Cristiane no livro “Casamento Blindado, é que não é saudável colocar o relacionamento ou o parceiro acima de si mesma. “Ele não tem a menor chance de ser o ‘seu sol’, pois tem falhas, nem sempre poderá lhe iluminar ou suprir tudo que precisa. Por isso, não é sábio colocá-lo nessa posição”, adverte.

Ela recomenda que a mulher foque em si, no autoconhecimento e em se valorizar para, então, poder ser feliz e fazer o parceiro feliz. “Não deixe de investir em si e florescer. Pense em como agir para se comportar de maneira mais equilibrada. Também veja que talentos e atividades saudáveis poderia desenvolver para tirar o foco excessivo sobre o parceiro”, sugere.

Para saber mais a respeito de assuntos sobre a vida a dois, participe das palestras da Terapia do Amor, que acontecem todas as quintas-feiras, no Templo de Salomão, Às 10h, 15h e 20h. O endereço é Avenida Celso Garcia, 605, Brás, zona leste de São Paulo. Ou encontre aqui o endereço do local onde, também, acontece essa mesma palestra.

O que ou quem está em primeiro lugar na sua vida?

Durante o programa Inteligência e Fé desta terça-feira (17), o Bispo Renato Cardoso lamentou a morte de Alinne e ressaltou que ela foi vítima de um problema que afeta quase todos os depressivos: não ter Deus em primeiro lugar na vida.

Muitas pessoas têm em primeiro lugar o relacionamento, o emprego, os filhos ou o dinheiro, por exemplo. Quando perde aquele objeto de amor, a pessoa se sente sem chão. É como se sua vida saísse de dentro de seu peito.

“Ninguém nem nada tem a capacidade de ocupar o primeiro lugar na vida de uma pessoa e não decepcioná-la, a não ser Deus”, afirmou o Bispo. “Se você tem algo em primeiro lugar, a perda daquilo vai lhe destruir. Mas se você tem Deus em primeiro lugar quem vai destruir Deus? Quem vai tocar em Deus? Por acaso Deus pode lhe trair? Por acaso Deus irá lhe decepcionar em algum momento? Não. Ele é o único que nunca, jamais, vai deixar a desejar em sua vida. Por isso, Ele é o único capaz de ocupar esse primeiro lugar em sua vida”.

Assista à íntegra do programa “Inteligência e Fé” no vídeo abaixo:

 


  • Rafaella Rizzo / Fotos: Getty Images - Reprodução 


reportar erro