Rede aleluia
São Paulo
Centro-Oeste
Distrito Federal
Brasília
Goiás
AnápolisGoiânia
Mato Grosso
Cuiabá
Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Nordeste
Alagoas
Maceió
Bahia
Feira de SantanaIlhéusItabunaSalvador
Ceará
Fortaleza
Maranhão
São Luís
Paraíba
João Pessoa
Pernambuco
Recife
Piauí
Teresina
Rio Grande do Norte
Natal
Sergipe
Aracaju
Norte
Acre
Rio Branco
Amapá
Macapá
Amazonas
Manaus
Pará
Belém
Rondônia
Porto Velho
Roraima
Boa Vista
Tocantins
Palmas
Sudeste
Espírito Santo
Vitória
Minas Gerais
Belo HorizonteJuiz de ForaUberlândia
Rio de Janeiro
Angra dos ReisBarra MansaCabo FrioCampos dos GoytacazesMacaéRio de JaneiroVolta Redonda
São Paulo
AraçatubaAraraquaraBauruCampinasCatanduvaFrancaJaúJundiaíLimeiraMaríliaPiracicabaPresidente PrudenteRibeirão PretoSantosSão CarlosSão João da Boa VistaSão José do Rio PretoSão José dos CamposSão PauloSorocabaTaubatéVotuporanga
Sul
Paraná
CascavelCuritibaFoz do IguaçuLondrinaMaringáPonta Grossa
Rio Grande do Sul
PelotasPorto AlegreRio GrandeSanta Maria
Santa Catarina
BlumenauCriciúmaFlorianópolis

Notícias | 11 de setembro de 2019 - 18:37


Deputado Marcos Pereira cria proposta que facilita o casamento civil

Projeto de Lei elimina despesas cartoriais. Veja mais

Casar não costuma ser uma tarefa fácil. A começar pelos valores a se gastar com a oficialização. O preço muda de estado para estado e também altera de acordo com outros detalhes. Por exemplo, se o casamento será feito ou não no cartório, se o juiz tiver de se locomover para uma área rural, etc.

Os custos acabam sendo bem altos o dificulta e, muitas vezes até impede, que casais oficializem a união. Preferem, muitas vezes, simplesmente morar juntos.

marcos pereiraPor isso é que o deputado federal, Marcos Pereira (Republicanos-SP) apresentou um Projeto de Lei que elimina despesas cartoriais dos procedimentos necessários à habilitação do casamento.

De acordo com Pereira, isso facilitaria a realização de uniões civis, evitaria burocracia e custos extras. Além de garantir a proteção da família, impedindo que dificuldades de ordem financeira inviabilizem a celebração do casamento civil.

“Os gastos vão desde obtenção de certidões previstas até pactos antenupciais. Esses valores não são acobertados pelo manto da gratuidade estabelecida legalmente e causam dificuldades para os noivos declaradamente pobres ou não”, argumenta.

Próximos passos

O Altíssimo valoriza o casamento. Diversos versículos na Bíblia mostram isso:

“E serão os dois uma só carne; e assim já não serão dois, mas uma só carne. Portanto, o que Deus ajuntou não o separe o homem.”

Marcos 10:8,9

Por isso, diferente do que se imagina, o foco do casal não deve ser numa festa. Mais importante do que isso, deve ser ter a benção de Deus para que o relacionamento seja duradouro. Se não, todo dinheiro investido corre o risco de ser jogado fora.

Se você é membro da Universal e quer saber como oficializar a união e agradar a Deus, acesse este link e veja o passo a passo.

Nas palestras da Terapia do Amor você aprende o amor inteligente e descobre como conduzir sua vida amorosa ao sucesso. Ela acontece todas as quintas-feiras, às 10h, 15h e 20h no Templo de Salomão. Ele fica na Avenida Celso Garcia, 605, Brás.

Neste dia 12/09, às 20h, a palestra contará com a presença especial do Bispo Edir Macedo. Não perca!

Para ver o endereço de outras igrejas, acesse este link.


  • Rafaella Rizzo / Fotos: Getty Images - Divulgação 


reportar erro