Rede aleluia

Notícias | 9 de outubro de 2018 - 09:10


Campanha da Justiça: saiba como apresentar a sua causa para Deus

“E, ouvindo que era Jesus de Nazaré, começou a clamar, e a dizer: Jesus, filho de Davi, tem misericórdia de mim.” Marcos 10.47
Por meio do versículo acima, podemos compreender o motivo de o Senhor Jesus ter curado o cego Bartimeu.
Cristo sabia quais eram os problemas de todas as pessoas que estavam ao Seu redor, porque, como Deus, Ele é onisciente.
Mas, nessa passagem bíblica, vemos claramente que Ele não fez milagres para todos, apenas para esse homem, que vivia em Jericó.
Como esclareceu o Bispo Renato Cardoso, durante a programação “Fala que eu te escuto”, Deus age apenas na vida das pessoas que revelam a fé.
“Talvez, você esteja cometendo o erro de ficar se lamentando, com pena de si mesmo, orando com emoção – querendo sensibilizar a Deus. Pare com isso, porque não funciona. O que toca no coração de Deus é a fé mostrada, manifestada, exteriorizada. Você ora com fé, vai à igreja, apresenta para Deus um sacrifício, perdoa quem te feriu e obedece a Palavra de Deus. Isso chama atenção de Deus. Essa é a ferramenta de justiça que Ele nos deu: a nossa fé”, apontou o Bispo.
Portanto, os benefícios de Deus são para todos, mas a maioria das pessoas não manifesta a fé prática e inteligente.
A vida do casal Cosme e Roseli  é um exemplo de como esse processo acontece. Ele cometeu uma grande injustiça com ela: a traiu com a melhor amiga dela. Mas Deus fez justiça nesse relacionamento. Assista ao vídeo abaixo e saiba mais:

Campanha da Justiça
Se você deseja, assim como fez Luciana, apresentar a sua petição diante do Justo Juiz, que é Deus, participe da “Campanha da Justiça”, que está ocorrendo em toda a Universal.
No dia 14 de outubro, todos os que desejam manifestar a fé em favor de uma causa estarão diante do Tribunal do Altíssimo.
Para saber como participar, compareça – ainda hoje – em um dos encontros que acontecem no Templo de Salomão ou em uma Universal mais próxima de sua casa. Não perca essa oportunidade.


  • Daniel Cruz / Foto: Reprodução 



reportar erro