Rede aleluia
Brasil recebe 500 mil testes de detecção de COVID-19
São Paulo
Centro-Oeste
Distrito Federal
Brasília
Goiás
AnápolisGoiânia
Mato Grosso
Cuiabá
Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Nordeste
Alagoas
Maceió
Bahia
Feira de SantanaIlhéusItabunaSalvador
Ceará
Fortaleza
Maranhão
São Luís
Paraíba
João Pessoa
Pernambuco
Recife
Piauí
Teresina
Rio Grande do Norte
Natal
Sergipe
Aracaju
Norte
Acre
Rio Branco
Amapá
Macapá
Amazonas
Manaus
Pará
Belém
Rondônia
Porto Velho
Roraima
Boa Vista
Tocantins
Palmas
Sudeste
Espírito Santo
Vitória
Minas Gerais
Belo HorizonteJuiz de ForaUberlândia
Rio de Janeiro
Angra dos ReisBarra MansaCabo FrioCampos dos GoytacazesMacaéRio de JaneiroVolta Redonda
São Paulo
AraçatubaAraraquaraBauruCampinasCatanduvaFrancaJaúJundiaíLimeiraMaríliaPiracicabaPraia GrandePresidente PrudenteRibeirão PretoSantosSão CarlosSão João da Boa VistaSão José do Rio PretoSão José dos CamposSão PauloSorocabaTaubatéVotuporanga
Sul
Paraná
CascavelCuritibaFoz do IguaçuLondrinaMaringáPonta Grossa
Rio Grande do Sul
PelotasPorto AlegreRio GrandeSanta Maria
Santa Catarina
BlumenauCriciúmaFlorianópolis

Notícias | 24 de abril de 2020 - 21:40


Brasil recebe 500 mil testes de detecção de COVID-19

Outros 10 milhões devem chegar nas próximas semanas

Brasil recebe 500 mil testes de detecção de COVID-19

Os primeiros 500 mil testes para diagnóstico da COVID-19 comprados pelo Governo Federal via Organização Pan-Americana da Saúde (Opas) já chegaram ao Brasil. Os testes foram recebidos no último dia 22 e devem ser distribuídos aos estados ainda nesta semana.

No total, foram comprados 10 milhões de testes do tipo RT-PCR via OPAS. Este é o tipo mais preciso de prova e reconhece o vírus enquanto ele ainda está ativo.

O ministro da Saúde Nelson Teich disse que é “preciso que sejamos rápidos o bastante para fazer o diagnóstico e tomar uma atitude”. Daí a importância desse tipo de teste.

O restante da encomenda chegará nos próximos meses, sendo 500 mil por semana.

Além desses testes, o Brasil encomendou outros 14,2 milhões de testes RT-PCR e 22 milhões de testes rápidos.

Até o momento, o Governo já distribuiu 2,5 milhões de testes aos estados.

Para a estudo dos RT-PCR, que exigem laboratório, o Ministério da Saúde contratou a empresa especializada DASA, que realizará 3 milhões de análises – sendo 30 mil por dia.

O Governo Federal anunciou, também essa semana, a compra de mais três mil respiradores. Clique aqui e saiba mais a respeito.


Brasil recebe 500 mil testes de detecção de COVID-19
  • Andre Batista / Foto: Getty Images 


reportar erro