Cristão pode ouvir música secular?

A Bíblia deixa um conselho valioso a todos que têm dúvidas sobre poder ou não praticar alguma atividade. Saiba mais


Por Andre Batista / Imagem: Fotolia

O Jejum de Daniel é um período de abstinência das coisas seculares, proporcionando mais tempo para a reflexão sobre como se aproximar de Deus. Ao se encerrar o período de 21 dias, porém, muitas pessoas voltam a dar atenção a filmes, redes sociais, telenovelas e todo aquele conteúdo do qual se privaram durante as três semanas.

Uma pergunta que sempre surge é: um cristão pode ouvir músicas seculares? A sociedade brasileira é extremamente musicada, graças à sua herança africana e portuguesa. Em praticamente todos os lugares há uma canção tocando e raramente essa canção é gospel.

A Bíblia deixa um conselho valioso a todos que têm dúvidas sobre poder ou não praticar alguma atividade:

“Todas as coisas me são lícitas, mas nem todas as coisas convêm; todas as coisas me são lícitas, mas nem todas as coisas edificam”. – 1 Coríntios 10:23

Assim deve ser pensada a música. Ela não precisa ser gospel para ser boa, o que confere qualidade à canção é a mensagem que ela está transmitindo. Existem obras musicais com letras edificantes e outras que não acrescentam em nada na vida de um cristão (ou, ao contrário, trazem conteúdos prejudiciais).

Ou seja: a música é como qualquer outra arte: apenas uma ferramenta. Da mesma maneira que uma telenovela pode levar boas mensagens a alguém, como é o caso de Jesus, da Record TV, outras podem propagar o ódio ou mensagens maléficas. Cabe ao consumidor escolher o que vai carregar para dentro de si: o bom ou o mau conteúdo.

Escolher bem a música é o suficiente?

Um equívoco que acontece frequentemente, inclusive dentro das igrejas, é a entrega total a uma música. Algumas pessoas se esquecem de que aquele conteúdo é apenas uma ferramenta de louvor e se deixam guiar pelas emoções. É isso o que explica o Bispo Edir Macedo, em seu blog:

“Normalmente, ao buscar o Espírito de Deus, o emotivo se rende às emoções da música sacra e se deixa levar por ela. Não pensa, apenas sente. Se cai em prantos, acha que é o Espírito Santo, apenas porque sente fortes emoções. Quer dizer, o emotivo se encanta e se entrega às emoções do ambiente emocional. Por isso muita gente tem sido enganada pelo próprio coração aliado ao espírito do engano”.

Conforme o próprio Bispo Macedo explica em seu livro “Reis de Israel”, “é preciso extremo cuidado com a ilusão musical. Especialmente quando a música passa a ser o fim e não ferramenta. A Bíblia está repleta de exemplos de louvores acompanhados com a melodia. Mas não se pode deixar enganar por seus apelos emotivos que tanto encantam como debilitam a ação da fé inteligente. A música mistura mensagem com emoção. Se nos deixamos levar pela emoção, esquecendo a mensagem, o diabo aproveita para tirar vantagens”.

Gostou da matéria? Compartilhe com os amigos nas redes sociais.

ler mais
Notícias relacionadas
Reportar erro

comentários

Comunicar erro

Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Cristão pode ouvir música secular?

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente


Fake news

Você sabe de alguma notícia falsa que tem circulado na internet sobre a igreja Universal? Relate aqui o caso que iremos trazer toda a verdade no site Mitos e Verdades

Formulário de Denúncia

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente


Expediente

Editora Executiva:

Cinthia Meibach

Coordenadora de Conteúdo:

Ivonete Soares

Repórteres:

Andre Batista, Daniel Cruz, Débora Picelli, Jeane Vidal, Michele Roza, Rafaella Rizzo, Sabrina Marques, Rafaela Dias



E-mail para Contato: redacao@sp.universal.org.br

Telefone:(11) 2392-3372

Endereço Rua João Boemer, 254 - Brás, São Paulo

Cep: 03018-000

Free WordPress Themes, Free Android Games