Rede aleluia
Pensamento #30 — Ele odeia perder
São Paulo
Centro-Oeste
Distrito Federal
Brasília
Goiás
AnápolisGoiânia
Mato Grosso
Cuiabá
Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Nordeste
Alagoas
Maceió
Bahia
Feira de SantanaIlhéusItabunaSalvador
Ceará
Fortaleza
Maranhão
São Luís
Paraíba
João Pessoa
Pernambuco
Recife
Piauí
Teresina
Rio Grande do Norte
Natal
Sergipe
Aracaju
Norte
Acre
Rio Branco
Amapá
Macapá
Amazonas
Manaus
Pará
Belém
Rondônia
Porto Velho
Roraima
Boa Vista
Tocantins
Palmas
Sudeste
Espírito Santo
Vitória
Minas Gerais
Belo HorizonteJuiz de ForaUberlândia
Rio de Janeiro
Angra dos ReisBarra MansaCabo FrioCampos dos GoytacazesMacaéRio de JaneiroVolta Redonda
São Paulo
AraçatubaAraraquaraBauruCampinasCatanduvaFrancaJaúJundiaíLimeiraMaríliaPiracicabaPraia GrandePresidente PrudenteRibeirão PretoSantosSão CarlosSão João da Boa VistaSão José do Rio PretoSão José dos CamposSão PauloSorocabaTaubatéVotuporanga
Sul
Paraná
CascavelCuritibaFoz do IguaçuLondrinaMaringáPonta Grossa
Rio Grande do Sul
PelotasPorto AlegreRio GrandeSanta Maria
Santa Catarina
BlumenauCriciúmaFlorianópolis

Renato Cardoso | 9 de julho de 2014 - 00:01


Pensamento #30 — Ele odeia perder

Pensamento #30 — Ele odeia perder

Parte da série “40 Pensamentos de Jesus”. Veja todos os anteriores aqui, mas primeiro saiba como funciona o propósito aqui.

Recolhei os pedaços que sobraram, para que nada se perca. João 6.12

Jesus havia acabado de multiplicar cinco pães e dois peixinhos para alimentar uma multidão de mais de dez mil pessoas. Quando todos se fartaram, o que Ele fez? Mandou recolher o que sobrou para que nada se perdesse. Aquele que tem o poder de gerar qualquer quantidade de suprimento, cujo celeiro é a infinidade dos céus, Se preocupou em não desperdiçar algumas sobras.
Jesus não quer que nada se perca. Ele odeia perder. Não quer perder Seus escolhidos (João 17.12). Não aceita perder uma ovelha no meio de cem (Lucas 15.4). Não aceita que nem um fio de cabelo da nossa cabeça seja perdido para os que nos odeiam e nos perseguem (Lucas 21.18). Dá uma festa quando alguém que estava perdido é salvo (Lucas 15.32). Manda recolher sobras de pães e peixes para que nada se perca.
Deus odeia perder. Quem é de Deus também tem esse caráter.
Infelizmente, perder já se tornou o hábito de muitas pessoas. Elas aceitam derrota com a maior naturalidade. Justificam suas perdas como algo normal. Na maioria das empresas há um orçamento só para admitir perdas. Mas se você absorver esse Pensamento de Jesus, você passará a odiar perdas.
Perder seu tempo com bobagens. Perder o tempo dos outros chegando atrasado em seus compromissos. Perder dinheiro com maus hábitos de consumo — seja deixar uma luz acesa sem necessidade, comprar algo só porque está em promoção, gastar com o que não é pão etc.
A única perda que Deus nos aconselha sofrer é a que nos trará maiores ganhos: “Quem perder a vida por minha causa, esse a salvará.” (Lucas 9.24)
Aplicação: Odeie perdas e desperdícios. Treine-se a não aceitar derrota nem mal uso dos seus bens e recursos — e a respeitar os dos outros.
Perder ou ganhar são hábitos. Qual deles você tem? (Não qual deseja ter, mas o que realmente pratica?) Você se acostumou a justificar suas perdas e derrotas? Quão econômico, eficiente é você com seus recursos e os dos outros? Qual a diferença entre ser econômico e ser pão-duro? Deixe seus comentários.
 
 
Veja também:

Cadastre-se nesse blog e seja avisado de novos posts…
 
unknown.png Curta nossa página no Facebook. 0% de besteira garantido — ou o seu click de volta.
 


reportar erro