Rede aleluia
Pensamento #19 — Você viu o Super Homem de minissaia?
São Paulo
Centro-Oeste
Distrito Federal
Brasília
Goiás
AnápolisGoiânia
Mato Grosso
Cuiabá
Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Nordeste
Alagoas
Maceió
Bahia
Feira de SantanaIlhéusItabunaSalvador
Ceará
Fortaleza
Maranhão
São Luís
Paraíba
João Pessoa
Pernambuco
Recife
Piauí
Teresina
Rio Grande do Norte
Natal
Sergipe
Aracaju
Norte
Acre
Rio Branco
Amapá
Macapá
Amazonas
Manaus
Pará
Belém
Rondônia
Porto Velho
Roraima
Boa Vista
Tocantins
Palmas
Sudeste
Espírito Santo
Vitória
Minas Gerais
Belo HorizonteJuiz de ForaUberlândia
Rio de Janeiro
Angra dos ReisBarra MansaCampos dos GoytacazesMacaéRio de JaneiroVolta RedondaCabo Frio
São Paulo
AraçatubaAraraquaraBauruCampinasCatanduvaFrancaJaúJundiaíLimeiraMaríliaPiracicabaPraia GrandePresidente PrudenteRibeirão PretoSantosSão CarlosSão João da Boa VistaSão José do Rio PretoSão José dos CamposSão PauloSorocabaTaubatéVotuporanga
Sul
Paraná
CascavelCuritibaFoz do IguaçuLondrinaMaringáPonta Grossa
Rio Grande do Sul
PelotasPorto AlegreRio GrandeSanta Maria
Santa Catarina
BlumenauCriciúmaFlorianópolis

Renato Cardoso | 28 de Junho de 2014 - 00:01


Pensamento #19 — Você viu o Super Homem de minissaia?

Pensamento #19 — Você viu o Super Homem de minissaia?

Parte da série “40 Pensamentos de Jesus” — comece a ler desde o #1 aqui…

…os que ouvem a palavra, mas os cuidados do mundo, a fascinação da riqueza e as demais ambições, concorrendo, sufocam a palavra, ficando ela infrutífera. Marcos 4.18,19

Uma das coisas que sempre me intrigaram: pessoas inteligentíssimas para algumas coisas, mas que não conseguem entender as palavras de Deus. Elas entendem trigonometria e álgebra. Programam computadores. Tocam um instrumento só de ouvido. Conversam com as plantas (e algumas juram que também as ouvem). Aprendem outros idiomas. Mas o que Deus fala passa batido por elas.
Jesus apresenta aqui a razão. Enquanto dedicamos nossa atenção para umas coisas, deixamos passar outras. Faça um teste. Imagine uma rua bem movimentada de pedestres. Você senta em algum lugar de onde pode ver as pessoas passando de um lado para outro, mas decide contar quantas passam vestindo alguma roupa branca. A moça de camiseta branca, uma. A senhora de xale branco, duas. O rapaz de tênis branco, três… Enquanto atenta para todos os que vestem algo de branco, você fica cego a todas as outras cores e até à fisionomia das pessoas. Naquele momento, se o Super Homem passasse ali na sua frente de minissaia vermelha e rebolando você não iria notá-lo. Sério.
É assim que acontece com as palavras de Deus. Elas trazem poder, direção, paz, força… solução para todos os nossos anseios. Mas enquanto atentamos para qual celebridade trocou de namorado, qual foi o placar daquele jogo, ou como podemos ficar mais ricos, mais bonitos e mais jovens, não prestaremos atenção ao que Deus está nos dizendo.
Por exemplo: você notou a palavra “concorrendo” no Pensamento de Jesus acima? Pare para pensar no que ela expressa. Há muitas coisas que concorrem com as palavras de Deus por nossa atenção. Centenas. Milhares. Cabe a nós escolhermos a quê vamos atentar.
Aplicação: Veja se as suas preocupações tem sido dominadas pela ânsia de manter o que tem, de ganhar mais, de sentir isso ou aquilo através de coisas materiais ou experiências. Substitua-as por tempo para entender e praticar as palavras de Deus.
Você percebeu a palavra “concorrendo” antes ou só depois de eu mencioná-la? Há alguma ansiedade em você nesse momento que lhe faz deixar as coisas de Deus para depois? Como você pode fazer com que as palavras de Deus vençam a concorrência por sua atenção? Deixe seu comentário.
 
 
Veja também:

Cadastre-se nesse blog e seja avisado de novos posts…
 
unknown.png Curta nossa página no Facebook. 0% de besteira garantido — ou o seu click de volta.
 
 


reportar erro