Rede aleluia
João 5: Filho de quem?
São Paulo
Centro-Oeste
Distrito Federal
Brasília
Goiás
AnápolisGoiânia
Mato Grosso
Cuiabá
Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Nordeste
Alagoas
Maceió
Bahia
Feira de SantanaIlhéusItabunaSalvador
Ceará
Fortaleza
Maranhão
São Luís
Paraíba
João Pessoa
Pernambuco
Recife
Piauí
Teresina
Rio Grande do Norte
Natal
Sergipe
Aracaju
Norte
Acre
Rio Branco
Amapá
Macapá
Amazonas
Manaus
Pará
Belém
Rondônia
Porto Velho
Roraima
Boa Vista
Tocantins
Palmas
Sudeste
Espírito Santo
Vitória
Minas Gerais
Belo HorizonteJuiz de ForaUberlândia
Rio de Janeiro
Angra dos ReisBarra MansaCabo FrioCampos dos GoytacazesMacaéRio de JaneiroVolta Redonda
São Paulo
AraçatubaAraraquaraBauruCampinasCatanduvaFrancaJaúJundiaíLimeiraMaríliaPiracicabaPraia GrandePresidente PrudenteRibeirão PretoSantosSão CarlosSão João da Boa VistaSão José do Rio PretoSão José dos CamposSão PauloSorocabaTaubatéVotuporanga
Sul
Paraná
CascavelCuritibaFoz do IguaçuLondrinaMaringáPonta Grossa
Rio Grande do Sul
PelotasPorto AlegreRio GrandeSanta Maria
Santa Catarina
BlumenauCriciúmaFlorianópolis

Renato Cardoso | 27 de setembro de 2013 - 06:12


João 5: Filho de quem?

João 5: Filho de quem?

Saiba como fazer o Propósito de João
 

Aqui Jesus já começa a criar encrenca com os líderes religiosos por ter curado um homem no sábado. Não porque Ele estava fazendo algo errado, mas porque os religiosos viviam totalmente fora do entendimento de Deus. E por isso, não entendiam Jesus nem o que Ele fazia.

Neste capítulo Jesus tenta explicar Seu relacionamento com o Pai:

Ele afirmava que Deus era o Seu próprio Pai,
fazendo-Se assim igual a Deus. João 5.18

Este era um conceito estranho para os religiosos judeus. Até aqui, o único que havia se igualado a Deus era o próprio Lúcifer. “Subirei acima das mais altas nuvens e serei semelhante ao Altíssimo.” (Isaías 14.14) Lúcifer, porém, o fez por orgulho, sem nenhum direito para tal. Já o Senhor Jesus, falava a pura verdade — Ele realmente era igual ao Pai, a ponto de representá-lO fielmente.
Há quem se diga filho de Deus mas o faz por orgulho, tradição ou ignorância. E há os que verdadeiramente o são porque, como Jesus, agem como o Pai. “Tudo o que o Pai faz o Filho faz também.” (João 5.19)
O que os judeus também não sabiam é que além de Jesus ser o Filho de Deus, Ele veio dar esse mesmo direito e poder para os que creem nEle — de se tornarem filhos de Deus também. (João 1.12)
Pare para pensar nisso um momento. Ter o próprio Deus como seu Pai. Que implicações isso teria para:

  • sua vida?
  • seu senso de valor próprio?
  • suas necessidades econômicas?
  • sua saúde (veja o que Ele fez por aquele homem paralítico há 38 anos, que nem era filho)?
  • sua conduta? (Tudo o que o Pai faz, o Filho faz também.)
  • seu caráter?
  • seus direitos?
  • sua autoridade?

Somente um animal irracional, uma besta, não apreciaria o direito de se tornar filho de Deus. E é exatamente assim que muitas pessoas são, abestalhadas pela religião, emburrecidas por seus próprios argumentos furados.
Já os humildes de coração, os sinceros, conseguem apreciar isso e crer. E por isso recebem esse poder.
Se você crer, você pode se tornar filho de Deus agora, aí onde está.
E se você for filho d’Ele, você agirá como Ele. E terá tudo d’Ele.
Ó Pai, meu Pai, eu Te amo pelo privilégio de ser Teu filho, igual a Ti, um raiozinho da Tua luz aqui nessa Terra! Obrigado, Pai! Meu Pai! Kkkkkk…
 
21_dias_desafio_de_joao
 
 
O Propósito de João virou livro!
Agora você pode levar as 21 lições práticas com você e viver essa transformadora viagem no tempo em qualquer lugar.
Se você foi ajudado através do Desafio, beneficie também um amigo, presenteando-o com um exemplar.
Disponível para compra no Arca Center. Clique aqui.
 
 
 
Ver também:

Cadastre-se nesse blog e seja avisado de novos posts…
 
 
 


reportar erro