Rede aleluia
João 15: Sob a luz da lua cheia
São Paulo
Centro-Oeste
Distrito Federal
Brasília
Goiás
AnápolisGoiânia
Mato Grosso
Cuiabá
Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Nordeste
Alagoas
Maceió
Bahia
Feira de SantanaIlhéusItabunaSalvador
Ceará
Fortaleza
Maranhão
São Luís
Paraíba
João Pessoa
Pernambuco
Recife
Piauí
Teresina
Rio Grande do Norte
Natal
Sergipe
Aracaju
Norte
Acre
Rio Branco
Amapá
Macapá
Amazonas
Manaus
Pará
Belém
Rondônia
Porto Velho
Roraima
Boa Vista
Tocantins
Palmas
Sudeste
Espírito Santo
Vitória
Minas Gerais
Belo HorizonteJuiz de ForaUberlândia
Rio de Janeiro
Angra dos ReisBarra MansaCabo FrioCampos dos GoytacazesMacaéRio de JaneiroVolta Redonda
São Paulo
AraçatubaAraraquaraBauruCampinasCatanduvaFrancaJaúJundiaíLimeiraMaríliaPiracicabaPraia GrandePresidente PrudenteRibeirão PretoSantosSão CarlosSão João da Boa VistaSão José do Rio PretoSão José dos CamposSão PauloSorocabaTaubatéVotuporanga
Sul
Paraná
CascavelCuritibaFoz do IguaçuLondrinaMaringáPonta Grossa
Rio Grande do Sul
PelotasPorto AlegreRio GrandeSanta Maria
Santa Catarina
BlumenauCriciúmaFlorianópolis

Renato Cardoso | 7 de outubro de 2013 - 06:25


João 15: Sob a luz da lua cheia

João 15: Sob a luz da lua cheia

Entenda o Propósito de João, como fazê-lo, e acesse todos os comentários aqui.
 

No final do último capítulo Jesus termina dizendo aos discípulos, “Levantem, vamos sair daqui!” Eles deixam o lugar onde jantaram a ceia e partem em direção ao Jardim do Getsêmani, no Monte das Oliveiras. Aproxima-se da meia-noite, a lua está cheia (a Páscoa judaica é sempre celebrada em período de lua cheia), e Jesus aqui continua dando Suas últimas orientações e consolo aos discípulos. Essas palavras foram ditas à caminho do Jardim ou quando já estavam lá.

Ao ler este capítulo, eu me transportei para esta cena e me vi ali entre os onze, ouvindo e digerindo cada palavra do Senhor Jesus, ao passo que caminhávamos juntos até nos assentarmos entre as oliveiras do Getsêmani. Essa experiência lhe traz um entendimento muito maior e mais forte do que quando você simplesmente lê o texto impresso ou na tela de um dispositivo digital no século 21. Você deveria experimentar.
Aproveitando o cenário do jardim, Jesus compara o nosso relacionamento com Ele com o de uma videira e seus ramos. Enquanto estamos “juntos e misturados” com Ele, Ele está conosco, nós damos muito fruto, Ele nos limpa com Sua palavra para darmos mais fruto, recebemos tudo o que pedimos, e mostramos com nossas obras e caráter que somos Seus discípulos.
Estar fora d’Ele, longe de um relacionamento com Ele, é o contrário de tudo isso: estamos sós, não damos frutos, não recebemos Suas palavras de orientação (ficamos perdidos), não recebemos o que pedimos, todos veem que não há nada de Deus em nós, e nosso final é sermos lançados no fogo, como um galho seco cuja única utilidade é ser queimado. O fogo aqui, é provavelmente uma alusão ao destino dos que escolheram viver separados de Jesus: o inferno.
Quanto aos que escolheram viver com Ele, Jesus reforça o tipo de amor que tem por eles: “Assim como o meu Pai Me ama, Eu amo vocês.” João 15.9
Eu lhe digo: esse não é um amor qualquer!
O amor que o Pai tem por Jesus é inexprimível de tão grande e profundo. É um amor que Os iguala. A Bíblia diz que o Pai entregou tudo ao Filho, deu-Lhe um nome acima de todos os nomes, autoridade total na terra… E Jesus vem e diz, “como o meu Pai Me ama, Eu amo vocês”. Deus nos ama como ama a Jesus. Isso é demais!
Indo de um extremo ao outro, Ele fala também de um ódio que sofreríamos: o ódio do mundo, que não O conhece. Seguir Jesus não lhe ganhará aplausos das pessoas. Começando por amigos e familiares, muitos lhe criticarão e se tornarão até inimigos. E é em vão tentar convencê-los do contrário. O Pai ainda não foi revelado a eles. Não entendem a Sua mensagem.
A marca dos verdadeiros discípulos do Senhor Jesus é o ódio que o mundo tem deles. Como Ele disse, isso é para que se cumpra o que está escrito: “Eles me odiaram sem motivo.” (Salmo 69.4)
Que bom que temos o inexplicável amor do Pai, do Filho e do Espírito Santo para compensar!
21_dias_desafio_de_joao
 
 
O Propósito de João virou livro!
Agora você pode levar as 21 lições práticas com você e viver essa transformadora viagem no tempo em qualquer lugar.
Se você foi ajudado através do Desafio, beneficie também um amigo, presenteando-o com um exemplar.
Disponível para compra no Arca Center. Clique aqui.


reportar erro