Rede aleluia
Oração não é barganha
São Paulo
Centro-Oeste
Distrito Federal
Brasília
Goiás
AnápolisGoiânia
Mato Grosso
Cuiabá
Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Nordeste
Alagoas
Maceió
Bahia
Feira de SantanaIlhéusItabunaSalvador
Ceará
Fortaleza
Maranhão
São Luís
Paraíba
João Pessoa
Pernambuco
GaranhunsRecife
Piauí
Teresina
Rio Grande do Norte
Natal
Sergipe
Aracaju
Norte
Acre
Rio Branco
Amapá
Macapá
Amazonas
Manaus
Pará
Belém
Rondônia
Porto Velho
Roraima
Boa Vista
Tocantins
Palmas
Sudeste
Espírito Santo
Vitória
Minas Gerais
Belo HorizonteJuiz de ForaUberlândia
Rio de Janeiro
Angra dos ReisBarra MansaCampos dos GoytacazesMacaéRio de JaneiroVolta RedondaCabo Frio
São Paulo
AraçatubaAraraquaraBauruCampinasCaraguatatubaCatanduvaFrancaJaúJundiaíLimeiraMaríliaPiracicabaPraia GrandePresidente PrudenteRibeirão PretoSantosSão CarlosSão José do Rio PretoSão José dos CamposSão PauloSorocabaTaubatéVotuporanga
Sul
Paraná
CascavelCuritibaFoz do IguaçuLondrinaMaringáPonta Grossa
Rio Grande do Sul
PelotasPorto AlegreRio GrandeSanta Maria
Santa Catarina
BlumenauCriciúmaFlorianópolis

Núbia Siqueira | 26 de Julho de 2022 - 22:40


Oração não é barganha

Leia e medite na mensagem de hoje

Oração não é barganha

Quando oramos com sinceridade e fé, não importa muito a resposta. Queremos os resultados, claro, mas a oração já cumpriu o seu principal objetivo: nos levar a Deus. Quando oramos, derramamos a nossa alma, portanto, já fomos ouvidos por Ele.

E, isso é maravilhoso, porque, num mundo que ninguém tem tempo para ouvir (a maioria tem que pagar para ser ouvido), há ouvidos graciosos a nossa espera.

Vamos orar, não para mudar Deus nem os Seus planos, mas, primeiro, para nos relacionar com Ele.

Segundo, para que haja ordem no nosso interior, porque, antes de Deus mudar as circunstâncias, Ele nos muda.


Oração não é barganha
  • Núbia Siqueira 


reportar erro