Rede aleluia
Cão robô
São Paulo
Centro-Oeste
Distrito Federal
Brasília
Goiás
AnápolisGoiânia
Mato Grosso
Cuiabá
Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Nordeste
Alagoas
Maceió
Bahia
Feira de SantanaIlhéusItabunaSalvador
Ceará
Fortaleza
Maranhão
São Luís
Paraíba
João Pessoa
Pernambuco
GaranhunsRecife
Piauí
Teresina
Rio Grande do Norte
Natal
Sergipe
Aracaju
Norte
Acre
Rio Branco
Amapá
Macapá
Amazonas
Manaus
Pará
Belém
Rondônia
Porto Velho
Roraima
Boa Vista
Tocantins
Palmas
Sudeste
Espírito Santo
Vitória
Minas Gerais
Belo HorizonteJuiz de ForaUberlândia
Rio de Janeiro
Angra dos ReisBarra MansaCampos dos GoytacazesMacaéRio de JaneiroVolta RedondaCabo Frio
São Paulo
AraçatubaAraraquaraBauruCampinasCaraguatatubaCatanduvaFrancaJaúJundiaíLimeiraMaríliaPiracicabaPraia GrandePresidente PrudenteRibeirão PretoSantosSão CarlosSão José do Rio PretoSão José dos CamposSão PauloSorocabaTaubatéVotuporanga
Sul
Paraná
CascavelCuritibaFoz do IguaçuLondrinaMaringáPonta Grossa
Rio Grande do Sul
PelotasPorto AlegreRio GrandeSanta Maria
Santa Catarina
Baln. CamboriúBlumenauCriciúmaFlorianópolis

Núbia Siqueira | 8 de Agosto de 2022 - 20:19


Cão robô

Leia e medite na mensagem de hoje

Cão robô

Surgem cada vez mais propagandas de cão robô que salta, sobe escadas, corre, carrega objetos e até faz pequenos serviços para o homem. No primeiro momento, tudo parece muito atrativo, mas, hoje a máquina substitui o cão, e quando começar a tomar absurdamente o lugar das pessoas?

Não podemos evitar o avanço da tecnologia, ela terá o seu protagonismo cada vez maior no futuro, porém, não podemos deixar de pensar nos limites e nas perdas que vêm junto com a modernidade.

Além do mais, o robô não conseguirá nunca sentir amor pelo seu dono, nem fazer uma festa de felicidade genuína com a sua chegada.

Um coração sincero faz falta, não é?


Cão robô
  • Núbia Siqueira 


reportar erro