Rede aleluia
As “imperfeições” de Jesus são provas
São Paulo
Centro-Oeste
Distrito Federal
Brasília
Goiás
AnápolisGoiânia
Mato Grosso
Cuiabá
Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Nordeste
Alagoas
Maceió
Bahia
Feira de SantanaIlhéusItabunaSalvador
Ceará
Fortaleza
Maranhão
São Luís
Paraíba
João Pessoa
Pernambuco
Recife
Piauí
Teresina
Rio Grande do Norte
Natal
Sergipe
Aracaju
Norte
Acre
Rio Branco
Amapá
Macapá
Amazonas
Manaus
Pará
Belém
Rondônia
Porto Velho
Roraima
Boa Vista
Tocantins
Palmas
Sudeste
Espírito Santo
Vitória
Minas Gerais
Belo HorizonteJuiz de ForaUberlândia
Rio de Janeiro
Angra dos ReisBarra MansaCampos dos GoytacazesMacaéRio de JaneiroVolta RedondaCabo Frio
São Paulo
AraçatubaAraraquaraBauruCampinasCaraguatatubaCatanduvaFrancaJaúJundiaíLimeiraMaríliaPiracicabaPraia GrandePresidente PrudenteRibeirão PretoSantosSão CarlosSão José do Rio PretoSão José dos CamposSão PauloSorocabaTaubatéVotuporanga
Sul
Paraná
CascavelCuritibaFoz do IguaçuLondrinaMaringáPonta Grossa
Rio Grande do Sul
PelotasPorto AlegreRio GrandeSanta Maria
Santa Catarina
BlumenauCriciúmaFlorianópolis

Núbia Siqueira | 16 de Novembro de 2021 - 13:00


As “imperfeições” de Jesus são provas

Leia e medite na mensagem de hoje

As “imperfeições” de Jesus são provas

Nós, não teremos cicatrizes em nossos novos corpos ressuscitados. Mas, o nosso Senhor Jesus carregará para sempre em Suas mãos e pés as marcas dos cravos que O prenderam na cruz.

O único que nunca pecou, Se alegra perpetuamente nas Suas cicatrizes, por ter carregado todos os pecados do mundo sobre Si.

Elas atestam o quanto Ele amou e foi capaz de suportar o peso da responsabilidade de nos resgatar.

Eu penso que, nas mais intensas orações de Jesus por nós, Ele estende ao Pai as mãos que foram tão machucadas!

Por isso, e muito mais, o Pai sempre O ouve.

Portanto, as marcas podem parecer imperfeições em Seu corpo, mas, na verdade, elas são provas incontestáveis de misericórdia.

Contudo, na eternidade, essas mesmas mãos marcadas serão para alguns, o testemunho da rejeição de tão grande bondade!

As mesmas mãos que HOJE salvam, um dia vão condenar os desobedientes a Palavra. Não nos esqueçamos desta verdade!


As “imperfeições” de Jesus são provas
  • Núbia Siqueira / Foto: cedida 


reportar erro