Rede aleluia
São Paulo
Centro-Oeste
Distrito Federal
Brasília
Goiás
AnápolisGoiânia
Mato Grosso
Cuiabá
Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Nordeste
Alagoas
Maceió
Bahia
Feira de SantanaIlhéusItabunaSalvador
Ceará
Fortaleza
Maranhão
São Luís
Paraíba
João Pessoa
Pernambuco
Recife
Piauí
Teresina
Rio Grande do Norte
Natal
Sergipe
Aracaju
Norte
Acre
Rio Branco
Amapá
Macapá
Amazonas
Manaus
Pará
Belém
Rondônia
Porto Velho
Roraima
Boa Vista
Tocantins
Palmas
Sudeste
Espírito Santo
Vitória
Minas Gerais
Belo HorizonteJuiz de ForaUberlândia
Rio de Janeiro
Angra dos ReisBarra MansaCabo FrioCampos dos GoytacazesMacaéRio de JaneiroVolta Redonda
São Paulo
AraçatubaAraraquaraBauruCampinasCatanduvaFrancaJaúJundiaíLimeiraMaríliaPiracicabaPraia GrandePresidente PrudenteRibeirão PretoSantosSão CarlosSão João da Boa VistaSão José do Rio PretoSão José dos CamposSão PauloSorocabaTaubatéVotuporanga
Sul
Paraná
CascavelCuritibaFoz do IguaçuLondrinaMaringáPonta Grossa
Rio Grande do Sul
PelotasPorto AlegreRio GrandeSanta Maria
Santa Catarina
BlumenauCriciúmaFlorianópolis

Notícias | 6 de janeiro de 2020 - 12:32


Voluntários realizam grande campanha de doação de sangue na Namíbia

Ação foi realizada no banco de sangue da capital Windhoek. Veja como foi

Doar sangue é essencial para salvar vidas em atendimentos de urgência, realização de cirurgias, tratamento de pessoas com doenças crônicas, oncológicas e outras situações que necessitem de transfusão sanguínea. Contudo, principalmente na época de férias e feriados, os bancos de sangue costumam ter uma baixa significativa nos estoques.

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), anualmente, são coletadas cerca de 112 milhões de doações em todo o mundo. No entanto, a maior parte se concentra em países de alta renda que abrangem somente 19% da população. E, apesar do índice de doações voluntárias também ter crescido no geral, ainda há muito o que se fazer.

Grande campanha de doação

A OMS recomenda que de 1% a 3% da população de cada país seja doadora. Na Namíbia, por exemplo, apenas 0.8% doa sangue. Pensando nisso, voluntários do grupo Unisocial se reuniram para uma grande campanha de doação no banco de sangue da capital, Windhoek, (NamBTS – Tal Street Centre). Essa foi a primeira ação do grupo no local.

“Esse trabalho é de suma importância, principalmente nesta época do ano em que o número de acidentes nas estradas se multiplica. Existe uma grande carência de doadores de sangue para que vidas sejam salvas, por isso, a necessidade desta ação”, explicou o Bispo André Luiz Silva, responsável pelo trabalho da Universal no país.

No total, ao longo do dia, 247 pessoas doaram sangue incentivadas pela ação do Unisocial.

“Doar sangue é compartilhar um pouco de nós. É a primeira vez que fazemos este projeto para abastecer o banco de sangue em Windhoek, e pude ver a alegria de todos os funcionários do local em nos receber. Nós, da Universal, temos uma força que vem de Deus, a força do amor ao próximo. E, não podemos parar de ajudar ao nosso semelhante”, declarou Netsai Ngunda, colaboradora do Unisocial.

Unisocial pelo mundo

Quer saber mais sobre o grupo e as ações sociais realizadas no Brasil, continente africano e pelo mundo, e ainda ser um voluntário? Encontre uma Universal mais próxima de sua casa e informe-se com o pastor responsável. Não deixe também de acompanhar, diariamente, nossas matérias aqui no site universal.org.

Confira galeria de fotos abaixo:

  • Michele Roza / Fotos: Cedidas 


reportar erro