Rede aleluia
Você sabe o que são lesões por Esforço repetitivo?
São Paulo
Centro-Oeste
Distrito Federal
Brasília
Goiás
AnápolisGoiânia
Mato Grosso
Cuiabá
Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Nordeste
Alagoas
Maceió
Bahia
Feira de SantanaIlhéusItabunaSalvador
Ceará
Fortaleza
Maranhão
São Luís
Paraíba
João Pessoa
Pernambuco
Recife
Piauí
Teresina
Rio Grande do Norte
Natal
Sergipe
Aracaju
Norte
Acre
Rio Branco
Amapá
Macapá
Amazonas
Manaus
Pará
Belém
Rondônia
Porto Velho
Roraima
Boa Vista
Tocantins
Palmas
Sudeste
Espírito Santo
Vitória
Minas Gerais
Belo HorizonteJuiz de ForaUberlândia
Rio de Janeiro
Angra dos ReisBarra MansaCampos dos GoytacazesMacaéRio de JaneiroVolta RedondaCabo Frio
São Paulo
AraçatubaAraraquaraBauruCampinasCatanduvaFrancaJaúJundiaíLimeiraMaríliaPiracicabaPraia GrandePresidente PrudenteRibeirão PretoSantosSão CarlosSão João da Boa VistaSão José do Rio PretoSão José dos CamposSão PauloSorocabaTaubatéVotuporanga
Sul
Paraná
CascavelCuritibaFoz do IguaçuLondrinaMaringáPonta Grossa
Rio Grande do Sul
PelotasPorto AlegreRio GrandeSanta Maria
Santa Catarina
BlumenauCriciúmaFlorianópolis

Notícias | 23 de Agosto de 2020 - 00:05


Você sabe o que são lesões por Esforço repetitivo?

Pessoas que fazem movimentos repetitivos por longos períodos podem ter inflamações e lesões nas mãos, ombros, braços e articulações. Saiba como se prevenir e conheça os seus direitos

Você sabe o que são lesões por Esforço repetitivo?

Você já teve dores nos pulsos, ombros, braços, nas mãos e articulações depois de repetir alguns movimentos por um longo período, sem descanso? Atenção: esse desconforto pode estar relacionado a uma lesão por esforço repetitivo (LER), síndrome que envolve lesões no sistema musculoesquelético e podem levar a uma série de doenças, como tendinite, bursite, dedo em gatilho e lombalgia, entre outras. Se não forem tratadas, essas doenças podem levar à perda de capacidade funcional da área afetada.

Marcos Mônico Neto, fisioterapeuta e professor afiliado do departamento de Biociências da Universidade Federal de São Paulo, explica as causas do problema: “todos os nossos tecidos, principalmente músculos, tendões e ossos, sofrem microlesões conforme os movimentos do corpo acontecem e cada um deles precisa de um tempo para se recuperar. Se o estímulo é superior à capacidade do tecido suportar ou se o tempo dado para o tecido se regenerar não é suficiente, podem aparecer inflamações, rupturas e lesões do tecido”, esclarece.

Além do esforço repetitivo, os quadros de LER podem estar relacionados à postura inadequada e a movimentos que exigem muita força para execução. “Há lesões relacionadas ao desgaste cartilaginoso. Quando a pessoa passa muitas horas sentada, as cartilagens do joelho ficam em contato e isso pode gerar desgaste precoce. Outras lesões ocorrem quando a pessoa passa muito tempo na mesma posição e o músculo fica fatigado, sobrecarregado e começa a doer. Essas atingem geralmente a região cervical e torácica, a coluna”, acrescenta.

Como evitar
Marcos Mônico Neto afirma que a prevenção envolve descanso, alimentação adequada, postura correta, controle do estresse e fortalecimento do corpo com atividade física. “Intervalos periódicos durante os movimentos repetitivos são extremamente importantes. Além disso, o tecido precisa estar preparado para suportar a tensão, bem hidratado e com níveis de colágeno adequados. Assim, é importante se alimentar bem, ingerir proteínas diariamente e praticar exercícios físicos regulares.”

Seus direitos
No Brasil, a lesão por esforço repetitivo é considerada uma doença ocupacional, ou seja, é equivalente a um “acidente de trabalho” e sua ocorrência deve ser reportada aos órgãos competentes. Para minimizar os riscos de LER, as empresas brasileiras devem seguir uma série de recomendações definidas na Norma Regulamentadora 17 (NR17).

A norma determina as condições do ambiente, de equipamentos e do mobiliário para a realização do trabalho, bem como condições para levantamento, execução de atividades e transporte de materiais. Trabalhadores acometidos por LER podem mover ação judicial contra a empresa, caso haja omissão ou falta de fornecimento de condições adequadas de trabalho.


Você sabe o que são lesões por Esforço repetitivo?
  • Rê Campbell / Arte: Edi Edson 


reportar erro