Rede aleluia
Unisocial avança com ajuda às vítimas de ataques terroristas em Moçambique
São Paulo
Centro-Oeste
Distrito Federal
Brasília
Goiás
AnápolisGoiânia
Mato Grosso
Cuiabá
Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Nordeste
Alagoas
Maceió
Bahia
Feira de SantanaIlhéusItabunaSalvador
Ceará
Fortaleza
Maranhão
São Luís
Paraíba
João Pessoa
Pernambuco
GaranhunsRecife
Piauí
Teresina
Rio Grande do Norte
Natal
Sergipe
Aracaju
Norte
Acre
Rio Branco
Amapá
Macapá
Amazonas
Manaus
Pará
Belém
Rondônia
Porto Velho
Roraima
Boa Vista
Tocantins
Palmas
Sudeste
Espírito Santo
Vitória
Minas Gerais
Belo HorizonteJuiz de ForaUberlândia
Rio de Janeiro
Angra dos ReisBarra MansaCampos dos GoytacazesMacaéRio de JaneiroVolta RedondaCabo Frio
São Paulo
AraçatubaAraraquaraBauruCampinasCaraguatatubaCatanduvaFrancaJaúJundiaíLimeiraMaríliaPiracicabaPraia GrandePresidente PrudenteRibeirão PretoSantosSão CarlosSão José do Rio PretoSão José dos CamposSão PauloSorocabaTaubatéVotuporanga
Sul
Paraná
CascavelCuritibaFoz do IguaçuLondrinaMaringáPonta Grossa
Rio Grande do Sul
PelotasPorto AlegreRio GrandeSanta Maria
Santa Catarina
Baln. CamboriúBlumenauCriciúmaFlorianópolis

Notícias | 28 de Setembro de 2022 - 18:01


Unisocial avança com ajuda às vítimas de ataques terroristas em Moçambique

Cerca de 30 toneladas de alimentos não perecíveis foram entregues

Unisocial avança com ajuda às vítimas de ataques terroristas em Moçambique

Recentemente, o Unisocial de Moçambique (nação do sul da África) entregou, em parceria com o Ministério da Justiça, Assuntos Constitucionais e Religiosos, cerca de 30 toneladas de alimentos não perecíveis arrecadados às vítimas dos ataques terroristas no norte de Moçambique.

Por que isso é importante:

Desde que o terrorismo começou a fazer vítimas na província de Cabo Delgado (subdivisão de Moçambique), em 2017, houve fuga massiva de moçambicanos em busca de locais seguros para refúgio. Atualmente, há em média, 784 mil deslocados internos devido ao conflito, de acordo com a Organização Internacional das Migrações (OIM).

Sobre a entrega dos alimentos:
  • A ação junto ao Ministério foi organizada pelo Bispo Alaor Passos, responsável pelo trabalho evangelístico da Universal em Moçambique, e pelo presidente da Universal no país, Pastor José Guerra.
  • Durante a entrega, o Bispo Alaor orou pela paz, pelas vítimas do terrorismo e pelas forças de segurança que atuam com bravura na região.
  • Nos próximos dias, o Instituto Nacional de Gestação e Redução do Risco e Desastres (INGD) fará a gestação de toda a entrega às vítimas.
Depoimentos sobre a ação:
  • “Estamos aqui testemunhando essa manifestação de amor ao próximo. Não posso deixar de agradecer à Igreja Universal por nunca nos faltar, por estar sempre presente e ser parceira do Ministério da Justiça em apoio aos necessitados e também à população que nos compete, como os reclusos. Sempre podemos contar com a Igreja Universal”, disse a Ministra do Governo Moçambicano, Helena Kida.
  • “Fica o apelo para que, como seres humanos, podemos e devemos investir no amor ao próximo e mesmo no contexto de patriotismo devemos dar lugar à solidariedade entre irmãos, afinal somos todos uma nação”, comentou o Presidente da Universal em Moçambique, Pastor José Guerra.
Mãos que ajudam:

A Universal em Moçambique tem se mobilizado para minimizar o sofrimento de todas as vítimas dos ataques. Centenas de toneladas de produtos não perecíveis, em especial, alimentos, água e produtos de higiene já foram entregues a elas.

Nos últimos nove meses, já foram entregues 272 toneladas de donativos. A iniciativa faz parte do projeto “Rumo aos 30 anos”, uma série de ações sociais realizadas nas vésperas das celebrações dos 30 anos da Universal em Moçambique.

Leia também:

Universal inaugura Catedral em Lichinga, norte de Moçambique

“A família Calebe nos bairros” reuniu milhares de pessoas em Moçambique

Universal inaugura novo templo em Maputo, capital de Moçambique

Moçambique: mais de 7 mil pessoas estiveram presentes na reunião com o Bispo Macedo

Moçambique: Unisocial entregou 47 toneladas de alimentos no gabinete da primeira-dama

(*) Com informações da Universal de Moçambique

 


Unisocial avança com ajuda às vítimas de ataques terroristas em Moçambique
  • Débora Picelli / Fotos: Cedidas pela Universal em Moçambique 


reportar erro