Rede aleluia
São Paulo
Centro-Oeste
Distrito Federal
Brasília
Goiás
AnápolisGoiânia
Mato Grosso
Cuiabá
Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Nordeste
Alagoas
Maceió
Bahia
Feira de SantanaIlhéusItabunaSalvador
Ceará
Fortaleza
Maranhão
São Luís
Paraíba
João Pessoa
Pernambuco
Recife
Piauí
Teresina
Rio Grande do Norte
Natal
Sergipe
Aracaju
Norte
Acre
Rio Branco
Amapá
Macapá
Amazonas
Manaus
Pará
Belém
Rondônia
Porto Velho
Roraima
Boa Vista
Tocantins
Palmas
Sudeste
Espírito Santo
Vitória
Minas Gerais
Belo HorizonteJuiz de ForaUberlândia
Rio de Janeiro
Angra dos ReisBarra MansaCabo FrioCampos dos GoytacazesMacaéRio de JaneiroVolta Redonda
São Paulo
AraçatubaAraraquaraBauruCampinasCatanduvaFrancaJaúJundiaíLimeiraMaríliaPiracicabaPraia GrandePresidente PrudenteRibeirão PretoSantosSão CarlosSão João da Boa VistaSão José do Rio PretoSão José dos CamposSão PauloSorocabaTaubatéVotuporanga
Sul
Paraná
CascavelCuritibaFoz do IguaçuLondrinaMaringáPonta Grossa
Rio Grande do Sul
PelotasPorto AlegreRio GrandeSanta Maria
Santa Catarina
BlumenauCriciúmaFlorianópolis

Notícias | 16 de março de 2020 - 13:37


Se você tem dúvidas sobre o Espírito Santo, precisa ler isto

Cristiane Cardoso e amigas esclarecem algumas questões. Saiba mais

Infelizmente, muitas pessoas, embora estejam dentro da igreja, ainda não receberam o Espírito Santo. Algumas, porque ainda têm muitas dúvidas com respeito ao batismo. Outras, porque estão enganadas. Acreditam que já O têm e, por isso, não O buscam, consequentemente, não irão recebê-lO.

Esse assunto foi abordado no momento Godllywood realizado, recentemente, por Cristiane Cardoso, ao lado das amigas, Fernanda Bezerra e Aline Munhoz.

Segundo Cristiane, a pessoa que não tem o Espírito Santo tem uma data de validade na presença de Deus. Essa é a razão de muitos se desviarem da fé, pois somente aqueles que possuem o Espírito de Deus conseguem vencer o mundo e a vontade da carne.

O Espírito Santo não é sentimento

Mas, pelo fato de a pessoa ter tido uma experiência com Deus, como por exemplo, uma cura, a resposta de uma oração ou até mesmo ter sentido uma paz, um alívio na alma, ela acredita que recebeu o Espírito Santo. Quando, na verdade, uma coisa não tem nada a ver com a outra.

Para Fernanda Bezerra, o problema é que as pessoas pensam que o batismo com o Espírito Santo é um sentimento e que existe uma regra para que ele aconteça. Mas, não é assim. É algo único e individual, não é porque aconteceu de uma forma com uma pessoa, que vai acontecer com todas.

Para esclarecer melhor, ela cita seu próprio exemplo: “Eu tinha muita dificuldade de me entregar. Eu não conseguia compreender o que era essa entrega. Quando eu entendi que eu precisava amar a Deus, mais do que tudo e busquei conhecê-lO (por meio da Palavra de Deus), aí sim, eu fui batizada com o Espírito Santo”, relata.

Ela explica ainda que, durante esse processo, procurou vasculhar o seu interior, a fim de entender o que a impedia de ter esse encontro com Deus. E percebeu que, na verdade, o seu coração estava no pai. Era a ele que Fernanda amava acima de tudo.

Cristiane esclarece que “o amor vem pelo conhecimento.  Então, quando você começa a querer o Espírito Santo, a primeira coisa que tem de haver é esse interesse de conhecê-lO. As pessoas querem receber o Espírito Santo sem ter interesse nenhum em conhecê-lO. Elas querem recebê-lO por razões erradas. E Ele vê isso, então, você não recebe”.

Autoengano

Ainda existem aquelas que estão convencidas do batismo com o Espírito Santo pelo fato de serem muito ativas na igreja, mas isso não quer dizer nada. Porque o que, realmente, conta é seu estado espiritual. “Às vezes, você faz, mas o seu interior é cheio de altivez, malícia, soberba. Na igreja você é uma pessoa, na escola é outra. Esse interior está lhe denunciando para você mesma”, alerta Cristiane.

Pare de enganar a si mesma e reconheça o seu verdadeiro estado espiritual. Seja sincera com Deus e com as pessoas ao seu redor. Quando a pessoa está, de fato, arrependida ela não tem vergonha e nem medo de assumir o seu erro, por mais dolorido e vergonhoso que seja.

Aline Munhoz observa que na parábola dos talentos Jesus destaca duas características do servo: bom e fiel. Ou seja, não basta ser bom aos olhos de todos, é preciso ser fiel a Deus em quaisquer circunstância, estando na presença de terceiros ou sozinha.

Uma força chamada Temor a Deus

Isso se chama temor. Para Fernanda Bezerra, uma força tão grande que existe dentro daqueles que possuem o Espírito Santo, que faz com que a pessoa se enxergue como uma pecadora e necessita da misericórdia de Deus.

Mas, a pessoa que não tem o Espírito de Deus, não tem esse temor. “Ela tem facilidade de ser boazinha na frente das pessoas, mas esquece, facilmente, que Deus a vê quando ninguém está vendo”, ressalta Fernanda.

Além disso, basta ela passar por uma dificuldade, um momento difícil, que já pensa em desistir.

“No fundo, você não tem o Espírito Santo. Porque quando a gente nasce de Deus, recebe a natureza de Deus. Então, tudo o que a gente passa, todas as dificuldades, escândalos, injustiças, tudo que acontece, nada é capaz de vencer o nosso espírito. Porque o Espírito Santo nos dá a capacidade de vencer o mundo”, destaca Cristiane.

Em contrapartida, a pessoa que tem o Espírito Santo consegue enxergar Deus em tudo.

Portanto, se você reconhece que não tem o Espírito Santo, mas está disposta a se entregar por inteiro a Deus, abrir mão dos seus sonhos, objetivos, sentimentos, vontades, desejos e tudo aquilo que estava lhe impedindo de nascer de Deus, participe da reunião do Encontro com Deus, que acontece todos os domingos, no Templo de Salomão ou em uma Universal mais próxima de você.


  • Jeane Vidal / Foto: Getty Images 


reportar erro