Rede aleluia
Qual a sua segunda guerra?
São Paulo
Centro-Oeste
Distrito Federal
Brasília
Goiás
AnápolisGoiânia
Mato Grosso
Cuiabá
Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Nordeste
Alagoas
Maceió
Bahia
Feira de SantanaIlhéusItabunaSalvador
Ceará
Fortaleza
Maranhão
São Luís
Paraíba
João Pessoa
Pernambuco
GaranhunsRecife
Piauí
Teresina
Rio Grande do Norte
Natal
Sergipe
Aracaju
Norte
Acre
Rio Branco
Amapá
Macapá
Amazonas
Manaus
Pará
Belém
Rondônia
Porto Velho
Roraima
Boa Vista
Tocantins
Palmas
Sudeste
Espírito Santo
Vitória
Minas Gerais
Belo HorizonteJuiz de ForaUberlândia
Rio de Janeiro
Angra dos ReisBarra MansaCampos dos GoytacazesMacaéRio de JaneiroVolta RedondaCabo Frio
São Paulo
AraçatubaAraraquaraBauruCampinasCaraguatatubaCatanduvaFrancaJaúJundiaíLimeiraMaríliaPiracicabaPraia GrandePresidente PrudenteRibeirão PretoSantosSão CarlosSão José do Rio PretoSão José dos CamposSão PauloSorocabaTaubatéVotuporanga
Sul
Paraná
CascavelCuritibaFoz do IguaçuLondrinaMaringáPonta Grossa
Rio Grande do Sul
PelotasPorto AlegreRio GrandeSanta Maria
Santa Catarina
BlumenauCriciúmaFlorianópolis

Notícias | 14 de Janeiro de 2022 - 16:29


Qual a sua segunda guerra?

Acompanhe essa série de mensagens do Bispo Júlio Freitas, sobre as guerras enfrentadas pelo servo de Deus

Qual a sua segunda guerra?

Seguindo com a série sobre as guerras enfrentadas por todo servo de Deus, o Bispo Júlio Freitas explicou, durante o programa Obreiros em Foco, sobre a segunda grande guerra que precisa ser vencida pelos que creem no Senhor Jesus.

Essa segunda guerra é contra a própria carne. Em outras palavras, contra os desejos carnais e as inclinações humanas que são contra a vontade de Deus.

“Pois nossos desejos e inclinações são baseados no que a gente vê, ouve e sente e não no que está escrito na Palavra de Deus”, destacou o Bispo.

Inclusive, confira o que está escrito na Bíblia sobre o assunto:

“Entre os quais todos nós também antes andávamos nos desejos da nossa carne, fazendo a vontade da carne e dos pensamentos; e éramos por natureza filhos da ira, como os outros também.” Efésios 2.3

As consequências de não vencer essa guerra

Sendo assim, quando a pessoa ainda não conhece a vontade de Deus ela vive apenas para satisfazer os próprios desejos. E por essa razão sofre as consequências, com decepções e frustrações.

Contudo, isso continuará se repetindo caso a pessoa, mesmo conhecendo ao Senhor Jesus e a Sua Palavra, insista em querer agradar a si próprio, em vez de fazer a vontade do Criador.

“Por isso, todas as vezes que seguimos a voz do nosso coração, que é a fonte das emoções e desejos, vamos ser decepcionados e humilhados, pois a nossa natureza humana produz escolhas erradas e desobediência a Deus”, esclareceu o Bispo.

Acompanhe essa mensagem na íntegra:

Assista de segunda a sábado, sempre às 22 horas, o programa Obreiros em Foco. Com transmissão ao vivo pelo Facebook, pelo canal no YouTube, pela Rede Aleluia de rádio ou pelo canal 21 da TV aberta.

Veja também:

Qual a sua primeira guerra?


Qual a sua segunda guerra?
  • Isabel Tavares / Foto: iStock 


reportar erro