Rede aleluia
São Paulo
Centro-Oeste
Distrito Federal
Brasília
Goiás
AnápolisGoiânia
Mato Grosso
Cuiabá
Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Nordeste
Alagoas
Maceió
Bahia
Feira de SantanaIlhéusItabunaSalvador
Ceará
Fortaleza
Maranhão
São Luís
Paraíba
João Pessoa
Pernambuco
Recife
Piauí
Teresina
Rio Grande do Norte
Natal
Sergipe
Aracaju
Norte
Acre
Rio Branco
Amapá
Macapá
Amazonas
Manaus
Pará
Belém
Rondônia
Porto Velho
Roraima
Boa Vista
Tocantins
Palmas
Sudeste
Espírito Santo
Vitória
Minas Gerais
Belo HorizonteJuiz de ForaUberlândia
Rio de Janeiro
Angra dos ReisBarra MansaCabo FrioCampos dos GoytacazesMacaéRio de JaneiroVolta Redonda
São Paulo
AraçatubaAraraquaraBauruCampinasCatanduvaFrancaJaúJundiaíLimeiraMaríliaPiracicabaPraia GrandePresidente PrudenteRibeirão PretoSantosSão CarlosSão João da Boa VistaSão José do Rio PretoSão José dos CamposSão PauloSorocabaTaubatéVotuporanga
Sul
Paraná
CascavelCuritibaFoz do IguaçuLondrinaMaringáPonta Grossa
Rio Grande do Sul
PelotasPorto AlegreRio GrandeSanta Maria
Santa Catarina
BlumenauCriciúmaFlorianópolis

Notícias | 14 de agosto de 2017 - 03:05


Profetas da Bíblia: Jonas

Por meio da história desse profeta vemos a misericórdia de Deus

Jonas era de Gate-Hefer, uma cidade localizada no território da tribo de Zebulom. Ele foi profeta sobre o Reino do Norte (Israel) e viveu na mesma época em que os profetas Joel, Oséias e Amós.

Esse profeta já era conhecido de Israel, porque, por meio dele, Deus abençoou o reinado de Jeroboão (2 Reis 14.23-29). Mas, certa vez, o Senhor ordenou que ele alertasse à cidade de Nínive sobre os pecados que ela cometia. Nínive era a capital da Assíria, uma grande inimiga de Israel. O povo desse lugar era tão mal e perverso que Jonas, naquele mesmo momento, se rebelou contra Deus. O profeta queria que aquele povo fosse destruído e não perdoado.

Para tentar fugir dessa situação, Jonas embarcou em um navio e se lançou mar a fora em direção a uma outra cidade, chamada Társis (Jonas 1.1-3). Muitas pessoas, assim como Jonas, tentam fugir da presença de Deus e insistem em não fazer aquilo que Ele orienta. Tentam até mesmo ignorá-Lo, colocando em suas cabeças que Ele não existe. Isso é muito comum aos jovens, por exemplo, que ficam envolvidos em festas, drogas, entre outras atrações desse mundo errôneo e ignoram a Salvação Eterna, oferecida pelo Senhor Jesus. Pode até parecer que as consequências dos pecados não virão, mas, elas, com certeza, algum dia chegarão. E esse alerta serve até mesmo para aqueles que participam dos encontros na Igreja, mas não colocam em prática os ensinamentos de Deus. Jonas estava nessa mesma situação: ele conhecia a Palavra, mas não queria fazer o que Deus havia orientado.

Mudando a rota

O navio em que Jonas estava passou por uma forte tempestade, que só terminou quando o profeta foi jogado ao mar. Ali, ele foi engolido por um grande peixe (Jonas 1.17). Depois de três dias e três noites preso no ventre do animal, Jonas se arrependeu de ter se rebelado contra Deus. Então, o peixe o largou em uma praia e Jonas viajou até Nínive para censurá-la como o Senhor havia ordenado.

Jonas não concordava com a ideia de que o Altíssimo poderia conceder o perdão para um povo tão mau. Porém, o desejo do Senhor de livrar aquelas pessoas da morte eterna, mostra o amor do Criador por todos nós. Ainda nos dias de hoje, o Senhor Jesus, por meio de Sua misericórdia, continua a buscar e a aceitar os que estão perdidos em meio aos pecados e aos horrores deste mundo (Tito 2.11). E essa Salvação é oferecida para todos os que desejam, basta que se tenha um sincero arrependimento.

Com o alerta, dado pelo profeta, a cidade se arrependeu dos pecados que cometia contra Deus. As pessoas fizeram um jejum e se vestiram com panos de saco. Até o rei de Nínive ordenou que as pessoas abandonassem o mau comportamento. E, assim, eles foram poupados, naquele momento, da destruição.

Profetas da Bíblia

Cada profeta da Bíblia foi inspirado por Deus para trazer uma mensagem de edificação para a nossa vida. Por isso, aqui no Universal.org você encontra a série “Profetas da Bíblia” que reúne a história desses homens de fé.


  • Por Daniel Cruz / Foto: Thinkstock 


reportar erro