Rede aleluia
Por que muitos vivem ansiosos e estão esquecendo o principal?
São Paulo
Centro-Oeste
Distrito Federal
Brasília
Goiás
AnápolisGoiânia
Mato Grosso
Cuiabá
Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Nordeste
Alagoas
Maceió
Bahia
Feira de SantanaIlhéusItabunaSalvador
Ceará
Fortaleza
Maranhão
São Luís
Paraíba
João Pessoa
Pernambuco
Recife
Piauí
Teresina
Rio Grande do Norte
Natal
Sergipe
Aracaju
Norte
Acre
Rio Branco
Amapá
Macapá
Amazonas
Manaus
Pará
Belém
Rondônia
Porto Velho
Roraima
Boa Vista
Tocantins
Palmas
Sudeste
Espírito Santo
Vitória
Minas Gerais
Belo HorizonteJuiz de ForaUberlândia
Rio de Janeiro
Angra dos ReisBarra MansaCampos dos GoytacazesMacaéRio de JaneiroVolta RedondaCabo Frio
São Paulo
AraçatubaAraraquaraBauruCampinasCaraguatatubaCatanduvaFrancaJaúJundiaíLimeiraMaríliaPiracicabaPraia GrandePresidente PrudenteRibeirão PretoSantosSão CarlosSão José do Rio PretoSão José dos CamposSão PauloSorocabaTaubatéVotuporanga
Sul
Paraná
CascavelCuritibaFoz do IguaçuLondrinaMaringáPonta Grossa
Rio Grande do Sul
PelotasPorto AlegreRio GrandeSanta Maria
Santa Catarina
BlumenauCriciúmaFlorianópolis

Notícias | 13 de Setembro de 2021 - 21:11


Por que muitos vivem ansiosos e estão esquecendo o principal?

Preocupação com os problemas do dia a dia acaba distanciando a pessoa da busca pela Salvação

Por que muitos vivem ansiosos e estão esquecendo o principal?

A Organização Mundial da Saúde (OMS) classifica a ansiedade como uma das doenças mais preocupantes dos últimos anos. Atualmente, cerca de 260 milhões de pessoas sofrem com transtornos de ansiedade no mundo, sendo que, a cada ano, esse número aumenta.

Muitas pessoas tratam a ansiedade como um problema físico, inclusive tomando remédios para combatê-la. Mas, para aqueles que confiam em Deus, colocando-O em primeiro lugar nas suas vidas, a ansiedade deixa de existir. Na Bíblia, Jesus já falava sobre a inquietação:

“Não andeis, pois, inquietos, dizendo: Que comeremos, ou que beberemos, ou com que nos vestiremos? Porque todas estas coisas os gentios procuram. Decerto vosso Pai celestial bem sabe que necessitais de todas estas coisas; Mas, buscai primeiro o reino de Deus, e a sua justiça, e todas estas coisas vos serão acrescentadas. Não vos inquieteis, pois, pelo dia de amanhã, porque o dia de amanhã cuidará de si mesmo. Basta a cada dia o seu mal.” Mateus 6: 31-34

Combater as preocupações

Durante o Encontro com Deus, no Templo de Salomão, no domingo último (12), o Bispo Renato Cardoso falou sobre aqueles que se preocupam demais com as coisas do mundo:

“Hoje, as pessoas estão com a mente acelerada (…) ficam ansiosas, preocupadas com tudo o que acontece (…) Mas, Deus sabe de todas as necessidades (…) Deus nos ensina a viver o dia de hoje, o agora; a não ficar olhando para o passado, o que aconteceu — porque eu não posso fazer mais nada a respeito disso — ; a não ficarmos preocupados com o amanhã — porque não chegou ainda. Mas, só olhar a cada dia o seu próprio mal, as suas lutas, o dia de hoje, o dia de agora”.

O Bispo comentou que a ansiedade com tudo o que vai acontecer ou deixar de ser é a receita para viver à base de remédios. E, é exatamente isso que a pessoa precisa aprender a combater, para não dar vazão aos sentimentos que a afligem e a levam a um estado de inquietação.

“É assim que as pessoas estão fazendo, elas estão trocando a fé por uma pílula (…) A vida tem os seus desafios, não existe vida perfeita. Você pode ter Jesus, você pode ter o Espírito Santo, mesmo assim você vai ter lutas. Você vai passar por injustiças. O mundo não é um lugar justo (…) Então, você tem que ser uma pessoa forte e prática, não pode ficar se entregando aos sentimentos que os problemas dessa vida trazem para você”, atestou.

A vontade de Deus

Ela ainda ressaltou que essa preocupação excessiva com os problemas do dia a dia consomem a pessoa e ela acaba se distanciando do principal: a busca pela sua Salvação.

“De tudo o que eu tenho que me preocupar e me ocupar nesta vida, eu tenho que me ocupar e preocupar com o Reino de Deus, com a vontade de Deus, com a Palavra de Deus a meu respeito. O que eu tenho que fazer, o que Deus quer que eu faça, como quer que eu aja, que eu seja, colocar Ele em primeiro lugar. Se você vive com esse princípio, então, isso vai mudar tudo o que você faz na sua vida, toda a sua forma de ser, de agir, vai ser diferente”, destacou.

E reiterou: “Deus quer que você ouça a Palavra dEle. Não é ler a Bíblia e decorar versículo. É ouvir e entender o que Ele está falando para você. Se você começar a ouvir a Deus, Ele vai começar a ouvir as suas orações (…) Ele vai te dar, não tudo o que você quer, pois, nem tudo que você quer é bom para você; mas o que você precisa, que talvez você nem saiba, Ele vai dar para você.”

Abaixo, assista ao vídeo com a mensagem na íntegra:


Por que muitos vivem ansiosos e estão esquecendo o principal?
  • Redação / Fotos: Istock 

  • Colaborador: 

  • Michele Roza


reportar erro