Rede aleluia
Por que muitos homens são imaturos?
São Paulo
Centro-Oeste
Distrito Federal
Brasília
Goiás
AnápolisGoiânia
Mato Grosso
Cuiabá
Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Nordeste
Alagoas
Maceió
Bahia
Feira de SantanaIlhéusItabunaSalvador
Ceará
Fortaleza
Maranhão
São Luís
Paraíba
João Pessoa
Pernambuco
Recife
Piauí
Teresina
Rio Grande do Norte
Natal
Sergipe
Aracaju
Norte
Acre
Rio Branco
Amapá
Macapá
Amazonas
Manaus
Pará
Belém
Rondônia
Porto Velho
Roraima
Boa Vista
Tocantins
Palmas
Sudeste
Espírito Santo
Vitória
Minas Gerais
Belo HorizonteJuiz de ForaUberlândia
Rio de Janeiro
Angra dos ReisBarra MansaCabo FrioCampos dos GoytacazesMacaéRio de JaneiroVolta Redonda
São Paulo
AraçatubaAraraquaraBauruCampinasCatanduvaFrancaJaúJundiaíLimeiraMaríliaPiracicabaPraia GrandePresidente PrudenteRibeirão PretoSantosSão CarlosSão João da Boa VistaSão José do Rio PretoSão José dos CamposSão PauloSorocabaTaubatéVotuporanga
Sul
Paraná
CascavelCuritibaFoz do IguaçuLondrinaMaringáPonta Grossa
Rio Grande do Sul
PelotasPorto AlegreRio GrandeSanta Maria
Santa Catarina
BlumenauCriciúmaFlorianópolis

Notícias | 12 de julho de 2020 - 00:07


Por que muitos homens são imaturos?

Saiba quais atitudes masculinas você tem que mudar para crescer

Por que muitos homens são imaturos?

Você já ouviu falar de homens que têm dificuldade de amadurecer no tempo certo? Saiba que até já foi criado um termo para esse problema: síndrome de Peter Pan, uma referência à fábula em que o personagem principal é um eterno menino que vive brincando. E quem não conhece exemplos que se enquadram perfeitamente neste perfil? São homens com quase 30 anos ou que já passaram dessa idade, mas que ainda têm atitudes de criança.

Muitos deles frequentemente prolongam sua dependência do lar paterno muitos anos além da média histórica. O assunto é tão sério que, no final da década de 1990, outro termo ganhou destaque nos jornais e revistas britânicos: o neologismo “adultescente”. Ele se refere a pessoas que valorizam a cultura e tendências jovens. Algumas delas têm mais de 40 e 50 anos e são adultos “infantilizados”, consumidores de videogames e livros infantojuvenis.

Há muitas razões que explicam a imaturidade masculina, como traumas de infância, baixa autoestima, problemas emocionais, além da pressão para ter uma vida financeira estável fora da casa dos pais, por exemplo. A resistência em procurar ajuda, mesmo percebendo a existência do problema, também é outra evidência da falta de maturidade e se traduz na omissão em assumir responsabilidades e enfrentar diretamente as adversidades da vida.

É comum esse tipo de homem mentir com frequência. Muitos criam perfis falsos em redes sociais para mascarar a realidade e conquistar mulheres, mesmo sendo casados. Não são poucos os que se atrasam seguidamente para o trabalho sem motivo justificável. Outros tantos deixam de pagar as contas essenciais da família porque gastam o dinheiro com jogos ou coleções. Eles não têm compromisso com nada, a não ser consigo mesmos. Eles acreditam simplesmente que podem conquistar tudo com dinheiro, são mimados e querem as coisas sempre do jeito deles.

Para o escritor e palestrante Renato Cardoso, essas ações infantis têm enfraquecido muitos homens. “Eles ainda não desistiram das ‘coisas de menino’. São homens só no corpo e suas atitudes ainda pegam emprestado muitas coisas da sua criancice. Para ser forte, o homem tem que traçar uma linha na sua vida para entender que o tempo de criança já passou e deixar as ‘coisas de menino’. Eu não estou falando aqui apenas de videogames, mas de algo bem mais sério”, diz.

A insistência em manter atitudes de que você goste muito pode ser um problema quando o seu bem-estar e o de sua família são deixados de lado. Aproveite a quarentena e reserve um tempo para avaliar se você não está abusando das ‘coisas de menino’ e deixando as ‘coisas de homem’ para trás.

Entenda que é algo mais profundo do que simplesmente deixar de colecionar revistas ou parar de jogar videogame. Ter um espírito jovem para enfrentar a vida não tem nada a ver com agir como criança. A grande questão é encontrar a medida certa das coisas e estabelecer as prioridades para a sua vida e de sua família. É isso que você tem que colocar na cabeça: um homem de verdade não pode perder a noção da realidade e, principalmente, de seus valores.


Por que muitos homens são imaturos?
  • Eduardo Prestes / Foto: Getty Images 


reportar erro