Rede aleluia
Oração da Meia-Noite: O Espírito que faz tudo diferente
São Paulo
Centro-Oeste
Distrito Federal
Brasília
Goiás
AnápolisGoiânia
Mato Grosso
Cuiabá
Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Nordeste
Alagoas
Maceió
Bahia
Feira de SantanaIlhéusItabunaSalvador
Ceará
Fortaleza
Maranhão
São Luís
Paraíba
João Pessoa
Pernambuco
GaranhunsRecife
Piauí
Teresina
Rio Grande do Norte
Natal
Sergipe
Aracaju
Norte
Acre
Rio Branco
Amapá
Macapá
Amazonas
Manaus
Pará
Belém
Rondônia
Porto Velho
Roraima
Boa Vista
Tocantins
Palmas
Sudeste
Espírito Santo
Vitória
Minas Gerais
Belo HorizonteJuiz de ForaUberlândia
Rio de Janeiro
Angra dos ReisBarra MansaCampos dos GoytacazesMacaéRio de JaneiroVolta RedondaCabo Frio
São Paulo
AraçatubaAraraquaraBauruCampinasCaraguatatubaCatanduvaFrancaJaúJundiaíLimeiraMaríliaPiracicabaPraia GrandePresidente PrudenteRibeirão PretoSantosSão CarlosSão José do Rio PretoSão José dos CamposSão PauloSorocabaTaubatéVotuporanga
Sul
Paraná
CascavelCuritibaFoz do IguaçuLondrinaMaringáPonta Grossa
Rio Grande do Sul
PelotasPorto AlegreRio GrandeSanta Maria
Santa Catarina
BlumenauCriciúmaFlorianópolis

Notícias | 9 de Dezembro de 2021 - 00:59


Oração da Meia-Noite: O Espírito que faz tudo diferente

Acompanhe como foi a transmissão nesta quarta semana da Caminhada da fé, rumo à Fogueira Santa da Diferença

Oração da Meia-Noite: O Espírito que faz tudo diferente

Quem já não acordou um dia e pensou em se tornar uma pessoa diferente? Foi com esta pergunta que o Bispo Renato Cardoso , ao lado do Bispo Adilson Silva e do Pastor Rodrigo Lima, iniciou a Oração da Meia-Noite, nesta quarta-feira (8), diretamente da esplanada do Templo de Salomão, na Caminhada da Fé, rumo à Fogueira Santa da Diferença.

O Bispo Freitas, responsável pela Universal de Palmas, no Tocantins, além de pastores, suas respectivas esposas e membros da Igreja local, acompanharam de perto o testemunho do casal Tatiane e Jorge, que relatou a experiência que viveu.

Ambos contaram que por muito tempo tentaram ser pessoas diferentes, porém, com a força do braço. No entanto, eles só conseguiram – de fato – alcançar o objetivo inicial, quando priorizaram o Espírito Santo em suas vidas.

“Depois que nos casamos, percebi que ele era um homem mulherengo e gostava muito de beber, mas, apesar disso, ele me dava muitas coisas, como viagens, roupas e até mesmo a chance de fazer uma faculdade. Eu aceitava os ‘mimos’, mas no fundo eu queria a atenção dele”, disse Tatiane.

Jorge, por sua vez, sempre colocava o dinheiro em primeiro lugar na sua vida. E diz: “Sempre trabalhei muito, pois queria ter muitos bens. Sempre nos finais de ano, eu gostava de extravasar e, então, promovia festas paras os amigos”, lembra.

Tatiane conheceu o trabalho da Universal em 2010, mas apesar de estar dentro da Igreja, diz, ela “não estava perto de Deus.” E foi em uma Fogueira Santa que os seus olhos se abriram, relembra. Ela, então, priorizou o Espírito Santo e se tornou uma pessoa diferente. Jorge também passou pelo mesmo processo, mas, somente em 2020, ele pode desfrutar da diferença em sua vida.

O Espírito da diferença

Tatiane e Jorge são hoje pessoas diferentes, porque têm um Espírito diferente neles e “entre” eles.

“E o Espírito do Senhor se apoderará de ti…E torna-te-ás um outro homem.” (1 Samuel 10:6)

“Foi preciso que o Jorge reconhecesse que o dinheiro era o ‘seu deus’ para mudar. Já sua esposa, Tatiane, tinha o Jorge como o ‘deus dela’, mas quando reconheceu que – também – precisava mudar, se tornou uma pessoa diferente”, comentou o Bispo Renato.

Confira a programação completa no vídeo abaixo:


Oração da Meia-Noite: O Espírito que faz tudo diferente
  • Sabrina Marques / Foto: Reprodução 


reportar erro