Rede aleluia

Notícias | 7 de janeiro de 2019 - 11:05


O que significa “combati o bom combate”?

O apóstolo Paulo deixou um importante conselho para a vida cristã. Entenda

“Combati o bom combate, acabei a carreira, guardei a fé. Desde agora, a coroa da justiça me está guardada, a qual o Senhor, justo juiz, me dará naquele dia; e não somente a mim, mas também a todos os que amarem a Sua vinda.” 2 Timóteo 4.7-8

O trecho bíblico acima está incluso em uma carta que o apóstolo Paulo escreveu no fim de sua vida para um jovem amigo chamado Timóteo.

Paulo sofreu muitas perseguições por causa de sua fé. Ele, inclusive, foi preso por causa de suas mensagens. Nessa carta, ele não faz observações vazias. Mas conta do que viveu, inspirado pelo Espírito Santo.

A trajetória de um cristão

Durante o encontro “Primícias de Deus”, ocorrido no Templo de Salomão, no dia 30 de dezembro último, o Bispo Edson Costa destacou alguns pontos importantes dessa passagem, com a finalidade de analisar a trajetória da vida cristã.

Combatendo o bom combate

Os espíritos malignos encontram espaço para vencer uma pessoa, quando ela não vigia as suas falhas e não as reconhece para Deus. Por isso, os combates diários, citados pelo apóstolo Paulo, são vencidos nos detalhes.

“Tem dias que você tem de combater a dúvida. Ao longo do tempo, ela vai crescendo e, então, uma pessoa – usada pelo mal – vem e joga mais dúvida. Há dias em que o combate é contra o medo. Ele persiste e você o resiste. Em outros dias, o pecado acorda soprando no seu ouvido”, explicou o Bispo Edson.

Acabando a carreira

Quando a pessoa inicia a sua jornada cristã, ela aprende que só há um Caminho, uma Verdade e uma Vida – que é o Senhor Jesus. Em seguida, ela se entrega para Ele.

Entretanto, é importante compreender que é impossível desistir. A pessoa precisa completar a carreira. “Temos que combater esse bom combate até o fim da vida”, enfatizou o Bispo Edson.

Guardando a fé

Mais importante do que iniciar a caminhada cristã, é concluí-la. No entanto, infelizmente, muitos desistem pelo caminho depois de algum tempo.

É preciso compreender que a Salvação é conquistada dia após dia. Sobre esse ponto, o Bispo Edson alertou: “O combate da fé acontece hoje. O que ocorreu no passado não importa e o futuro também não está sob o nosso domínio. O que estou fazendo para proteger a minha fé hoje? Cada dia é um combate novo.”

Dúvida: a principal arma dos demônios

As batalhas espirituais são travadas, sobretudo, na mente de uma pessoa.

Por isso, os espíritos malignos sopram dúvidas nos ouvidos daqueles que seguem o Senhor Jesus.

Um exemplo é quando uma pessoa sacrifica para Deus no Altar, mas depois fica perdida em questionamentos sobre a fé.

Cuidado para não cair nas armadilhas do mal.

Faça uma reflexão

Como foram as suas batalhas espirituais no ano de 2018? Você conseguiu combater o bom combate?

Apegue-se ao Senhor Jesus todos os dias e nunca desista de alcançar a Salvação Eterna.

Participe ainda hoje de um encontro no Templo de Salomão ou em uma Universal mais próxima de sua casa.


  • Daniel Cruz / Foto: iStock 


reportar erro