Rede aleluia

Notícias | 21 de março de 2019 - 08:45


O que o Senhor Jesus tem encontrado em você?

Entenda o que o Ele quis ensinar com a parábola da figueira inútil

Você já investiu em algo e percebeu que não estava tendo retorno de todo o investimento? O que você pensou em fazer diante desta constatação?

Recentemente, na novela Jesus, exibida de segunda a sexta-feira, a partir das 20h45, pela Record TV, foi retratada a cena em que o Senhor Jesus usou uma parábola para falar sobre a expectativa que Ele tem a nosso respeito.

Para rever a cena, assista ao vídeo abaixo:

Alto investimento

Durante três anos, foi procurado frutos na figueira, mas nada foi encontrado. Um detalhe importante é que esta figueira estava plantada em uma vinha, algo muito comum entre os judeus. Isso garantia que a árvore receberia cuidados especiais.

Por isso, a frustração que o agricultor teve ao procurar por frutos e não encontrá-los. Aquela árvore estava recebendo o melhor cuidado, estava plantada no melhor lugar e, mesmo assim, nada produzia. Ela estava ocupando o espaço que poderia ser utilizado de outra maneira, recebendo aquilo que poderia ser oferecido para outras plantas.

Por essa razão, a primeira reação do agricultor foi a de ordenar que a cortasse:

“Corta-a; por que ocupa ainda a terra inutilmente? ” (Lucas 13:7)

O retorno esperado

Quando você investe em algo ou alguém espera um retorno positivo de tal investimento. De igual modo, Deus tem investido alto no ser humano.  Na Bíblia Sagrada com as anotações de fé do Bispo Edir Macedo, ele esclarece que o “propósito Divino é ver frutos em Seus servos. Deus quer encontrar em nós obediência, fé e justiça em nossa vida. Esses são os frutos espirituais que O satisfazem”.

Antes que seja tarde

Diante do pedido para que fosse cortada, a parábola retrata a preocupação do senhor em pedir mais um tempo. Ele adubaria mais a terra ao redor da figueira, aí sim, caso ela não desse fruto, poderia ser cortada.

Comparando com a vida espiritual, nos faz lembrar do alerta dado à Igreja em Sardes, no livro de Apocalipse:

“Sê vigilante, e confirma os restantes, que estão para morrer; porque não achei as tuas obras perfeitas diante de Deus. Lembra-te, pois, do que tens recebido e ouvido, e guarda-o, e arrepende-te. E, se não vigiares, virei sobre ti como um ladrão, e não saberás a que hora sobre ti virei.” Apocalipse 3.2,3

O Bispo Macedo alerta que essa é uma referência do Senhor à Sua Palavra, pois é por intermédio dela que o Espírito Santo produz o arrependimento e nos conduz ao que é correto, justo e verdadeiro, ou seja, produzir os frutos que Ele espera de nós.

“Por isso, devemos não somente tê-la em nossa mente, como também guardá-la no mais íntimo do nosso ser. É a Palavra de Deus que desperta a pessoa do seu sono espiritual e aviva a sua fé”, ressalta.

Hoje todos têm a oportunidade de rever o que está recebendo do Alto e não está dando resultados diante da fé proposta. Se negligenciamos o que o Espírito Santo nos revela que tem faltado, chegará o momento em que não haverá mais tempo de mudar.

“A presença do ladrão, em muitos casos, só é percebida depois de ir embora. Mas aí o prejuízo já foi causado e não há mais jeito. Assim acontecerá na vinda do Senhor para buscar a Sua Igreja. Os que estiverem atentos, subirão, mas quem estiver dormindo espiritualmente será deixado para trás”, concluiu o Bispo.

Mude, antes que a única alternativa seja o de ser cortado.

Gostou da matéria? Compartilhe nas redes sociais.

 


  • Núbia Onara / Foto: iStock 


reportar erro