Rede aleluia
No Monte das Oliveiras: o Senhor Jesus suou sangue?
São Paulo
Centro-Oeste
Distrito Federal
Brasília
Goiás
AnápolisGoiânia
Mato Grosso
Cuiabá
Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Nordeste
Alagoas
Maceió
Bahia
Feira de SantanaIlhéusItabunaSalvador
Ceará
Fortaleza
Maranhão
São Luís
Paraíba
João Pessoa
Pernambuco
GaranhunsRecife
Piauí
Teresina
Rio Grande do Norte
Natal
Sergipe
Aracaju
Norte
Acre
Rio Branco
Amapá
Macapá
Amazonas
Manaus
Pará
Belém
Rondônia
Porto Velho
Roraima
Boa Vista
Tocantins
Palmas
Sudeste
Espírito Santo
Vitória
Minas Gerais
Belo HorizonteJuiz de ForaUberlândia
Rio de Janeiro
Angra dos ReisBarra MansaCampos dos GoytacazesMacaéRio de JaneiroVolta RedondaCabo Frio
São Paulo
AraçatubaAraraquaraBauruCampinasCaraguatatubaCatanduvaFrancaJaúJundiaíLimeiraMaríliaPiracicabaPraia GrandePresidente PrudenteRibeirão PretoSantosSão CarlosSão José do Rio PretoSão José dos CamposSão PauloSorocabaTaubatéVotuporanga
Sul
Paraná
CascavelCuritibaFoz do IguaçuLondrinaMaringáPonta Grossa
Rio Grande do Sul
PelotasPorto AlegreRio GrandeSanta Maria
Santa Catarina
Baln. CamboriúBlumenauCriciúmaFlorianópolis

Notícias | 21 de Março de 2019 - 00:05


No Monte das Oliveiras: o Senhor Jesus suou sangue?

A novela Jesus tem retratado em detalhes a trajetória de Cristo até a cruz. Entenda melhor como foi esse momento no Getsêmani

No Monte das Oliveiras: o Senhor Jesus suou sangue?

A novela Jesus – exibida de segunda a sexta-feira, às 20h45, pela Record TV – está na fase da conclusão da missão de Cristo na Terra.

Após realizar a Santa Ceia com os discípulos, o Mestre foi até um jardim conhecido como Getsêmani, no Monte das Oliveiras, para orar a Deus e aguardar o traidor, Judas Iscariotes, chegar para levá-lO preso. Confira a cena no vídeo abaixo:

Na Bíblia, essa passagem é registrada em Mateus (capítulo 26), Marcos (capítulo 14), João (capítulo 18) e Lucas (capítulo 22).

Jesus sofre no Monte das Oliveiras

Todo esse trecho no jardim é marcado por uma angústia profunda que atingiu o Senhor Jesus.

Vemos, por exemplo, que Ele inicia a Sua oração de joelhos (Lucas 22.41). Mas, o sofrimento vai aumentando tanto ao longo daquele momento que Ele termina a oração com o rosto no chão e suando sangue (Mateus 26.39 e Lucas 22.44). O sangue vinha do rompimento de vasos sanguíneos influenciado pelo alto nível de estresse.

Mas o que originava essa tensão tão insuportável? Seria um temor dos açoites que iria receber? Ou dos pregos cravando Suas mãos? Ou, ainda, da coroa de espinhos que faria sangrar a Sua cabeça?

A maior de todas as dores

Para Ele, nada disso era mais doloroso do que a dor da separação do Deus-Pai.

Ao longo de toda a Sua existência, o Deus-Filho viveu em total submissão à vontade do Deus-Pai (João 10.17).

Mas durante o percurso que seguiria até a cruz, Ele receberia sobre Si o pecado de toda a humanidade. Ali, Ele estava assumindo a responsabilidade por nossos erros e sendo massacrado em nosso lugar, mesmo sem ter culpa. Ele foi puro e inocente, como um cordeiro, para o derramar de Seu santíssimo sangue (João 1.29).

Então, como o Deus-Pai e o Espírito Santo não compactuam com o pecado, Eles não poderiam continuar unidos com o Deus-Filho. Ele estava totalmente sozinho na empreitada que se seguiria.

Como foi essa dor?

Todavia, humano algum poderia saber exatamente o que se passava com Cristo naquele momento. Porém, para tentarmos construir uma levíssima ideia de como foi a experiência, talvez, tenha sido algo similar com o que é experimentado por aqueles que são condenados ao inferno, após essa vida terrena.

No livro “O Resgate”, o Bispo Sergio Corrêa escreve: “A pior dor de quem está no inferno não é a dor do corpo queimado ou comido por bichos, nem mesmo é a tortura psicológica. A pior dor de quem morre sem a Salvação é a dor da separação de Deus. Imagine a sua alma se descolando do corpo e se deparando com os demônios que vierem buscar você. Você vai vê-los como eles verdadeiramente são, a forma que eles têm, e os perceberá tão reais quanto qualquer pessoa que encontra na rua hoje. Você vai tentar fugir e não terá como fugir. Vai gritar pelo nome de Jesus e nem Ele, nem ninguém poderá salvá-lo mais. Todas as oportunidades foram eliminadas. Toda a chance que você teve durante a vida acabou. Você será arrastado por esses seres e dará entrada no inferno, que é o extremo do terror, consciente de que viverá a eternidade longe de Deus”.

A nossa escolha em vida

Infelizmente, muitas pessoas nos dias de hoje escolhem esse destino horrível. Elas são alertadas pelos homens e mulheres de Deus a seguirem os ensinamentos da Bíblia. Mas essas orientações acabam sendo como uma semente que não cria raízes e morre.

Em outras palavras, só há um único elemento que pode nos separar do amor de Deus, que está em Jesus Cristo, nosso Senhor: o pecado.

A boa notícia é que ninguém precisa passar por essa condenação. Porque o Senhor Jesus, em Sua infinita misericórdia e amor, atravessou essa dor por nós. De fato, Cristo está de braços abertos esperando pelos que desejam ter comunhão com Ele. A escolha é exclusivamente nossa.

Se você deseja entregar a sua vida para o Salvador, não perca tempo. Participe ainda hoje de um encontro no Templo de Salomão ou em uma Universal mais próxima de sua casa e se apresente para Ele. Você não precisa usar palavras bonitas, tudo o que Jesus deseja é uma conversa sincera.

Novela Jesus

Acompanhe os capítulos finais dessa novela que tem retratado em detalhes a trajetória do Deus-Filho, enquanto esteve em forma de homem neste mundo. Não perca também, aqui, no Universal.org, informações e reflexões, além de outros conteúdos.


No Monte das Oliveiras: o Senhor Jesus suou sangue?
  • Daniel Cruz / Fotos: Munir Chatack, Edu Moraes e Blad Meneghel/Record TV 


reportar erro