Rede aleluia
São Paulo
Centro-Oeste
Distrito Federal
Brasília
Goiás
AnápolisGoiânia
Mato Grosso
Cuiabá
Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Nordeste
Alagoas
Maceió
Bahia
Feira de SantanaIlhéusItabunaSalvador
Ceará
Fortaleza
Maranhão
São Luís
Paraíba
João Pessoa
Pernambuco
Recife
Piauí
Teresina
Rio Grande do Norte
Natal
Sergipe
Aracaju
Norte
Acre
Rio Branco
Amapá
Macapá
Amazonas
Manaus
Pará
Belém
Rondônia
Porto Velho
Roraima
Boa Vista
Tocantins
Palmas
Sudeste
Espírito Santo
Vitória
Minas Gerais
Belo HorizonteJuiz de ForaUberlândia
Rio de Janeiro
Angra dos ReisBarra MansaCabo FrioCampos dos GoytacazesMacaéRio de JaneiroVolta Redonda
São Paulo
AraçatubaAraraquaraBauruCampinasCatanduvaFrancaJaúJundiaíLimeiraMaríliaPiracicabaPraia GrandePresidente PrudenteRibeirão PretoSantosSão CarlosSão João da Boa VistaSão José do Rio PretoSão José dos CamposSão PauloSorocabaTaubatéVotuporanga
Sul
Paraná
CascavelCuritibaFoz do IguaçuLondrinaMaringáPonta Grossa
Rio Grande do Sul
PelotasPorto AlegreRio GrandeSanta Maria
Santa Catarina
BlumenauCriciúmaFlorianópolis

Notícias | 10 de novembro de 2019 - 18:21


Jovem cai no trilho do metrô por estar olhando o celular

E você, consegue tirar os olhos do smartphone?

Uma jovem que prestava atenção ao celular enquanto caminhava caiu nos trilhos do metrô. O caso aconteceu em Madri, na Espanha, e foi divulgado pela própria companhia metroviária para alertar sobre a necessidade de prestar atenção em algo que não seja o celular.

“Para sua segurança, tire os olhos de seu telefone quando estiver caminhando pela plataforma”. Escreveu a página do Metrô em sua conta no Twitter “Não tirar os olhos do celular quando se está esperando o metrô é uma distração que pode sair cara”.

Acompanhe, no vídeo abaixo, o momento da queda:

Felizmente, neste caso a jovem conseguiu rolar para o vão entre o trem e a plataforma, evitando ser atingida. Não sofreu ferimentos graves.

Todavia, são cada vez mais comuns acidentes causados por pessoas que dedicam toda sua atenção ao celular. O trânsito é um grande exemplo disso. O uso de celular durante a direção é a 3ª maior causa de mortes no trânsito brasileiro. São mais de 50 mil mortes por ano!

A maioria das vítimas são jovens, que não conseguem se desconectar.

Durante o programa The Love School – A Escola do Amor”, exibido pela Record TV, o escritor Renato Cardoso ressaltou que “as empresas por trás dos celulares, todas elas, trabalham com arquitetura para viciar o usuário”.

Isso porque o lucro delas está diretamente ligado ao número de cliques que recebem. Quanto mais tempo uma pessoa passa nas redes sociais, mais propagandas ela vê, mais patrocínio essa rede social recebe, mais viciada ela fica e mais ricos ficam os donos das empresas de tecnologia.

“Eles não vão falar isso, o discurso é o oposto, mas a realidade é que o algoritmo, a arquitetura digital, tudo é feito para você passar o máximo de tempo ali no celular. Porque alguém está ganhando com isso. E não é você”.

Ao contrário, você está correndo o risco de cair nos trilhos do metrô. Portanto, esteja atento!

Para conhecer a opinião completa de Renato Cardoso, assista ao vídeo abaixo:


  • Andre Batista / Imagens: Getty Images e Reprodução Twitter @metro_madrid 


reportar erro