Rede aleluia
Igreja é bombardeada e 17 cristãos morrem no Congo
São Paulo
Centro-Oeste
Distrito Federal
Brasília
Goiás
AnápolisGoiânia
Mato Grosso
Cuiabá
Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Nordeste
Alagoas
Maceió
Bahia
Feira de SantanaIlhéusItabunaSalvador
Ceará
Fortaleza
Maranhão
São Luís
Paraíba
João Pessoa
Pernambuco
GaranhunsRecife
Piauí
Teresina
Rio Grande do Norte
Natal
Sergipe
Aracaju
Norte
Acre
Rio Branco
Amapá
Macapá
Amazonas
Manaus
Pará
Belém
Rondônia
Porto Velho
Roraima
Boa Vista
Tocantins
Palmas
Sudeste
Espírito Santo
Vitória
Minas Gerais
Belo HorizonteJuiz de ForaUberlândia
Rio de Janeiro
Angra dos ReisBarra MansaCampos dos GoytacazesMacaéRio de JaneiroVolta RedondaCabo Frio
São Paulo
AraçatubaAraraquaraBauruCampinasCaraguatatubaCatanduvaFrancaJaúJundiaíLimeiraMaríliaPiracicabaPraia GrandePresidente PrudenteRibeirão PretoSantosSão CarlosSão José do Rio PretoSão José dos CamposSão PauloSorocabaTaubatéVotuporanga
Sul
Paraná
CascavelCuritibaFoz do IguaçuLondrinaMaringáPonta Grossa
Rio Grande do Sul
PelotasPorto AlegreRio GrandeSanta Maria
Santa Catarina
Baln. CamboriúBlumenauCriciúmaFlorianópolis

Notícias | 19 de Janeiro de 2023 - 23:24


Igreja é bombardeada e 17 cristãos morrem no Congo

O ataque foi feito por extremistas islâmicos. Entenda

Igreja é bombardeada e 17 cristãos morrem no Congo

No último domingo (15), uma igreja foi bombardeada no leste da República Democrática do Congo, na África Central. O ataque deixou 17 vítimas fatais e dezenas de feridos.

Quadro geral:

Centenas de cristãos se reuniram para oração e batismo no local, quando sofreram com uma explosão causada por extremistas islâmicos das Forças Democráticas Aliadas (ADF).

“Ouvimos um grande estrondo, enquanto estávamos no meio de nosso culto e corremos para ver o que estava acontecendo. A área estava caótica, porque as pessoas estavam gritando e a fumaça enchia todo o lugar. Paramos o que estávamos fazendo e viemos aqui ajudar. Sabíamos que era um ataque, então, abordamos o local com cuidado”, relatou um pastor de uma igreja próxima ao ataque, ao International Christian Concern (ICC).   

Sobre a cena de terror, ele continua contando o que viu: “Membros e outras partes de corpos estão espalhados por toda parte, enquanto mais cadáveres são retirados dos escombros. Muitas pessoas ficaram feridas e estão sendo evacuadas. Não podemos determinar como esse ataque aconteceu ou quantos cristãos foram mortos, mas posso confirmar que se trata de um terrível ataque terrorista”. 

O que você precisa saber:

O ataque aconteceu em Kasindi, uma cidade perto da fronteira com Uganda. Porém, o local nunca tinha sido atingido pela insegurança representada pelos extremistas islâmicos, por haver maior presença de agentes de segurança na região.

Contudo, Uganda vem sofrendo com ataques a cristãos constantemente. Como é possível ver nessas recentes notícias:

Em Uganda, evangelistas são atacados por pregar para mulçumanos

Mulher é morta após se converter ao Senhor Jesus

Cristãos são mortos ao pregar o Evangelho em um barco

Além disso, 19 países do continente africano integram a lista dos piores países para se viver como cristão, de acordo com a organização Portas Abertas. A lista é composta por 50 países. A Portas Abertas monitora os países que mais perseguem cristãos no mundo, e anualmente divulga esse ranking. Saiba mais sobre a lista de 2022, clicando aqui.


Igreja é bombardeada e 17 cristãos morrem no Congo
  • Redação / Foto: iStock 


reportar erro