Rede aleluia
São Paulo
Centro-Oeste
Distrito Federal
Brasília
Goiás
AnápolisGoiânia
Mato Grosso
Cuiabá
Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Nordeste
Alagoas
Maceió
Bahia
Feira de SantanaIlhéusItabunaSalvador
Ceará
Fortaleza
Maranhão
São Luís
Paraíba
João Pessoa
Pernambuco
Recife
Piauí
Teresina
Rio Grande do Norte
Natal
Sergipe
Aracaju
Norte
Acre
Rio Branco
Amapá
Macapá
Amazonas
Manaus
Pará
Belém
Rondônia
Porto Velho
Roraima
Boa Vista
Tocantins
Palmas
Sudeste
Espírito Santo
Vitória
Minas Gerais
Belo HorizonteJuiz de ForaUberlândia
Rio de Janeiro
Angra dos ReisBarra MansaCabo FrioCampos dos GoytacazesMacaéRio de JaneiroVolta Redonda
São Paulo
AraçatubaAraraquaraBauruCampinasCatanduvaFrancaJaúJundiaíLimeiraMaríliaPiracicabaPraia GrandePresidente PrudenteRibeirão PretoSantosSão CarlosSão João da Boa VistaSão José do Rio PretoSão José dos CamposSão PauloSorocabaTaubatéVotuporanga
Sul
Paraná
CascavelCuritibaFoz do IguaçuLondrinaMaringáPonta Grossa
Rio Grande do Sul
PelotasPorto AlegreRio GrandeSanta Maria
Santa Catarina
BlumenauCriciúmaFlorianópolis

Notícias | 3 de outubro de 2018 - 09:19


Idosos conseguem renda extra com curso oferecido por programa social

No Brasil, 33,9% de pessoas com mais de 60 anos que já estão aposentados continuam trabalhando

Idosos de Minas Gerais estão saindo da ociosidade e aprendendo uma nova profissão. Os cursos de cabeleireiro e barbeiro são oferecidos gratuitamente pelo programa social Calebe – grupo que promove atividades para a terceira idade.

Maria Moreira da Costa, de 71 anos, foi uma das alunas dos cursos. Toda segunda-feira, ela dedica parte do seu tempo para retribuir o que aprendeu, cortando o cabelo em ações socais e em asilos.

“A gente tem aquele espírito de jovem dentro da gente. Quando eu entrei no Calebe, me senti útil e pude ver que ainda tinha muita coisa que podia fazer”, explicou Maria.

Mas o sonho dela não para por aí. Até o final do ano, Maria pretende abrir uma barbearia e ter a sua própria clientela.

“As minhas duas filhas casaram e eu fiquei sozinha. Então eu achei por bem montar uma barbearia na minha casa e ter uma renda extra”, concluiu.

No Brasil, 33,9% dos idosos que já estão aposentados continuam trabalhando. Do total, 17% são de trabalhadores autônomos, 10% fazem bicos, 2,1% representam trabalhadores liberais e 1,7% funcionários da iniciativa privada. Os dados são de uma pesquisa realizada em 2016, nas capitais brasileiras, pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL), com pessoas acima de 60 anos.

Para participar

Os interessados podem procurar a sede do Calebe em Belo Horizonte, na Avenida Olegário Maciel, 1206, no bairro de Lourdes.

A duração do curso é de 6 meses e os alunos aprendem a fazer cortes feminino e masculino, colorimetria, escova e barba.

Saiba mais sobre o Calebe

O programa social foi criado no Texas, nos Estados Unidos, em 2009, pelo Bispo Renato Cardoso e, em setembro de 2012, chegou ao Brasil. Atualmente, está em cerca de 70 países.

O Calebe promove interação social, passeios e atividades físicas. O grupo visita asilos, hospitais e residências e seus membros desenvolvem ações de entretenimento, saúde, beleza, orientações sociais, jurídicas e apoio psicológico. São realizadas também palestras, atividades físicas e cursos, de forma regular e gratuita.

Em 2017, foram beneficiados quase 2 milhões de brasileiros.


  • UNIcom / Foto: Cedida 


reportar erro