Rede aleluia
Homem cai morto ao tentar assaltar um grupo de evangélicos acampado em um monte
São Paulo
Centro-Oeste
Distrito Federal
Brasília
Goiás
AnápolisGoiânia
Mato Grosso
Cuiabá
Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Nordeste
Alagoas
Maceió
Bahia
Feira de SantanaIlhéusItabunaSalvador
Ceará
Fortaleza
Maranhão
São Luís
Paraíba
João Pessoa
Pernambuco
Recife
Piauí
Teresina
Rio Grande do Norte
Natal
Sergipe
Aracaju
Norte
Acre
Rio Branco
Amapá
Macapá
Amazonas
Manaus
Pará
Belém
Rondônia
Porto Velho
Roraima
Boa Vista
Tocantins
Palmas
Sudeste
Espírito Santo
Vitória
Minas Gerais
Belo HorizonteJuiz de ForaUberlândia
Rio de Janeiro
Angra dos ReisBarra MansaCampos dos GoytacazesMacaéRio de JaneiroVolta RedondaCabo Frio
São Paulo
AraçatubaAraraquaraBauruCampinasCatanduvaFrancaJaúJundiaíLimeiraMaríliaPiracicabaPraia GrandePresidente PrudenteRibeirão PretoSantosSão CarlosSão João da Boa VistaSão José do Rio PretoSão José dos CamposSão PauloSorocabaTaubatéVotuporanga
Sul
Paraná
CascavelCuritibaFoz do IguaçuLondrinaMaringáPonta Grossa
Rio Grande do Sul
PelotasPorto AlegreRio GrandeSanta Maria
Santa Catarina
BlumenauCriciúmaFlorianópolis

Notícias | 9 de Junho de 2021 - 21:31


Homem cai morto ao tentar assaltar um grupo de evangélicos acampado em um monte

Caso repercutiu nos noticiários e nas redes sociais. Entenda o que aconteceu

Homem cai morto ao tentar assaltar um grupo de evangélicos acampado em um monte

A notícia do assaltante que teve um mal súbito e caiu morto no local, ao tentar roubar um grupo de religiosos que estava acampado em Ribeirão das Neves, munícipio do estado de Minas Gerais, no último sábado (05), repercutiu nos noticiários e nas redes sociais.

De acordo com a reportagem exibida pela Record TV Minas, o grupo estava acampado no monte há dois dias quando foi surpreendido por 2 homens, um deles armado, que apontando a arma para as vítimas disse que só queria os celulares. Posteriormente foi verificado que a arma era de mentira.

Foi neste momento que o pastor que integrava o grupo, estendeu as mãos para o assaltante e disse: “Jovem, não faça isso. Jesus te ama, nós somos homens de Deus. Ele só virou o olho e caiu para trás, já morto”, contou à reportagem.

O comparsa também passou mal no local, mas foi amparado pelos religiosos e, arrependido, pediu perdão e ajuda para sair dali, ao que foi atendido. No entanto, nessa terça-feira (08), ele se entregou à Polícia Civil.

Em entrevista à Radio Itatiaia, o suspeito diz estar arrependido e que deseja se tornar um homem de Deus: “Eu estou muito arrependido do que eu fiz lá no monte. Eu quero ser homem de Deus. Eu não quero essa vida mais. Essa vida não presta”.

Veja também: Comparsa de homem que morreu durante assalto se arrepende

Outros fatos impactantes

Ele ainda se recordou do momento do assalto, quando o pastor estendeu a mão para o seu comparsa e disse que Jesus o amava muito e pediu para que ele não fizesse aquilo, pois eles eram homens de Deus, o amigo respondeu que não queria saber se ele era crente. Foi nessa hora que ele caiu.

Não é a primeira vez que fatos impactantes assim acontecem. Em abril do ano passado noticiamos o incêndio que destruiu o Mercado Modelo de Limeira (interior paulista) e no meio dos escombros foram encontradas duas Bíblias quase intactas.

Ainda em 2020, explosões que destruíram grande parte de Beirute, capital do Líbano, deixando cem mortes, quatro mil feridos e inúmeros desaparecidos, não atingiram o prédio da Igreja Universal, embora as edificações em torno tenham sido todas afetadas.

Outro fato, também ocorrido em 2020, se deu quando um prédio residencial no Japão pegou fogo e tomou conta dos apartamentos e dos carros que estavam no estacionamento. As imagens são de completa destruição. Os moradores do local perderam seus pertences e suas residências. Todavia, o imóvel do obreiro da Universal, Walter Shimabukuro, de 50 anos, não foi atingido pelas chamas.

Pelo contrário, os móveis continuaram no local, as paredes, que são de gesso, não se queimaram, tampouco a porta principal do apartamento foi danificada. Relembre o caso, clicando aqui.

Em 2016, no Tennessee, Estados Unidos, uma Bíblia foi retirada intacta do interior de um veículo em chamas que ficou completamente destruído.

A oportunidade é dada a todos

Diante desses fatos, e tantos outros que acontecem em toda a parte, fica claro que a oportunidade é dada a todos, independentemente de quem seja, e também para mostrar que de Deus não se zomba, pois o Seu poder excede todas as coisas. E embora muitos duvidem, uma coisa é certa: há proteção para aqueles que servem a Deus e risco de morte para os que zombam das Escrituras Sagradas.

“Deus faz com que essas coisas aconteçam como prova viva para aqueles mais incrédulos. Deus deixa esses sinais claríssimos para que as pessoas vejam como Deus age com os que são deles”, destaca o Bispo Renato Cardoso.

No caso desses dois rapazes, que tentaram fazer o assalto a esses homens de Deus, o Senhor deu a eles a oportunidade de se arrependerem, como fez com os ladrões na cruz. Mas, lamentavelmente, em ambos os casos, só um deles agarrou essa chance. Mas a oportunidade é e sempre será dada a todos.

“Porque o Filho do Homem veio buscar e salvar o que se havia perdido.” Lucas 19:10


Homem cai morto ao tentar assaltar um grupo de evangélicos acampado em um monte
  • Jeane Vidal / Foto: Reprodução Record TV 


reportar erro