Rede aleluia
Prédio residencial pega fogo, mas apartamento de obreiro da Universal não é atingido. Seria uma coincidência?
São Paulo
Centro-Oeste
Distrito Federal
Brasília
Goiás
AnápolisGoiânia
Mato Grosso
Cuiabá
Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Nordeste
Alagoas
Maceió
Bahia
Feira de SantanaIlhéusItabunaSalvador
Ceará
Fortaleza
Maranhão
São Luís
Paraíba
João Pessoa
Pernambuco
Recife
Piauí
Teresina
Rio Grande do Norte
Natal
Sergipe
Aracaju
Norte
Acre
Rio Branco
Amapá
Macapá
Amazonas
Manaus
Pará
Belém
Rondônia
Porto Velho
Roraima
Boa Vista
Tocantins
Palmas
Sudeste
Espírito Santo
Vitória
Minas Gerais
Belo HorizonteJuiz de ForaUberlândia
Rio de Janeiro
Angra dos ReisBarra MansaCabo FrioCampos dos GoytacazesMacaéRio de JaneiroVolta Redonda
São Paulo
AraçatubaAraraquaraBauruCampinasCatanduvaFrancaJaúJundiaíLimeiraMaríliaPiracicabaPraia GrandePresidente PrudenteRibeirão PretoSantosSão CarlosSão João da Boa VistaSão José do Rio PretoSão José dos CamposSão PauloSorocabaTaubatéVotuporanga
Sul
Paraná
CascavelCuritibaFoz do IguaçuLondrinaMaringáPonta Grossa
Rio Grande do Sul
PelotasPorto AlegreRio GrandeSanta Maria
Santa Catarina
BlumenauCriciúmaFlorianópolis

Notícias | 10 de agosto de 2020 - 16:40


Prédio residencial pega fogo, mas apartamento de obreiro da Universal não é atingido. Seria uma coincidência?

A situação revela a diferença na vida daqueles que servem a Deus. Saiba mais

Prédio residencial pega fogo, mas apartamento de obreiro da Universal não é atingido. Seria uma coincidência?

As cenas até parecem de um filme, mas o que aconteceu em um condomínio residencial em Nagahama, no Japão, foi real. O fogo tomou conta dos apartamentos e dos carros que estavam no estacionamento.

As imagens são de completa destruição. Os moradores do local perderam seus pertences e suas residências.

Todavia, o imóvel do obreiro da Universal Walter Shimabukuro, de 50 anos, não foi atingido pelas chamas. Pelo contrário, os móveis continuaram no local, as paredes, que são de gesso, não se queimaram, tampouco a porta principal do apartamento foi danificada.

“Fomos pegos de surpresa. Tivemos a notícia que houve vazamento de gás, explosões e estava pegando fogo. E neste momento, eu e minha esposa estávamos trabalhando”, disse.

Diante do livramento, Walter garante que o que lhe guardou foi sua fidelidade a Deus. “Aquilo que é de Deus, o maligno não toca. E foi o que aconteceu com a gente aqui. Eu sou fiel a Deus, devolvo meus dízimos a Deus como está escrito”, disse.

Além disso, Walter ainda pontuou que a proteção de Deus também se estendeu para outras pessoas. “Deus guardou tudo o que é nosso, nem um papel pegou fogo. Como Deus guardou o meu, então o (apartamento) do lado esquerdo e direito também não foram afetados”, comentou.

Veja o vídeo que Walter gravou no local do incêndio:

A diferença

Neste domingo, 9 de agosto, durante uma reunião no Templo de Salomão, o Bispo Renato Cardoso, explicou que situações como esta acontecem para que o mundo veja a diferença na vida de quem serve a Deus.

“Deus faz com que essas coisas aconteçam como prova viva para aqueles mais incrédulos. Deus deixa esses sinais claríssimos para que as pessoas vejam como Deus age com os que são deles”, ensinou o Bispo.

E eles serão meus, diz o Senhor dos Exércitos; naquele dia serão para mim jóias; poupá-los-ei, como um homem poupa a seu filho, que o serve.

Então voltareis e vereis a diferença entre o justo e o ímpio; entre o que serve a Deus, e o que não o serve. Malaquias 3:17,18

O Bispo ainda pontuou que essa diferença, descrita no versículo acima, não significa ser melhor.

“Diferente é diferente. O que acontece com os outros, não acontece com você e o que acontece com você não acontece com os outros. Se você é fiel a Deus e todo mundo está passando uma grande dificuldade durante a pandemia, você tem que prosperar no meio da pandemia. Tem que haver uma diferença”, destacou o Bispo.

Clamor da diferença

No próximo domingo, na fé da diferença, em todos os templos da Universal, acontecerá o clamor pela diferença. Todos os que são fiéis a Deus se colocarão diante do Seu altar para clamar pela diferença que Ele promete em prometeu em Sua Palavra.

“Você vai devolver os 10% para Deus e vai também reivindicar que aquilo que está dizimado o diabo não venha tocar. O fogo não tocou (na casa de Walter). Deus colocou a proteção e assim será com aqueles que são fiéis”, concluiu o Bispo.

Faça uma aliança de fidelidade com Deus e tenha a certeza de que Ele não deixará que lhe falte nada.

Procure uma Universal, neste domingo (16), e apresente suas fidelidades a Deus. Clique aqui e encontre uma Universal mais próxima de você.


Prédio residencial pega fogo, mas apartamento de obreiro da Universal não é atingido. Seria uma coincidência?
  • Rafaela Dias / Fotos: Reprodução 


reportar erro