Rede aleluia
Facebook e Twitter perdem valor de mercado após banir Donald Trump
São Paulo
Centro-Oeste
Distrito Federal
Brasília
Goiás
AnápolisGoiânia
Mato Grosso
Cuiabá
Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Nordeste
Alagoas
Maceió
Bahia
Feira de SantanaIlhéusItabunaSalvador
Ceará
Fortaleza
Maranhão
São Luís
Paraíba
João Pessoa
Pernambuco
Recife
Piauí
Teresina
Rio Grande do Norte
Natal
Sergipe
Aracaju
Norte
Acre
Rio Branco
Amapá
Macapá
Amazonas
Manaus
Pará
Belém
Rondônia
Porto Velho
Roraima
Boa Vista
Tocantins
Palmas
Sudeste
Espírito Santo
Vitória
Minas Gerais
Belo HorizonteJuiz de ForaUberlândia
Rio de Janeiro
Angra dos ReisBarra MansaCampos dos GoytacazesMacaéRio de JaneiroVolta RedondaCabo Frio
São Paulo
AraçatubaAraraquaraBauruCampinasCatanduvaFrancaJaúJundiaíLimeiraMaríliaPiracicabaPraia GrandePresidente PrudenteRibeirão PretoSantosSão CarlosSão João da Boa VistaSão José do Rio PretoSão José dos CamposSão PauloSorocabaTaubatéVotuporanga
Sul
Paraná
CascavelCuritibaFoz do IguaçuLondrinaMaringáPonta Grossa
Rio Grande do Sul
PelotasPorto AlegreRio GrandeSanta Maria
Santa Catarina
BlumenauCriciúmaFlorianópolis

Notícias | 14 de Janeiro de 2021 - 20:22


Facebook e Twitter perdem valor de mercado após banir Donald Trump

Somando, as duas empresas tiveram uma perda de mais de U$50 bilhões. Entenda

Facebook e Twitter perdem valor de mercado após banir Donald Trump

Depois de decidirem banir o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, de suas plataformas, o Facebook e o Twitter viram seu valor de mercado despencar. Somando, as duas empresas perderam U$51,2 bilhões na Nasdaq e na Bolsa de Valores de Nova York.

Com a atitude, o Facebook teve de lidar com a perda de U$47,6 bilhões em seu valor de mercado, enquanto o Twitter viu seu valor cair em U$3,5 bilhões.

Para justificar a decisão de banir o presidente, as plataformas afirmaram que Donald Trump oferece um grande risco de violência. 

“Acreditamos que os riscos de permitir que o presidente continue usando nossa plataforma durante este período é simplesmente grande demais”, disse o fundador do Facebook, Mark Zuckerberg.

A onda de restrições ao presidente aconteceu após as invasões ao Capitólio, que ocorreram na semana passada. Segundo o Facebook, que também é dono do Instagram e WhatsApp, o presidente estaria incitando a violência e, por isso, não poderia utilizar seus canais “até que a transição pacífica de poder esteja concluída”.

O que está por trás deste banimento?

Mas é importante refletir sobre este banimento de Donald Trump das redes sociais. Pois essa situação acendeu um debate acerca da liberdade de expressão, da transparência e da coerência sobre as diretrizes de moderação. Clique aqui e entenda melhor.


Facebook e Twitter perdem valor de mercado após banir Donald Trump
  • Rafaela Dias / Foto: Getty Images 


reportar erro