Rede aleluia
Ex-líderes muçulmanos são caçados pelo Islã após conversão ao Senhor Jesus
São Paulo
Centro-Oeste
Distrito Federal
Brasília
Goiás
AnápolisGoiânia
Mato Grosso
Cuiabá
Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Nordeste
Alagoas
Maceió
Bahia
Feira de SantanaIlhéusItabunaSalvador
Ceará
Fortaleza
Maranhão
São Luís
Paraíba
João Pessoa
Pernambuco
GaranhunsRecife
Piauí
Teresina
Rio Grande do Norte
Natal
Sergipe
Aracaju
Norte
Acre
Rio Branco
Amapá
Macapá
Amazonas
Manaus
Pará
Belém
Rondônia
Porto Velho
Roraima
Boa Vista
Tocantins
Palmas
Sudeste
Espírito Santo
Vitória
Minas Gerais
Belo HorizonteJuiz de ForaUberlândia
Rio de Janeiro
Angra dos ReisBarra MansaCampos dos GoytacazesMacaéRio de JaneiroVolta RedondaCabo Frio
São Paulo
AraçatubaAraraquaraBauruCampinasCaraguatatubaCatanduvaFrancaJaúJundiaíLimeiraMaríliaPiracicabaPraia GrandePresidente PrudenteRibeirão PretoSantosSão CarlosSão José do Rio PretoSão José dos CamposSão PauloSorocabaTaubatéVotuporanga
Sul
Paraná
CascavelCuritibaFoz do IguaçuLondrinaMaringáPonta Grossa
Rio Grande do Sul
PelotasPorto AlegreRio GrandeSanta Maria
Santa Catarina
Baln. CamboriúBlumenauCriciúmaFlorianópolis

Notícias | 5 de Setembro de 2022 - 20:27


Ex-líderes muçulmanos são caçados pelo Islã após conversão ao Senhor Jesus

Entenda o que aconteceu na Uganda

Ex-líderes muçulmanos são caçados pelo Islã após conversão ao Senhor Jesus

Um líder muçulmano dedica anos de sua vida para treinamentos, a fim de se tornar um clérigo profissional no Islamismo. Eles são conhecidos como imãs. Agora, já imaginou um homem como esse se render ao Senhor Jesus e se converter? Isso aconteceu não só com um, mas com três imãs muçulmanos em Uganda, na África Oriental.

O que você precisa saber:

De acordo com o portal Persecution, isso não é raro de acontecer, mas recentemente, três desses homens, que possuem grande influência e são formadores de opinião na sua comunidade, se converteram ao Cristianismo.

Eles se chamam Tamir, Salomon e Michael, e agora estão sendo caçados por suas antigas comunidades, por causa da sua fé.

O que aconteceu com eles:
  • Tamir – A sua família descobriu a sua conversão quando ele foi batizado e, por conta disso, foi expulso da família e teve a casa completamente destruída. Agora está sendo abrigado por um pastor local.
  • Salomon – Deixou seu cargo em uma mesquita e agora vive escondido com sua família, de cinco pessoas. Seus amigos e familiares muçulmanos o estão caçando para matá-lo por se converter ao Cristianismo.
  • Michael – Ele e sua esposa se batizaram juntos, logo após a conversão. Atualmente, ele está sendo caçado  pelos anciões muçulmanos que investiram nele durante seu treinamento e corre o risco de ser morto se o encontrarem.
O que analisar: 

Mesmo sabendo que seriam perseguidos e caçados por conta da sua fé, eles não tiveram medo de assumir a sua decisão por amor a Cristo, estando certos da recompensa vindoura.

“Em verdade vos digo que ninguém há, que tenha deixado casa, ou irmãos, ou irmãs, ou pai, ou mãe, ou mulher, ou filhos, ou campos, por amor de mim e do evangelho. Que não receba cem vezes tanto, já neste tempo, em casas, e irmãos, e irmãs, e mães, e filhos, e campos, com perseguições; e no século futuro a vida eterna.” Marcos 10.29-30

Veja também:

Como é a atuação da Universal em Uganda, na África Oriental

Em meio à perseguição severa, cantora chinesa se declara cristã e assume a sua fé


Ex-líderes muçulmanos são caçados pelo Islã após conversão ao Senhor Jesus
  • Redação / Foto: iStock 


reportar erro