Rede aleluia
“Eu mesma não sabia o meu valor”
São Paulo
Centro-Oeste
Distrito Federal
Brasília
Goiás
AnápolisGoiânia
Mato Grosso
Cuiabá
Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Nordeste
Alagoas
Maceió
Bahia
Feira de SantanaIlhéusItabunaSalvador
Ceará
Fortaleza
Maranhão
São Luís
Paraíba
João Pessoa
Pernambuco
GaranhunsRecife
Piauí
Teresina
Rio Grande do Norte
Natal
Sergipe
Aracaju
Norte
Acre
Rio Branco
Amapá
Macapá
Amazonas
Manaus
Pará
Belém
Rondônia
Porto Velho
Roraima
Boa Vista
Tocantins
Palmas
Sudeste
Espírito Santo
Vitória
Minas Gerais
Belo HorizonteJuiz de ForaUberlândia
Rio de Janeiro
Angra dos ReisBarra MansaCampos dos GoytacazesMacaéRio de JaneiroVolta RedondaCabo Frio
São Paulo
AraçatubaAraraquaraBauruCampinasCaraguatatubaCatanduvaFrancaJaúJundiaíLimeiraMaríliaPiracicabaPraia GrandePresidente PrudenteRibeirão PretoSantosSão CarlosSão José do Rio PretoSão José dos CamposSão PauloSorocabaTaubatéVotuporanga
Sul
Paraná
CascavelCuritibaFoz do IguaçuLondrinaMaringáPonta Grossa
Rio Grande do Sul
PelotasPorto AlegreRio GrandeSanta Maria
Santa Catarina
Baln. CamboriúBlumenauCriciúmaFlorianópolis

Notícias | 7 de Agosto de 2022 - 00:05


“Eu mesma não sabia o meu valor”

Depois de recuperar a autoestima, Adriana Santos construiu uma relação baseada no amor inteligente ao lado de Ismael Ferreira

“Eu mesma não sabia o meu valor”

Em Salvador (BA) vive a esteticista Adriana Santos de Araújo, de 33 anos. Ela conta que sofreu na vida amorosa e, em decorrência disso, não reconhecia o próprio valor e, por isso, continuou a buscá-lo em outros relacionamentos. “Eu vivi um relacionamento abusivo, em que era agredida física e psicologicamente, além de sofrer com o desprezo e muitas traições. Entre idas e vindas nesse relacionamento, acabei me envolvendo com outras pessoas que só queriam curtição, enquanto eu esperava que alguém me valorizasse, mas eu mesma não sabia o meu valor e, por isso sofri muitas decepções, a ponto de ter tentado o suicídio por achar que seria o fim da dor na minha alma”, diz.

Foi em 2014, ao assistir a um programa da Universal na TV, que uma pontinha de esperança se acendeu em seu interior e a levou a buscar ajuda: “foi quando comecei a frequentar a Terapia do Amor na Catedral de Salvador, que ficava a uma hora da minha cidade. O meu desejo de mudar e ser feliz era tão grande que eu sacrificava qualquer compromisso que surgisse às quintas-feiras para estar lá”.

Adriana enfatiza que passou pelo processo de cura interior, superou os traumas do passado e aprendeu a se valorizar. “Entendi que não deveria me envolver com outras pessoas para preencher o vazio que somente a Presença de Deus é capaz de ocupar. Por isso, passei a focar na minha vida espiritual. Foi quando apareceram homens com muitas promessas, mas me mantive no foco de não errar mais no amor.

Decidi que não me envolveria mais com ninguém que não fosse da Vontade de Deus.”

Ela reitera que obedecia a tudo o que era ensinado no Altar, colocou Deus em primeiro lugar em sua vida e investiu em sua fé. “Em uma campanha da Fogueira Santa, em um ato de fé, escrevi em uma folha de papel todas as características do homem que eu queria em minha vida e que, acima de tudo, ele fosse temente a Deus e o Senhor me honrou”, conta.

Em março de 2017, depois de uma reunião de domingo na Universal, Adriana conheceu o consultor de vendas Ismael Ferreira Leite, de 40 anos. Ele morava em Minas Gerais e tinha ido à Bahia para visitar a avó. Na mesma semana, ele voltou para Minas Gerais, mas os dois continuaram conversando por telefone e pelas redes sociais.

Após um ano de amizade e propósitos de oração, Ismael venceu a distância que os separava e voltou à Bahia para oficializar o pedido de namoro. Ele, que também passou por relacionamentos que não deram certo antes de conhecer Adriana, destaca a importância das palestras para viver o amor inteligente: “a Terapia nos ajudou muito a tomarmos decisões corretas, baseadas na fé e não nas emoções.

Aprendemos que primeiro a pessoa precisa se curar de relacionamentos antigos, deixar o passado para trás e recomeçar de forma correta”, diz.

Após o namoro e o noivado, eles selaram o matrimônio em 25 de janeiro de 2020, em uma cerimônia realizada na Bahia, onde vivem atualmente. Segundo o casal, a bênção de Deus é a razão para a felicidade a dois. “O dia do nosso casamento foi uma data muito especial, pois ali vimos o plano de Deus se cumprir em nossas vidas.

Cremos que a bênção de Deus foi derramada em nossas vidas durante a cerimônia. Nosso casamento é maravilhoso, somos felizes, parceiros e decidimos tudo juntos”, afirma Adriana.

Agora eles fazem a manutenção do amor inteligente na Terapia do Amor. “Um relacionamento só é duradouro quando Deus é a base. Quando O colocamos à frente tudo dá certo e o mal não nos toca”, conclui Ismael.


“Eu mesma não sabia o meu valor”
  • Kelly Lopes / Fotos: arquivo pessoal 


reportar erro