Rede aleluia
São Paulo
Centro-Oeste
Distrito Federal
Brasília
Goiás
AnápolisGoiânia
Mato Grosso
Cuiabá
Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Nordeste
Alagoas
Maceió
Bahia
Feira de SantanaIlhéusItabunaSalvador
Ceará
Fortaleza
Maranhão
São Luís
Paraíba
João Pessoa
Pernambuco
Recife
Piauí
Teresina
Rio Grande do Norte
Natal
Sergipe
Aracaju
Norte
Acre
Rio Branco
Amapá
Macapá
Amazonas
Manaus
Pará
Belém
Rondônia
Porto Velho
Roraima
Boa Vista
Tocantins
Palmas
Sudeste
Espírito Santo
Vitória
Minas Gerais
Belo HorizonteJuiz de ForaUberlândia
Rio de Janeiro
Angra dos ReisBarra MansaCabo FrioCampos dos GoytacazesMacaéRio de JaneiroVolta Redonda
São Paulo
AraçatubaAraraquaraBauruCampinasCatanduvaFrancaJaúJundiaíLimeiraMaríliaPiracicabaPresidente PrudenteRibeirão PretoSantosSão CarlosSão João da Boa VistaSão José do Rio PretoSão José dos CamposSão PauloSorocabaTaubatéVotuporanga
Sul
Paraná
CascavelCuritibaFoz do IguaçuLondrinaMaringáPonta Grossa
Rio Grande do Sul
PelotasPorto AlegreRio GrandeSanta Maria
Santa Catarina
BlumenauCriciúmaFlorianópolis

Notícias | 16 de fevereiro de 2020 - 00:05


EBI ensina a Palavra de Deus por meio de atividades lúdicas

Projeto no Mato Grosso acontece duas vezes ao ano. Confira

O período de férias de muitas crianças é um tempo de descanso das tarefas escolares. Nesta época, elas têm mais disponibilidade para praticar atividades lúdicas que valorizam o aprendizado da importância da Palavra de Deus. Pensando nisso, a Escola Bíblica Infantil (EBI) do Mato Grosso organizou recentemente ações para os pequenos entre 2 e 10 anos. Em todo o Estado, a EBI atende, em média, 12 mil crianças.

O projeto chamado de Escola Bíblica de Férias acontece duas vezes ao ano. Neste início de 2020, as educadoras voluntárias da EBI realizaram ações diferenciadas: Dia da Culinária Kids, Brincando e Aprendendo e Oficina de Artes. As atividades do projeto de férias aconteceram de domingo a sexta-feira, nas salas dedicadas à EBI, nos horários das principais reuniões.

Ensinando a importância da Palavra
Além de passar aos pequenos os ensinamentos bíblicos e levar uma palavra de Fé e Salvação, as educadoras buscam pelos melhores recursos didáticos, sempre atentas às necessidades das crianças. Dessa forma, conseguem incentivar e facilitar o entendimento das crianças e estimular a interação delas com os amigos, com os colegas de escola e com a família.

A responsável pela EBI do Mato Grosso, Larissa Lopes da Silva, explicou cada uma das atividades desenvolvidas nesse período: “na ação de culinária, as crianças tornam-se chefs de cozinha por um dia, de maneira segura e divertida. Elas colocam a mão na massa e usam a criatividade. Com ajuda das educadoras, enfeitam cupcakes e depois os levam para os pais e responsáveis. Assim, desenvolvem um trabalho em grupo e se divertem, criam laços de respeito com o próximo e também com o alimento, que é algo sagrado. Ensinamos que o desperdício é errado e que é sempre bom dividir com o próximo”, contou.

Na oficina de artes, as crianças demonstram seu lado artístico. “Por meio da pintura, do desenho e da colagem, elas apresentam o que entenderam da aula que tiveram antes. O objetivo é incentivar e explorar o lado criativo delas e lhes dar a possibilidade de se expressarem”, disse Larissa.

Ela falou também da ação Brincando e Aprendendo, que é interativa: “a atividade procura ensinar às crianças a Palavra de Deus e a importância dEla para suas vidas, de uma forma leve e dinâmica, utilizando recursos visuais e didáticos. Elas aprendem por meio das histórias bíblicas e dos heróis da Fé”, concluiu Larissa.

“Aprendi a usar a fé para vencer as lutas”
A auxiliar administrativa Vitória Alves, de 18 anos, é educadora voluntária. Ela conta que foi na EBI que aprendeu o que era a Fé e como usá-la. Agora, ela exerce com muito amor e gratidão o papel importante de levar a Palavra de Deus aos pequeninos.

“Cheguei à Igreja com 3 anos e uma educadora abordou minha mãe para explicar a ela como o trabalho era realizado. Lembro-me que fui recebida com muito carinho. Foi na EBI que aprendi a usar a Fé para vencer as lutas. Apesar de ser bem novinha, já entendia um pouco os problemas que meus pais enfrentavam no casamento e sofria com a situação. As educadoras me ajudaram com propósitos e orações. O casamento deles foi restaurado”, relatou.

Ela também enfatizou a importância do papel das voluntárias: “vivemos em um mundo que, muitas vezes, é contra os princípios da Fé e do caráter íntegro. Nosso papel como educadoras na EBI é levar cada pequeno a conhecer a Deus de fato e ensinar as crianças para que possam ser futuros jovens e adultos de bem”.

Conheça a Escola Bíblica Infantil
Cerca de 1,2 milhão de crianças entre zero e 10 anos são atendidas na Escola Bíblica Infantil (EBI). No Brasil, o trabalho acontece em 26 Estados e no Distrito Federal. Também são desenvolvidas atividades em mais 48 países nos continentes africano, norte-americano, asiático e europeu.

Se você deseja ser voluntária na EBI, entre em contato com a Central EBI Brasil pelo e-mail falecomebibrasil@gmail.com ou pelo WhatsApp (11) 95056-7723.


  • Michele Roza / Fotos: Cedidas 


reportar erro