Rede aleluia
São Paulo
Centro-Oeste
Distrito Federal
Brasília
Goiás
AnápolisGoiânia
Mato Grosso
Cuiabá
Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Nordeste
Alagoas
Maceió
Bahia
Feira de SantanaIlhéusItabunaSalvador
Ceará
Fortaleza
Maranhão
São Luís
Paraíba
João Pessoa
Pernambuco
Recife
Piauí
Teresina
Rio Grande do Norte
Natal
Sergipe
Aracaju
Norte
Acre
Rio Branco
Amapá
Macapá
Amazonas
Manaus
Pará
Belém
Rondônia
Porto Velho
Roraima
Boa Vista
Tocantins
Palmas
Sudeste
Espírito Santo
Vitória
Minas Gerais
Belo HorizonteJuiz de ForaUberlândia
Rio de Janeiro
Angra dos ReisBarra MansaCabo FrioCampos dos GoytacazesMacaéRio de JaneiroVolta Redonda
São Paulo
AraçatubaAraraquaraBauruCampinasCatanduvaFrancaJaúJundiaíLimeiraMaríliaPiracicabaPraia GrandePresidente PrudenteRibeirão PretoSantosSão CarlosSão João da Boa VistaSão José do Rio PretoSão José dos CamposSão PauloSorocabaTaubatéVotuporanga
Sul
Paraná
CascavelCuritibaFoz do IguaçuLondrinaMaringáPonta Grossa
Rio Grande do Sul
PelotasPorto AlegreRio GrandeSanta Maria
Santa Catarina
BlumenauCriciúmaFlorianópolis

Notícias | 5 de setembro de 2019 - 11:31


Dados preocupantes sobre o “Dia do Sexo” que você deveria saber

Aprenda o que o ato realmente representa diante de Deus

Nos últimos anos, o dia 6 de setembro tem sido celebrado como o Dia do Sexo para os brasileiros. A data foi a criação da equipe de marketing de uma empresa de preservativos. Funcionou tão bem que boa parte da população tem lembrado da data.

Contudo, muitas pessoas estão utilizando o dia como pretexto para fazer sexo com qualquer pessoa ou mesmo trair seu cônjuge. Uma pesquisa realizada por uma rede social especializada em infidelidade revelou os seguintes números:

– 93% dos usuários do site que vão comemorar o dia do sexo farão isso sem o seu cônjuge.

– 83% dessas pessoas vão comemorar com os amantes fixos.

Outros dados relevantes – e preocupantes – foi revelado por uma rede social “exclusiva para maiores de idade”. Em uma pesquisa destinada a descobrir quais as maiores fantasias sexuais dos brasileiros, os resultados foram os seguintes:

– 60% dos homens e 53% das mulheres desejam fazer sexo à três;

– 48,5% dos homens e 33% das mulheres fantasiam em fazer sexo com mais de três pessoas ao mesmo tempo;

– 56% das mulheres e 46% dos homens querem ir para a cama com um desconhecido.

Diante dessas respostas, será que é possível dizer que o brasileiro sabe realmente o verdadeiro significado do sexo?

A maneira incorreta de celebrar

Muitas pessoas acreditam que a relação sexual envolve apenas o corpo físico. Mas isso é mentira, como explica a escritora Cristiane Cardoso, autora do livro “Casamento Blindado 2.0”:

“Dizem que é só físico, só sexo. Mas não é. Há uma ligação muito grande quando você tem sexo com uma pessoa”. A Bíblia diz em 1 Coríntios 6:16: Ou não sabeis que o que se ajunta com a meretriz, faz-se um corpo com ela? Porque diz, serão dois uma só carne.”

De fato, conforme já explicou o escritor Renato Cardoso em seu blog pessoal, “o ato conjugal, conforme idealizado por Deus, é o ápice do conhecimento mútuo entre o homem e a mulher. É o encontro e a troca de corpos, almas, e espíritos. É a entrega total de um para o outro, com o intuito primordial de colocar o prazer da outra pessoa em primeiro lugar”.

Evidentemente, as pessoas não têm tratado o ato sexual conforme foi idealizado por Deus. Ao contrário: poucos na sociedade atual esperam pelo casamento. O sexo é banalizado e as consequências são graves.

“É exatamente por essa forma de tratar o sexo como casual, transacional, física, que, muitas vezes, as pessoas depois que se casam não veem o sexo como algo importante”, explica Renato Cardoso.

De acordo com ele, “normalmente, a experiência sexual que as pessoas têm antes do casamento não tem nada a ver com o que o sexo realmente é e deveria ser. Então elas têm experiências ruins”.

São experiências marcadas pelo egoísmo, pelo imediatismo e pela frustração nos dias que se seguem. Com memórias tão desastrosas, não é de se espantar que, mesmo após o casamento, o interesse pela vida sexual diminua.

Não tem que ser assim

Quer saber mais sobre o assunto? Assista ao DVD “Sexo em um Casamento Blindado”, de Renato e Cristiane Cardoso. Os palestrantes esclarecem dúvidas e explicam, de forma descontraída e sem rodeios, pormenores da vida sexual do casal que vão abrir sua mente. Casados serão imediatamente beneficiados. Noivos se sentirão preparados para o casamento. Solteiros se sentirão mil anos-luz à frente de seus amigos. O presente ideal para você.


  • Andre Batista / Foto: Getty Images 


reportar erro