Rede aleluia
São Paulo
Centro-Oeste
Distrito Federal
Brasília
Goiás
AnápolisGoiânia
Mato Grosso
Cuiabá
Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Nordeste
Alagoas
Maceió
Bahia
Feira de SantanaIlhéusItabunaSalvador
Ceará
Fortaleza
Maranhão
São Luís
Paraíba
João Pessoa
Pernambuco
Recife
Piauí
Teresina
Rio Grande do Norte
Natal
Sergipe
Aracaju
Norte
Acre
Rio Branco
Amapá
Macapá
Amazonas
Manaus
Pará
Belém
Rondônia
Porto Velho
Roraima
Boa Vista
Tocantins
Palmas
Sudeste
Espírito Santo
Vitória
Minas Gerais
Belo HorizonteJuiz de ForaUberlândia
Rio de Janeiro
Angra dos ReisBarra MansaCabo FrioCampos dos GoytacazesMacaéRio de JaneiroVolta Redonda
São Paulo
AraçatubaAraraquaraBauruCampinasCatanduvaFrancaJaúJundiaíLimeiraMaríliaPiracicabaPraia GrandePresidente PrudenteRibeirão PretoSantosSão CarlosSão João da Boa VistaSão José do Rio PretoSão José dos CamposSão PauloSorocabaTaubatéVotuporanga
Sul
Paraná
CascavelCuritibaFoz do IguaçuLondrinaMaringáPonta Grossa
Rio Grande do Sul
PelotasPorto AlegreRio GrandeSanta Maria
Santa Catarina
BlumenauCriciúmaFlorianópolis

Notícias | 20 de maio de 2020 - 15:22


Atividades do Calebe motivam idosos durante distanciamento social

O período de quarentena e distanciamento social, devido à pandemia da COVID-19, pode ser um agravante para os idosos que estão reclusos, sozinhos ou mesmo na companhia de familiares. Muitos, acostumados a conviver com amigos, participar de grupos e atividades fora de casa, para evitar o contágio com o novo coronavírus, se encontram praticamente impedidos de sair.

Para diminuir esse impacto do isolamento, o ideal é que os idosos adequem a sua rotina de atividades em casa e também mantenham o contato com familiares e amigos, mesmo que isso seja feito a distância. Pensando nisso, o grupo Calebe vem realizando com os seus integrantes tarefas semanais. São videoaulas enviadas por meio de aplicativos de mensagem, transmissões ao vivo e outras atividades nas redes sociais do grupo, como o Desafio da Semana.

Todo início de semana, o grupo publica na rede social uma tarefa diferente que os calebes devem cumprir. Em todo o Brasil, os responsáveis pelo grupo também recebem a mesma orientação e reforçam a divulgação na sua localidade por meio das mídias sociais. O primeiro desafio foi a leitura de um livro à escolha do idoso. Eles deveriam ao longo da leitura, postar uma foto com o livro e compartilhar um comentários sobre os ensinamento adquiridos.

“Atividades como essa levam um benefício muito grande ao idoso. A leitura, por exemplo, além do bem-estar físico, traz o benefício espiritual, ao ler uma mensagem edificante para a vida, que vem de Deus. Ademais, as atividades motivam os idosos que já fazem parte do grupo e aquelas pessoas que estão sendo convidadas por eles a participar também. Ele dão um exemplo muito bom”, comentou o Bispo Antônio Santana, responsável pelo Calebe no Brasil.

Ensinamentos valiosos e fé renovada

Os resultados do desafio foram evidenciados na vida espiritual daqueles que se dedicaram à leitura. Muitos aprenderam ensinamentos valiosos com os livros e tiveram a sua fé renovada. Bem como, aprenderam a lidar com as diversas situações do dia a dia.

“O livro que estou lendo, da escritora Ester Bezerra, me ensinou como ser um esposa e nunca desistir da fé em Deus, seja em qualquer dificuldade”, contou Nair Ischingi, de 64 anos, integrante do grupo Calebe de Sorocaba, cidade do interior de São Paulo, que escolheu o livro “A Dama da Fé”.

Outra participante, Teresinha de Deus Nogueira, de 82 anos, de Regente Feijó (Campinas), também no interior paulista, escolheu o mesmo livro e contou como a tarefa foi edificante: “A leitura foi fantástica. Aprendi muito e me identifiquei com um trecho da história. Fazer parte do Calebe para mim é primordial, pois, me sinto útil e feliz.”

Membro do grupo Calebe do Templo de Salomão, Laercio Luiz Casemiro Pereira, de 65 anos, escolheu o livro “A Terra Vai Pegar Fogo”, de Renato Cardoso. “A leitura desse livro foi para mim muito importante, porque estamos vivendo os últimos dias e isso ficou mais claro do que nunca. Além disso, o livro serve também para nos alertar que, às vezes, damos importância para coisas tão banais e não lembramos dos ensinamentos de Deus”, observou.

Calebe Brasil

Você não quer ficar parado em casa? Clique aqui e acompanhe as atividades orientadas pelo grupo por meio das redes sociais. O projeto ainda disponibiliza um número nacional – Whatsapp (11) 99571-9920 – para ajudar os idosos que estão aflitos, precisando de uma orientação.


  • Michele Roza / Fotos: Cedidas 


reportar erro